Evento sobre o universo da fotografia ocupa o Centro de SP com mostras, palestra e oficina

Instalação presente na edição de 2016 da Foto_Invasão (Lost Art/Red Bull Content Pool)

Em maio, o Red Bull Station recebe o Foto_Invasão, que promove venda e exposição de imagens, instalações e uma palestra com o cineasta João Wainer

Entre 18 e 26 de maio, fotógrafos, curadores, colecionadores, artistas e fãs desse segmento poderão conferir a segunda edição da Foto_Invasão, projeto que, desde 2016, celebra a fotografia e seus desdobramentos. Ao longo de nove dias, no Red Bull Station, o tema ocupa posição central em atividades como workshop, palestra, exposições e instalações espalhadas por todo o prédio.

“Mais do que um evento que reúne instalações, exposições e venda de prints, a Foto_Invasão é um grande encontro de amantes e simpatizantes da fotografia, além de uma experiência sensorial”, define Ignacio Aronovich, fotógrafo, jornalista e um dos idealizadores do encontro, juntamente com Louise Chin –a outra ponta do coletivo apelidado de “Lost Art”. Em conjunto com Cris Veit, Clelia Bailly e Fernando Velázquez, os cinco formam o time curatorial da Foto_Invasão, responsável, por exemplo, por escolher os cinco artistas que ocuparão os ateliês com instalações fotográficas.

“Um dos diferenciais da edição de 2018 é a convocatória aberta”, conta Ig. “Em 2016, os participantes foram convidados pelos curadores, e, nesta edição, qualquer um pôde se inscrever”. Os critérios para a escolha dos artistas –tanto das instalações quanto das projeções fotográficas que ocorrerão nos intervalos da programação– foram basicamente os mesmos: originalidade, proposta e qualidade artística. “Fugir do formato de ‘cubo branco’ de uma galeria é um bom ponto de partida”, avalia Aronovich.

Além de toda a programação visual e sensorial das instalações, projeções e exposição, o evento também terá um braço educacional, com o workshop “Reunião de Família – Narrativas em fotolivro” — ministrado pelas curadoras Cris Veit e Clelia Bailly –, e com a palestra “Transição da foto para o vídeo e os seus desdobramentos”, com o  jornalista, fotógrafo, cineasta e diretor João Wainer. Também faz parte da agenda do evento a performance “Concha Para Cavalos”, da artista visual Fabia Karklin.

Confira a programação completa abaixo:

FEIRA
19 DE MAIO // 11h às 22h
20 DE MAIO // 11h às 20h

FEIRA DE FOTOGRAFIAS – Mais de 30 fotógrafos levam trabalhos selecionados para exposição e venda no local.
>> Local: Galeria Principal

WORKSHOP
18 DE MAIO // 10h – 18h

REUNIÃO DE FAMÍLIA: NARRATIVAS EM FOTOLIVRO, COM CRIS VEIT E CLELIA BAILLY – ​Neste workshop, o objetivo dos participantes é criar uma narrativa e, posteriormente, um fotolivro físico a partir de fotos extraídas de álbuns de família. Cada participante deve trazer no mínimo 20 e no máximo 50 fotos (impressas ou digitalizadas).
>> 12 vagas | Local: Auditório

EXPOSIÇÃO
19 A 26 DE MAIO

LAR – Juntando os trabalhos de quatro artistas — “Entre”, de Ana Rodrigues, “Gaveta”, de Leo Drummond e Natalia Martino (Projeto Voz) e “Valéria”, de Jair Bortoleto –, a exposição “Lar” pretende revelar o próprio significado desta palavra: entornos físicos e psicológicos que abrigam nossos pertences e expõem nossa memória.
>> Local: Galeria Transitória

INSTALAÇÕES
19 A 26 DE MAIO

INSTALAÇÕES FOTOGRÁFICAS NOS ATELIÊS – Cinco artistas selecionados via edital expõem seus trabalhos nos ateliês durante a Foto_Invasão 2018. São eles:
Alessandro Celante, com “Máscaras Impermanentes”
Flavio Samelo, com “par sepfinrbs”;
Mauricio Virgulino, com “Me Fere”;
Patricia Montrase, com “Fuga”;
e Tommaso Protti, com “Tá Cheio”
>> Local: Ateliês

PERFORMANCE
19 E 20 DE MAIO // 16h – 16h30

CONCHA PARA CAVALOS, DE FABIA KARKLIN – A performance audiovisual “Concha para Cavalos” constitui-se pela projeção e produção ao vivo de imagens ampliadas de sementes coletadas durante caminhadas pela cidade.
>> Local: Auditório

PROJEÇÕES
19 E 20 DE MAIO

PROJEÇÕES DE FOTOS – No sábado e domingo, haverá a projeção das fotos selecionadas através da convocatória aberta da Foto_Invasão. Nos dois dias, a projeção acontece no Auditório, nos intervalos da programação e, no sábado (19), também acontece na Laje, das 19h às 22h.
>> Local: Auditório e Laje

PALESTRA
23 DE MAIO // 20h

TRANSIÇÃO DA FOTO PARA O VÍDEO E SEUS DESDOBRAMENTOS – Nesta palestra, o jornalista, fotógrafo e cineasta João Wainer — diretor, entre outros, do filme “Pixo” e de videoclipes para artistas como Emicida –, traça um histórico a respeito da transição da fotografia still para o vídeo e aborda técnicas criativas para se contar uma boa história.
>> 100 pessoas | Local: Auditório

Sobre a Foto_Invasão
Trata-se de uma plataforma voltada para a fotografia com instalações, exposições, projeções, intervenções, performances, venda de prints, e a realização de debates, workshops, e discussões sobre a imagem fotográfica em seus mais variados suportes. Em sua primeira edição (em novembro de 2016), o evento ocupou o Red Bull Station com sete instalações criadas por coletivos de fotografia. O auditório recebeu um debate sobre produção independente e a atuação dos coletivos na fotografia e a Galeria Transitória abrigou a exposição “Primeiros Invasores”, com obras de seis fotógrafos que abordam assuntos contemporâneos em suportes variados. Espalhados pelo prédio, fotógrafos e coletivos venderam prints, livros e outros objetos relacionados à fotografia.

Sobre o Red Bull Station
Localizado em um prédio de 1926, no centro de São Paulo, o Red Bull Station ocupa a antiga subestação Riachuelo, desativada desde 2004 e tombada como patrimônio histórico pelo Conpresp. Com foco em projetos  experimentais de arte, música e tecnologia, os cinco andares do Red Bull Station contam com estúdio de música, makerspace, três espaços expositivos, um terraço e uma cafeteria. Para informações sobre a programação gratuita, consulte a agenda no site http://www.redbullstation.com.br

Agência Lema
Leandro Matulja/Letícia Zioni
agencialema.com.br

Informações para imprensa:
Fernanda Burzaca (+55 11) 3871-0022 – ramal 201
fernanda.burzaca@agencialema.com.br

Por Fernanda Burzaca – Agência Lema

Anúncios

Feira no centro de SP aposta na economia colaborativa com 40 expositores, show e palestras

Red Bull Station realiza a Feira Polvo no próximo sábado (5). Créditos: divulgação

A Polvo ocupa o prédio do Red Bull Station no sábado (dia 5 de maio) trazendo uma série de atividades, como palestra sobre cultura maker e show da banda Marrakesh

Como forma de abrir espaço à economia criativa e a maneiras de se pensar o consumo consciente, o Red Bull Station convida diferentes feiras independentes da cidade para ocupar o prédio. A primeira, no dia 5 de maio

(sábado), é a Feira Polvo, que traz mais de 40 expositores, palestras, show e DJ sets.

Criada em 2016, a feira reúne artistas de diversas áreas, a grande maioria formada por empreendedores de até 30 anos que trabalham com produtos bem diversos, da moda à gastronomia. Alguns destaques são marcas como a “Stay Ugly”, que vende roupas vibrantes e bem-humoradas, e a “P de Pimentas”, com pimentas produzidas artesanalmente. “Nossos expositores são, em sua maioria, jovens, mas, acima de tudo, novos artistas e produtores que estão desenvolvendo seus negócios e tentando fugir do ambiente usual de consumo”, diz Olivia Lang, uma das idealizadoras da Polvo.

Pela primeira vez, o evento terá também uma programa de palestras, além de DJ sets e um show com a banda curitibana Marrakesh, revelação do indie rock que já tocou em festivais internacionais como o Primavera Sound (de Barcelona, na Espanha) e lançou no começo de abril seu disco de estreia chamado “Cold as a kitchen floor”.

Confira a programação completa:

BATE-PAPOS:

14h
DESENVOLVIMENTO CRIATIVO: PROCESSOS E DESCOBERTAS, COM SAMUEL D’SABOIA
Neste bate-papo, o artista de 20 anos apontado pelo site Afropunk como ˜futuro da criatividade brasileira˜ conta um pouco sobre suas inspirações, processo criativo e o papel do artista negro nos dias de hoje.
60 vagas
Inscrições gratuitas pelo site:
Local: Auditório

16h
COMO CONTAR UMA HISTÓRIA EM DEZ SEGUNDOS, COM CAMILA CORNELSEN
Roda de conversa com a diretora de fotografia, artista multimídia e frontwoman da banda Copacabana Club sobre a produção de vídeos e gifs dentro do universo digital e das redes sociais.
60 vagas.
Inscrições gratuitas pelo site:
Local: Auditório

18h
CULTURA MAKER, COM RITA WU
A arquiteta, designer e pesquisadora Rita Wu discute o que é ser um maker e qual a importância desta questão dentro de um movimento político e de mudança de paradigmas de produção e consumo. Rita é membro-fundadora do primeiro Fab Lab do Brasil, com sede na FAUUSP e atualmente trabalha na SMIT (Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia), e é Diretora da Rede Fab Lab Livre SP, a maior rede de Fab Labs públicos do mundo.
60 vagas.
Inscrições gratuitas pelo site:
Local: Auditório

PROGRAMAÇÃO MUSICAL
15h – DJ set: Miria Alves
17h – DJ set: Bad_Mix
19h – Show com a banda Marrakesh

SERVIÇO:
Feira Polvo
Data e horário: 5 de maio (sábado), das 11h às 20h
Local: Red Bull Station (auditório)
Endereço: Praça da Bandeira, 137, Centro, São Paulo. Tel.: 3107-5065.
Entrada Gratuita

Sobre o Red Bull Station
Localizado em um prédio de 1926, no centro de São Paulo, o Red Bull Station ocupa a antiga subestação Riachuelo, desativada desde 2004 e tombada como patrimônio histórico pelo Conpresp. Com foco em projetos  experimentais de arte, música e tecnologia, os cinco andares do Red Bull Station contam com estúdio de música, makerspace, três espaços expositivos, um terraço e uma cafeteria. Para informações sobre a programação gratuita, consulte a agenda no site http://www.redbullstation.com.br

Agência Lema
Leandro Matulja / Leticia Zioni
http://agencialema.com.br/

Informações para a imprensa:
Fernanda Burzaca  (+55 11) 3871-0022 ramal 209
fernanda.burzaca@agencialema.com.br

Por Fernanda Burzaca

Abertura do Red Bull Music Pulso tem bate-papo com rapper Illa J e workshops gratuitos

O rapper Illa J. Créditos: Roberto Winter

Além de palestra com o cantor norte-americano e com o mestre dos sintetizadores Arthur Joly, evento conta com transmissão da Metanol FM

São Paulo, 4 de abril – Duas palestras, um workshop e uma transmissão de rádio online ao vivo estão na programação da primeira semana do Red Bull Music Pulso, ocupação musical no prédio do Red Bull Station que ocorre de 3 a 28 de abril.

Na terceira edição da imersão, 30 músicos independentes dos mais variados gêneros irão celebrar a música, e o público poderá ver o resultado desses encontros por meio de palestras e shows gratuitos.

Nesta semana, enquanto os músicos estarão imersos nos ateliês do Red Bull Station (conheça-os aqui: http://www.redbull.com.br/pulso2018), os visitantes poderão participar de bate-papos e workshops. Uma dessas conversas será com o rapper Illa J, irmão mais novo do icônico músico J. Dilla, que vai fazer um resumo de sua carreira e demonstrações musicais na quarta-feira (dia 4/4), a partir das 20h. No sábado (dia 7/4), o coletivo Metanol FM transmite ao vivo live acts e discotecagens direto da laje do prédio, com vista para o skyline do centro de São Paulo, a partir das 16h.

BATE-PAPOS
Uma conversa com o rapper Illa J
O talentoso rapper Illa J, irmão mais novo do icônico músico J. Dilla, vai fazer um breve resumo de sua carreira, contar como descobriu a música em sua cidade natal, Detroit, nos Estados Unidos, e como a influência do irmão famoso foi decisiva para seguir seu caminho no rap. Ele também fará algumas demonstrações de música ao vivo.

Dia 4/4, às 20h
Local: Red Bull Station (auditório) – 100 vagas
Classificação: Livre

O mundo dos synths: por que algumas máquinas antigas se mantêm vivas até hoje?
Após a exibição do documentário “Out of Frame”, sobre a relação do mago dos sintetizadores Arthur Joly com seus instrumentos, o músico fala sobre por que alguns equipamentos antigos foram substituídos por máquinas modernas e por que outros continuam sendo utilizados até hoje. Arthur Joly é autodidata, aprendeu a construir os seus próprios synths, e esbanja uma coleção de mais de 70 máquinas. Nesta conversa, ele fala sobre um dos assuntos de que mais gosta: curiosidades sobre as máquinas de fazer beats eletrônicos.

Dia 5/4, às 20h
Local: Red Bull Station (auditório) – 100 vagas
Classificação: Livre

WORKSHOP
Laboratório de instalação luminosa áudio interativa

O laboratório ensina, em quatro encontros, a criação de uma instalação luminosa e áudio interativa. Com o uso do Arduino (plataforma de prototipagem eletrônica e hardware livre) e programação em C++, serão investigados seus possíveis usos em diferentes softwares que trabalham programação e artes eletrônicas. Como resultado final, será criado um objeto luminoso que reagirá a estímulos sonoros.

Data: dias 4/4 e 11/4, das 19h às 22h; 7/4 e 14/4, das 14 às 18h.
Local: Red Bull Station (Makerspace Red Bull Basement). 10 vagas.

TRANSMISSÃO AO VIVO
Metanol FM na Laje
Direto da laje do Red Bull Station, o coletivo Metanol FM faz sua transmissão semanal com discotecagens de música eletrônica no sábado (dia 7), durante o fim de tarde. A entrada está sujeita à lotação do espaço.

Data: 7/4
Horário: A partir das 16h
Local: Red Bull Station (laje)
Classificação: Proibido para menores de 18 anos
Capacidade: 70 pessoas

SOBRE O RED BULL MUSIC PULSO
Após edições em 2015 e 2016, o Red Bull Music Pulso retorna ao prédio do Red Bull Station em abril de 2018 para celebrar a energia criativa e a sonoridade de 30 músicos e produtores de diversas partes do Brasil. Além de impulsionar a cena independente identificando suas oportunidades e desafios, a ocupação musical abre suas portas ao público com uma intensa programação de palestras, workshops e shows. Outras informações em: http://www.redbull.com.br/pulso2018.

SOBRE O RED BULL STATION
Localizado em um prédio de 1926, no centro de São Paulo, o Red Bull Station ocupa a antiga subestação Riachuelo, desativada desde 2004 e tombada como patrimônio histórico pelo Conpresp. Com foco em projetos  experimentais de arte, música e tecnologia, os cinco andares do Red Bull Station contam com estúdio de música, makerspace, três espaços expositivos, um terraço e uma cafeteria. Para informações sobre a programação gratuita, consulte a agenda no site http://www.redbullstation.com.br.

Agência Lema
Leandro Matulja/Letícia Zioni
agencialema.com.br

Informações para imprensa:
Luciana Rabassallo (+55 11) 3871-0022 – ramal 201
luciana@agencialema.com.br

Por Luciana Rabassallo

Músicos de todo o Brasil participam de imersão criativa no Centro de SP em abril

Créditos: divulgação

Red Bull Music Pulso realiza terceira edição com 30 artistas de diferentes estilos para criar novos sons, fomentar performances e falar sobre música; Evento também abriga painéis com artistas e especialistas no mercado e workshops, todos gratuitos

São Paulo, 27 de março – Batuques, vozes, synths e riffs de diversos cantos do Brasil vão se misturar no centro de São Paulo durante o Red Bull Music Pulso, ocupação musical que retorna ao prédio do Red Bull Station, entre os dias 3 e 28 de abril de 2018. Na terceira edição, 30 músicos independentes dos mais variados gêneros irão celebrar a música e o público poderá ver o resultado desses encontros por meio de palestras e shows gratuitos.

Além de impulsionar a cena independente identificando oportunidades e desafios, o evento abrigará seis painéis abertos ao público que discutirão temas atuais relacionados ao mercado da música, além de workshops e shows gratuitos. Durante as quatro semanas de Red Bull Music Pulso, os artistas trabalharão em conjunto, divididos em cinco coletivos, para criar novos sons e pesquisas, já que possuem diferentes trajetórias e estilos musicais. Os grupos estarão pelos ateliês do edifício e gravarão no Red Bull Music Studio, também no local.

Um dos objetivos é, a partir da troca de ideias e da sinergia, mostrar a diversidade da cena independente nacional. Entre os participantes estão nomes como o duo de cantores de Togo Dois Africanos (que participou do programa Superstar, da TV Globo), o rapper e cantor carioca Ramonzin, revelação recente da música do Rio de Janeiro, a violoncelista da banda curitibana Mulamba Fernanda Koppe e o DJ paraibano Chico Correa.

Todos os artistas foram selecionados por cinco curadores convidados: Ana Paula Paulino (produtora do Heavy Baile e empresária de nomes como MC Carol),  Anna Penteado (criadora do prestigiado festival paulista Vento), Anderson Foca (músico de Natal, que fundou há 15 anos o festival Dosol), Rafael Tudesco (produtor da Universal Music que já trabalhou com nomes como Lil Wayne, Jay-Z e Emicida) e Valesuchi (DJ e produtora chilena habituê da cena eletrônica brasileira).

Da força feminina na música aos desafios de manter-se um artista independente, o Red Bull Music Pulso também traz uma série de conversas abertas a fim de discutir as nuances e os rumos da música e do mercado atual. Ao longo do programa, haverá palestras como a do rapper norte-americano Illa J, que contará um pouco sobre a sua história no hip-hop, e um panorama da cena autoral brasileira sendo discutido por superprodutores nacionais, como Pena Schmidt.

Para quem quer mergulhar ainda mais fundo, os workshops prometem ensinar um pouco sobre discotecagem e produção, processo de gravação de vinil e a criação de aparelhos eletrônicos relacionados à música e tecnologia. Eles ocorrem no makerspace do Red Bull Basement, dentro do prédio do Red Bull Station.

“Estou ansiosa para saber o que os artistas vão criar. O evento dá condições muito boas para que eles exercitem a criatividade de forma ilimitada”, diz Valesuchi, uma das curadoras. Ana Paula Paulino, que também faz parte da curadoria, não vê a hora de começar os trabalhos. “É minha primeira experiência com curadoria musical de fato, então estou um pouco nervosa, confesso. Mas confio na mistura e na troca, já que reuni no meu time músicos da cidade de onde venho, Belo Horizonte, da cidade em que moro, Rio de Janeiro, além de artistas com quem nunca conversei, mas que admiro a obra.”

O Red Bull Music Pulso terá shows gratuitos nos dias 14 e 28 de abril, com os artistas que estarão imersos na ocupação musical e que mostrarão um pouco do que estão produzindo lá dentro. Outras informaçoes estarão em breve no site http://www.redbull.com.br/pulso2018.

Como esquenta para o Red Bull Music Pulso, o Red Bull Station recebe, em 31 de março, o SP: On Air – Transformando Imaginação em Realidade, evento organizado pela Nike em celebração ao Aix Max Day. Gratuito e aberto ao público, a celebração reúne arte, design, música e moda em uma tarde cultural repleta de bate-papos, workshops, shows e instalações artísticas. A pré-inscrição para as ativações podem ser feitas pelo site nike.com e, para conferir a programação completa, acesse: nike.com.br/airmaxday.

Veja a programação mensal do Red Bull Music Pulso 2018:

BATE-PAPOS
Uma conversa com o rapper Illa J
O talentoso rapper Illa J, irmão mais novo do icônico músico J. Dilla, vai fazer um breve resumo de sua carreira, contar como descobriu a música em sua cidade natal, Detroit, nos Estados Unidos, e como a influência do irmão famoso foi decisiva para seguir seu caminho no rap. Ele também fará algumas demonstrações de música ao vivo.
Dia 4/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (auditório). 100 vagas.
Classificação: Livre.

Os novos players do mercado: a conexão entre marcas e artistas
Nos últimos anos o relacionamento entre grandes marcas e música se tornou mais intenso do que nunca e, para desvendar os bastidores dessas relações, convidamos Rafael Achutti, músico e dono da  Bananas Music Branding, empresa especializada em curadoria musical para marcas, para uma conversa com os artistas Tássia Reis e Tim Bernardes.
Data: dia 10/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (auditório).  100 vagas.
Classificação: Livre.

Como a energia feminina se tornou protagonista na música atual
A cantora, compositora e percussionista Alessandra Leão e a cantora e compositora Ava Rocha trarão suas experiências referentes à cada vez mais forte presença da energia feminina na música contemporânea. Quem guia o bate papo é a jornalista Debora Pill.
Data: dia 12/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (auditório).  100 vagas.
Classificação: Livre.

Alternativa, indie, underground… Um papo sobre o futuro da cena independente no Brasil
Só quem está por trás da cena independente sabe o quanto é preciso lutar para se manter dentro dela. Produtor cultural com mais de 20 anos de carreira, Anderson Foca, criador do festival independente Dosol, de Natal-RN, comanda uma conversa sobre os desafios que os artistas autorais enfrentam para permanecer independentes na música. Participam do painel o superprodutor Pena Schimidt, que lançou artistas como Titãs, Ira! e Ultraje a Rigor, e  a cantora, produtora e empresária Mari Bergel.
Data: dia 17/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (auditório).
100 vagas. Classificação: Livre.

O que é preciso para construir uma indústria da música no país?
O painel pretende investigar as razões pelas quais ainda não existe uma indústria da música consolidada no Brasil. O DJ, produtor e curador Akin Deckard convida o radialista e produtor cultural Ricardo Rodrigues, que também é empresário da cantora Lineker, e a DJ Amanda Mussi para trocar ideias sobre o assunto.
Data: dia 19/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (auditório). 100 vagas. Classificação: Livre.

WORKSHOPS
Laboratório de instalação luminosa áudio interativa

O laboratório ensina, em quatro encontros, a criação de uma instalação luminosa e áudio interativa. Com o uso do Arduino (plataforma de prototipagem eletrônica e hardware livre) e programação em C++, serão investigados seus possíveis usos em diferentes softwares que trabalham programação e artes eletrônicas. Como resultado final, será criado um objeto luminoso que reagirá a estímulos sonoros.
Data: dias 4/4 e 11/4, das 19h às 22h; 7/4 e 14/4, das 14 às 18h.
Local: Red Bull Station (Makerspace Red Bull Basement). 10 vagas.

Discotecagem e produção
A DJ chilena Valesuchi, ex-aluna da Red Bull Music Academy e curadora do Red Bull Music Pulso 2018, é uma das artistas mais requisitadas da cena underground de música eletrônica por aqui e, neste workshop, preparará uma aula básica sobre produção musical e construção de um set.
Data: dia 18/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (local a confirmar), 20 vagas.

Gravação de discos Hi-Fi
Neste curso, será apresentada a história da gravação analógica musical, com foco nos discos de vinil, além de curiosidades e técnicas de gravação. Vamos mostrar na prática a evolução dos materiais usados ao longo do tempo, desde o primeiro registro fonográfico feito por Thomas Edison no Cilindro Fonográfico, passando pelos discos de goma-laca de 78RPM, até chegar nos discos vinil atuais de 33 e 45RPM. Durante a oficina, os participantes poderão acompanhar e vivenciar o processo de gravação de uma música autoral gravada na hora, em tempo real, no disco 7” hi-fi.
Data: dias 10/4 e 17/4, das 14h às 17h.
Local: Red Bull Station (Makerspace Red Bull Basement). 15 vagas.

Ateliê Ruído Óptico
Atividade para estudo e produção de um aparelho eletrônico que converte vibração sonora em desenhos de luz. Durante três encontros, os participantes serão orientados na criação de um captador e ampliador de som integrado à um pequeno sistema emissor laser.
Data: dias 24/4, 25/4 e 26/4, das 14h às 18h.
Local: Red Bull Station (Makerspace Red Bull Basement). 12 vagas.

SHOWS
Como não poderia ser diferente, o público também vai poder conferir um pouco do que os artistas que estão imersos no Pulso estão produzindo. Eles farão dois shows abertos, no qual mostrarão seu repertório atual e também músicas que estão compondo dentro do Red Bull Station.
Data: 14/4 e 28/4.
Horário: A partir das 20h.
Local: Red Bull Station – auditório.

SOBRE O RED BULL MUSIC PULSO
Após edições em 2015 e 2016, o Red Bull Music Pulso retorna ao prédio do Red Bull Station em abril de 2018 para celebrar a energia criativa e a sonoridade de 30 músicos e produtores de diversas partes do Brasil. Além de impulsionar a cena independente identificando suas oportunidades e desafios, a ocupação musical abre suas portas ao público com uma intensa programação de palestras, workshops e shows. Outras informações em: http://www.redbull.com.br/pulso2018.

SOBRE O RED BULL STATION
Localizado em um prédio de 1926, no centro de São Paulo, o Red Bull Station ocupa a antiga subestação Riachuelo, desativada desde 2004 e tombada como patrimônio histórico pelo Conpresp. Com foco em projetos  experimentais de arte, música e tecnologia, os cinco andares do Red Bull Station contam com estúdio de música, makerspace, três espaços expositivos, um terraço e uma cafeteria. Para informações sobre a programação gratuita, consulte a agenda no site http://www.redbullstation.com.br.

Agência Lema
Leandro Matulja/Letícia Zioni
agencialema.com.br

Informações para imprensa:
Luciana Rabassallo (+55 11) 3871-0022 – ramal 201
luciana@agencialema.com.br

Por Luciana Rabassallo / Agência Lema

 

Exposição “Sobre Publicações” reúne obras gráficas de artistas contemporâneos

Paula Borghi. Crédito: Lost Art/Red Bull Content Pool

A mostra estreia no Red Bull Station com pôsteres, livros, zines e outras peças de participantes das Residências Artísticas entre 2014 e 2015
São Paulo, janeiro de 2018 – A nova exposição do Red Bull Station, em cartaz a partir do dia 03/02, reúne obras que exaltam a importância do material impresso como veículo de circulação e preservação da história. Em “Sobre Publicações”, 24 artistas que passaram pelas Residências Artísticas do Red Bull Station em 2014 e 2015 apresentam pôsteres, livros, zines, cadernos e livros-objeto, entre outras publicações, que foram resultado ou influenciaram seus trabalhos desenvolvidos durante o programa. Além disso, o catálogo com o compilado dessas obras também estará disponível para consulta.

Uma das obras que estará na exposição é o livro “Memórias da Vila – Histórias da Moradores da Comunidade da Serra”, escrito entre 2011 e 2016 pelo artista mineiro Guilherme Cunha. Segundo ele, a publicação teve o objetivo de contribuir para a preservação do patrimônio de memórias visuais e orais, identidades culturais e trajetórias de vida dos moradores da segunda maior favela do Brasil, a Comunidade Serra, localizada em Belo Horizonte.

Paula Borghi, curadora da exposição, diz que a intenção da mostra é levar ao público um tipo de arte que não costuma figurar em espaços culturais. “Publicações de arte são trabalhos que dificilmente nós encontramos em galerias de arte e museus. O objetivo da exposição é dar visibilidade a essa mídia e incentivar a rede de publicações de arte contemporânea”, diz.
“Sobre Publicações” fica em cartaz até o dia 24/03.

Serviço:
Sobre Publicações
De segunda a sexta, das 11h às 20h. Sábado, das 11h às 20h.
A partir de 03/02.
Local: Red Bull Station – Praça da Bandeira, 137, Centro. Tel.: 3107-5065
Classificação: Livre
Entrada gratuita

Sobre o Red Bull Station
Localizado em um prédio de 1926, no centro de São Paulo, o Red Bull Station ocupa a antiga subestação Riachuelo, desativada desde 2004 e tombada como patrimônio histórico pelo Conpresp. Com foco em projetos experimentais de arte, música e tecnologia, os cinco andares do Red Bull Station contam com estúdio de música, makerspace, três espaços expositivos, um terraço e uma cafeteria. Para informações sobre a programação gratuita, consulte a agenda no site http://www.redbullstation.com.br

Agência Lema
Leandro Matulja/ Letícia Zioni
agencialema.com.br

Informações para imprensa:
Luciana Rabassallo (+55 11) 3871-0022 – ramal 201
luciana@agencialema.com.br

Por Luciana Rabassallo / Agência Lema

Red Bull Station abre inscrições para artistas e coletivos ocuparem seus ateliês

Red Bull Station ocupa antiga subestação da Riachuelo. Créditos: divulgação

Durante o mês de fevereiro, diversos artistas poderão usufruir das instalações do local para desenvolver seus trabalhos; as inscrições devem ser feitas até 22/01

São Paulo, dezembro de 2017 – Chamado Ocupação, o primeiro projeto do Red Bull Station em 2018 tem a intenção de fomentar a criatividade de artistas e coletivos da cidade, proporcionando a eles uma imersão em um dos ateliês que estão instalados dentro do prédio histórico em que funciona o local, no centro de São Paulo.

São quatro vagas para artistas, coletivos (de até cinco pessoas), grupos de estudos, criativos, gestores e/ou produtores culturais, que devem se inscrever até o dia 22/01 via Red Bull Tickets. Os selecionados, poderão usufruir da estrutura do Red Bull Station de 1º de fevereiro de 2018 até 28/2 e, ao final do período, participam de uma encontro público e compartilhamento dos projetos desenvolvidos. Além do espaço individual, os participantes poderão utilizar os ateliês colaborativos –um digital e o outro analógico– além de outros recintos do prédio.

Para se inscrever é preciso preencher uma ficha, explicando um pouco do projeto e das intenções com o trabalho. A lista com os artistas selecionados para ocupar o Red Bull Station em fevereiro será divulgada no site em 26/01, sexta-feira.

Serviço:
Convocatória para ocupação dos ateliês do Red Bull Station
Período de inscrições: até 22/01, via https://tickets.redbull.com/landingpage/0ioKBqfeRlvW7o5
Divulgação dos selecionados: 26/01
Período de ocupação: 01/02 a 28/02

Sobre o Red Bull Station
Localizado em um prédio de 1926, no centro de São Paulo, o Red Bull Station ocupa a antiga subestação Riachuelo, desativada desde 2004 e tombada como patrimônio histórico pelo Conpresp. Com foco em projetos  experimentais de arte, música e tecnologia, os cinco andares do Red Bull Station contam com estúdio de música, makerspace, um projeto permanente de residência artística, três espaços expositivos, um terraço e uma cafeteria. Para informações sobre a programação gratuita, consulte a agenda no site http://www.redbullstation.com.br

Agência Lema
Leandro Matulja/ Letícia Zioni/ Larissa Marques
agencialema.com.br

Informações para imprensa:
Luciana Rabassallo (+55 11) 3871-0022 – ramal 201
luciana@agencialema.com.br

Por Luciana Rabassallo

Torneio de slam faz última edição do ano com batalhas de MC’s no centro de SP

Evento será realizado no auditório do Red Bull Station São Paulo. Créditos: Felipe Gabriel/Red Bull Content Pool

São Paulo, Dezembro de 2017 – Realizado mensalmente desde 2015 no Red Bull Station, o Sofalá já virou um programa clássico para quem curte rap e poesia. No sábado, dia 9/12, a partir das 14h, ele realiza sua última edição do ano com formato especial: vai misturar slam e batalha de MC’s num só evento.

O slam, um duelo de poesias faladas, conta com a apresentação do MC Emerson Alcalde, ator e artista slammer, que também é um dos idealizadores do projeto. Já Will Smith MC, um dos fundadores da primeira batalha de temas de São Paulo que espalha o movimento pela cidade, é quem comanda a batalha de MC’s. Ao final, serão coroados dois vencedores.

“Durante esses três anos em que realizamos o Sofalá, vimos um crescente interesse de público a cada edição. Isso é muito gratificante. Estar bem no centro de São Paulo, num lugar bonito e com uma infraestrutura bacana, ainda confere uma visibilidade muito importante para os artistas e, consequentemente, para a cena”, diz Alcalde.

Como não poderia ser diferente, o Sofalá ainda terá muito rap para animar o público durante a tarde de batalhas. Além das rodadas com os finalistas, os DJs Pê e Batata’Killa não deixam a galera ficar parada. Para fechar, haverá um pocket show com a campeã da Batalha de MCs do último ano, Gabi Nyarai.

Horários:
14h – Abertura
15h – 15h30: Slam 1 (6 competidores*)
15h30 – 16h00: Slam 2 (6 competidores*)
16h00 – 16h15: Pocket Show 1
16h15 – 16h45: Rap 1 (10 competidores)
16h45 – 17h15: Rap 2 (5 competidores)
17h15 – 17h45: Pocket Show 2
17h45 – 18h15: Final Slam (6 competidores*)
18h15 – 18h45: Final Rap (3 competidores)
19h: Encerramento
*Slam: Três rodadas sem eliminação com somatória de notas na final.

SERVIÇO:
Sofalá Especial
Dia 9/12, sábado, das 15h às 19h
Local: Red Bull Station (auditório) – Praça da Bandeira, 137, Centro. Tel.: 3107-5065
Capacidade: 100 pessoas
Classificação: Livre
Entrada gratuita

Agência Lema
Leandro Matulja/ Letícia Zioni/ Larissa Marques
agencialema.com.br

Informações para imprensa:
Luciana Rabassallo (+55 11) 3871-0022 – ramal 201
luciana@agencialema.com.br

Por Luciana Rabassallo / Agência Lema