Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro recebe inscrições para selecionar novos integrantes da temporada 2020

Inscrições para Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro
acontece entre os dias 1º a 30 de setembro de 2019. Créditos: divulgação

Músicos podem se inscrever de 1 a 30 de setembro de 2019; Menores de 18 anos devem ser emancipados

Com renovação anual, a Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro (OAMB) recebe inscrições de músicos para a temporada 2020 do grupo. Serão selecionados cerca de 50 músicos para os instrumentos violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta (piccolo), clarinete (clarone), oboé (corne inglês), fagote (contrafagote), trompa, trompete, trombone e trombone baixo, tuba, harpa, tímpano e percussão. Os interessados devem se inscrever de 1 a 30 de setembro pelo site do Mozarteum Brasileiro: http://www.mozarteum.org.br, que também traz o regulamento completo. A avaliação será realizada por uma comissão determinada pelo Mozarteum, e o resultado divulgado a partir de 4 de novembro de 2019.

Todos os selecionados para a OAMB recebem bolsas para estudar e participar da programação do Mozarteum Brasileiro. Os ensaios começam em março de 2020, em São Paulo, e a estreia da nova formação será durante a nona edição do festival Música em Trancoso, na Bahia, que ocorrerá de 14 a 21 de março (para o evento no sul da Bahia, a bolsa contempla passagem aérea, transporte terrestre, alimentação e hospedagem em Trancoso). Além de apresentações no Teatro L’Occitante, os selecionados viverão uma rica e intensa troca de experiências com renomados músicos, solistas e maestros do Brasil e do exterior, em masterclasses exclusivas e ensaios. Os integrantes da OAMB ainda participam de atividades socioeducativas com a comunidade local, que envolvem aulas de iniciação musical nas escolas e concertos gratuitos ao ar livre.

O Mozarteum também propicia aos jovens músicos a oportunidade única de se apresentarem, anualmente, ao lado de alguns dos maiores nomes do cenário musical erudito, que vêm ao Brasil para participar dos concertos promovidos pela instituição. No currículo da OAMB já constam espetáculos com Elina Garanca (2019), Anna Netrebko (2018) e Diana Damrau (2017). “Poucas orquestras brasileiras têm uma chance como essa. Queremos colocar nossos músicos em destaque nesse universo. A maioria está estudando e se profissionalizando cada vez mais, e participar de concertos de grande porte é, sem dúvida alguma, uma oportunidade excepcional para eles”, comenta Carlos Moreno, maestro titular da OAMB.

Em um ambiente acadêmico, os bolsistas selecionados integram a orquestra ao lado de músicos profissionais, que atuam como tutores dos mais jovens. “Nosso objetivo é promover essa troca de experiência constante entre os bolsistas, permitindo que eles se aperfeiçoem cada vez mais. Como nossa orquestra é acadêmica, que se reúne para preparar concertos específicos, essa formação é importante para cumprir o papel socioeducativo do conjunto”, explica Sabine Lovatelli, presidente do Mozarteum Brasileiro e diretora artística da OAMB.

Inscrições para Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro
Período: 1º a 30 de setembro, para candidatos de todo o Brasil. Gratuita.
Perfil: Não há limite de idade, mas os menores de idade devem ser emancipados. Cerca de 50 vagas para violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta (piccolo), clarinete (clarone), oboé (corne inglês), fagote (contrafagote), trompa, trompete, trombone e trombone baixo, tuba, harpa, tímpano e percussão.
Audição: o candidato deve enviar um vídeo executando o movimento de uma obra de livre escolha, de preferência com acompanhamento de piano. A música não pode ser autoral.
Regulamento e inscrição:

Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro abre inscrições para a temporada de 2020

Realização:
Apoio: Grupo L’OCCITANE, Estadão
Realização: Mozarteum Brasileiro, Ministério da Cidadania e Governo Federal

O Mozarteum
Fundado por Sabine Lovatelli e Claude Sanguszko, é uma das mais conceituadas associações culturais do país e tem como objetivo valorizar e difundir a cultura musical. Por meio da organização e promoção de espetáculos de música erudita e da manutenção de uma série de atividades educativas em São Paulo e Trancoso, sul da Bahia, fomenta a inclusão social e estende o acesso ao melhor da música para o maior número de pessoas. Desde 1981, início de suas atividades, vem atuando para cumprir dois grandes objetivos: trazer a excelência musical internacional para o público brasileiro e, ao mesmo tempo, incentivar o desenvolvimento pessoal e social por meio de várias iniciativas de cunho cultural e educativo. Traz ao Brasil algumas das maiores orquestras do mundo e abre espaço em sua programação para a apresentação de orquestras jovens e novos talentos brasileiros. Em sua trajetória, realizou mais de 1.500 concertos, que foram vistos por mais de dois milhões de espectadores, em salas de concertos e locais públicos. Mais de nove mil alunos passaram pelas masterclasses e 240 jovens talentos foram encaminhados às melhores instituições musicais nacionais e europeias, por meio de bolsas de estudos concedidas pela instituição.

Contatos de imprensa
Marco Dabus e Marina Pape
Press Services Soluções Integradas em Comunicação
+55 (11) 3627-9896 – marco@presscomunica.com.br
+55 (11) 3627-9894 – marina@presscomunica.com.br

Créditos: Marina Papee | Press Services

Anúncios

Conheça as Outras Duas Atrações Que Agitarão os Palcos da Estação Rio Verde no Próximo Domingo

Atrações do Festival Catarse. Créditos: Divulgação

Teko Porã e Lina Tag compõem o grupo de cinco artistas que se apresentarão no Festival Catarse Sessions.

No próximo dia 04, a tarde promete ser animada e alegre nos palcos da Estação Rio Verde! Cinco artistas selecionados pela Catarse Produções Sonoras e Ramp/a  prometem agitar o Domingo na primeira edição do Festival Catarse Sessions, que tem como objetivo arrecadar fundos para a produção do #CatarseSessions, uma série anual de Live Sessions organizadas em programas quinzenais fomentando a cena independente.

“Montamos uma festa totalmente focada na música, destinada para a apreciação e desfrute desses artistas, com o objetivo de exibir as composições dessa galera e cativar um público para o trabalho que será apresentado posteriormente! Queremos que depois desse Festival o público possa voltar para casa conhecendo novos artistas e com os ouvidos mais abertos para a música que está acontecendo nas ruas, metrôs e casas de shows pelo Brasil afora” – resume Ignacio Salvati, produtor musical, arranjador, compositor e idealizador da Catarse Produções Sonoras.

Serão mais de cinco horas de música, arte e dança. Entre as atrações, com sete anos de estrada, a Teko Porã – que teve inicio nas ruas e metrôs da cidade de São Paulo, mistura sonoridades de várias escolas que vem desde o rap, samba até música irlandesa e clássica. A banda acredita dar mais vida as suas músicas quando misturam acordes e melodias que se encaixam perfeitamente e transmitem a sua mensagem. O grupo aguarda ansioso para poder subir nos palcos. “Nós somos uma banda que existe e resiste; que vive! Nossas letras e nosso som estão em todos os lugares, buscamos ocupar tudo com música e com arte, para deixar a cidade mais viva e menos mumificada, trazendo alegria para todos que cruzam nossos caminhos” –pontua Bia Rezende, vocalista da Teko Porã, a terceira banda a se apresentar no Festival.

E para abrir o evento, a artista escolhida foi Lina Tag, uma artista mestiça e amarela que canta sobre suas questões com o mundo. Com forte influência do estilo folk, da música brasileira e da nova geração do new age, busca defender o que chama de ‘questão amarela’ fazendo uma analogia a sua aparência e por isso faz questão de colocar em suas letras mensagens reflexivas sobre os estereótipos e pré-conceitos raciais. “Acho que vai ser bem massa! Tocarei pela primeira vez o meu EP TAPERÁ completo! Será um show exclusivo de pré-lançamento. Além disso, estou muito animada para poder tocar ao lado dessas bandas maravilhosas que subirão no palco da Estação Rio Verde” – resume Lina Tag, cantora e compositora.

Assim, a Catarse Produções Sonoras concretiza o seu sonho de contribuir com o crescimento da música independente que cada vez mais ganha seu espaço e cativa novos ouvintes país afora.  Após o Festival Catarse Sessions, a equipe da produtora dará sequência ao projeto gravando um programa quinzenal de Live Sessions produzido de forma 100% independente e financiado pelo evento.

Ajude a fomentar a música independente de qualidade e contribuir para as gravações da segunda temporada do #CatarseSessions!

Os ingressos para o Festival Catarse Sessions estão à venda no site: https://lets.events/e/festival-catarse-sessions.

Acesse:
Lina Tag: https://spoti.fi/2NAojXe;
Brazsoul: https://spoti.fi/2YxGG0h;
Teko Porã: https://spoti.fi/2RVos6m;
O Grande Grupo Viajante: https://spoti.fi/2XIBv0g;
Zé Pereira: https://spoti.fi/32cEXQf.

Festival Catarse Sessions
Data| 04 de Agosto
Horário| 16h.
Local| Estrella Galicia Estação Rio Verde
Rua Belmiro Braga, 119 – Vila Madalena

Sobre a Catarse Produções Sonoras:  Utilizando-se de forte expressão musical, a Catarse Produções Sonoras entra em cena criando produtos e dando voz para marcas e artistas independentes. No mercado há quase dois anos, a produtora nasceu em um mercado 100% digital criando áudio para o mercado publicitário, projetos em parcerias com produtoras de vídeo e artistas independentes. Para esse último cenário, tem como meta criar uma plataforma para que as pessoas possam garimpar e conhecer novos sons e artistas da cena independente brasileira. Para isso, produzirão uma série anual de Live Sessions organizadas em programas quinzenais fomentando a cena independente. Saiba mais em: www.produtoracatarse.com.br.

Créditos: Lívia Garcia | Agência Girassol

Sesc Campo Limpo Recebe Concerto Sinfônico


Maury Buchala e Orquestra Comunitária da Unicamp. Foto: Renata Teixeira

Sob regência de Maury Buchala, apresentação é dirigida por João Stecca, solista Suellen Magalhães

No domingo, dia 4 de agosto, às 16h, o Sesc Campo Limpo recebe Maury Buchalla e Orquestra Comunitária da Unicamp. A atividade é gratuita e não há necessidade de retirada de ingressos.

Este projeto consiste em difundir a música sinfônica promovendo uma série de quatro concertos durante o ano de 2019. O regente e compositor Maury Buchala em parceria com a Orquestra Comunitária da Unicamp realizarão esta série de espetáculos intitulados “Concertos Sinfônicos”. A cada um, obras dos grandes mestres da música clássica serão apresentadas, entre eles: Haydn, Mozart, Beethoven, Tchaikovsky e outros.

A particularidade deste espetáculo será de mostrar ao público, obras para instrumento solo e orquestra, inserindo dificuldades técnicas excepcionais para o intérprete.

Normalmente, os concertos para instrumentos solo são feitos em vários movimentos, habitualmente em três, divididos em um rápido, um lento e um final, também rápido, são exigidos do instrumentista um alto grau técnico e de sofisticação para interpretar este difícil conjunto de obras.

Graduado em música pela Universidade de São Paulo – USP – Maury Buchala foi recomendado pela Capes e pelo Ministério da Cultura e recebeu uma bolsa para continuar seus estudos na Europa, onde se especializou em composição e direção de orquestra. Participou de inúmeros master classes de regentes como Kurt Masur e Zoltan Pesko.  Seu contato, em 2001, com o maestro e compositor Peter Eötvös foi decisivo para a continuidade de seu trabalho de regente e compositor.

Suellen Magalhães começou seus estudos musicais aos 10 anos de idade, através do Projeto Música e Cidadania em Atibaia, estudou trompa na Banda Marcial Municipal de Atibaia. Em 2008, ingressou na Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP), integrou a Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, exerceu a função de chefe de naipe. Em 2011, estudou na Faculdade Cantareira. Em 2013 transferiu-se para o Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP-EC), onde concluiu o curso de Licenciatura em Música.

A Orquestra Comunitária da Unicamp foi fundada em 18 de julho de 2001, e a Orquestra de Flautas da Unicamp, em 2006, ambas pelo Professor João Bosco Stecca. Em 2011, as orquestras foram oficialmente reconhecidas como Programa de Extensão Orquestra Comunitária da Unicamp, vinculado à Pró- Reitoria de Extensão e Cultura – PROEC, com sede no Espaço Cultural Casa do Lago.

O endereço do Sesc Campo Limpo é Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120. Mais informações pelo telefone 5510-2700 ou pelo portal http://www.sescsp.org.br.

 Programa:
CONCERTO SINFÔNICO II

– Haydn
Andante – Presto

– MOZART
Concerto para trompa nº 1 K 412

– Beethoven
Sinfonia nº 8

Serviço
“Maury Buchalla e Orquestra Comunitária da Unicamp”
Grátis
Livre
Dia 4 de agosto, domingo às 16h
Capacidade: 500 pessoas
Duração: 70 minutos
Sem retirada de ingresso
Local: Tenda da Comedoria
Sesc Campo Limpo
Endereço: Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120. Campo Limpo, São Paulo/SP
Horários de funcionamento: Terça a sábado, das 13h às 22h. Domingos, das 11h às 20h
Tel: (11) 5510-2700

Atendimento à Imprensa:
Dayane Chagas
Tel: (11) 5510-2734
dayane@campolimpo.sescsp.org.br
Renato Pereira (MTB 28.417)
tel: (11) 5510-2730
Cel: (11) 95856-6358
renato@campolimpo.sescsp.org.br

Créditos: Renato Pereira | Sesc Campo Limpo

Festival celebra a Cultura Coreana em São Paulo

Créditos: Divulgação

13º edição do evento terá atrações culturais e gastronômicas

Entre os dias 9 e 11 de agosto, a Praça Coronel Fernando Prestes, no Bom Retiro, em São Paulo vai ser o palco do 13º Festival da Cultura Coreana.

Promovido pela comunidade coreana, o evento, com entrada franca, terá uma programação intensa com diversas atrações para divulgar a cultura coreana e fortalecer o elo entre a Coreia do Sul e o Brasil.

Durante os três dias, as pessoas terão a oportunidade de conhecer um pouco da culinária, artesanato, vestuário, danças típicas e costumes desse país que hoje é a 13ª maior economia do mundo e está classificado como um dos países mais desenvolvidos pelas Nações Unidas, pelo Banco Mundial e pelo Fundo Monetário Internacional.

A programação do Festival inclui ainda concurso de K-Pop, apresentação de coral e dança, exposições de artes plásticas, cerâmica, moda, artesanato, workshops de caligrafia coreana (hangul), gastronomia e outras atividades que retratam a cultura desse país da Ásia Oriental.

Música e cultura também estão na grade de programação. O Samul Nori está entre as atrações. Trata-se de um tradicional gênero da música da Coreia executado com quatro instrumentos musicais tradicionais: Kwaenggwari (um pequeno gongo), Jing (um gongo intermediário), Janggu (uma forma de ampulheta tambor) e Buk (um tambor barril semelhante ao bumbo). Os instrumentos tradicionais coreanos são chamados pungmul.

Apresentações de Taekwondo também poderão ser vistas pelos visitantes. A arte marcial coreana que o Brasil bem conhece é hoje um esporte reconhecido mundialmente.

Outra curiosidade que deve chamar a atenção dos visitantes é o K-Pop Festival, com apresentação de bandas vindas da Coreia especialmente para a ocasião.

13º FESTIVAL DA CULTURA COREANA
Dias 9, 10 e 11 de agosto
Horário: das 11h às 21h
Local: Praça Coronel Fernando Prestes – Bairro Bom Retiro – São Paulo
Entrada franca

Créditos: Simone Bolletta | FB Assessoria e Comunicação

21 de junho: 100 anos do Rei do Rádio, Nelson Gonçalves

O inesquecível Nelson Gonçalves. Créditos: divulgação

Destaque na história da música brasileira, Com mais de 80 milhões de cópias vendidas, o cantor e compositor

No próximo dia 21 de junho, o país brindará o Centenário de Nelson Gonçalves, um dos principais cantores e compositores da história da música brasileira. O artista que somou 81 milhões de discos vendidos no Brasil. Além da música, ele foi jornaleiro, mecânico, polidor, tamanqueiro, engraxate e garçom, além de lutador de boxe.

Nelson nasceu como Antônio Gonçalves Sobral, em 21 de junho de 1919, na pequena cidade de Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul. Seus pais, imigrantes portugueses, tinham acabado de chegar ao País. Durante a infância — já vivendo no bairro do Brás, em São Paulo, Nelson acompanhava o pai nas feiras livres e praças. Enquanto seu Manuel tocava violão, o menino cantava em cima de um caixote. Em dias mais difíceis, seu Manuel chegava a se fingir de cego para comover as pessoas. Na infância tinha dois apelidos. Na escola era chamado de Carusinho, por sua voz excepcional. Como gaguejava, passou a ser também chamado de Metralha, já que falava cuspindo as palavras. Mesmo com a disfunção fonética, decidiu ser cantor.

Antes de chegar ao seu objetivo passou pelas diversas profissões citadas acima. Intempestivo e brigão, canalizou sua impetuosidade para o boxe. Com 17 anos, recebeu a faixa de Campeão Paulista dos Meio-Médios, após vencer 24 lutadores por nocaute e ter perdido apenas duas vezes, por pontos.

Nelson estudou canto acadêmico, por seis anos, com o maestro Bellardi. Aprendeu que não era gago, mas taquilárico (do grego takimós: respiração curta, acelerada). Dentre os tantos conselhos do maestro ouviu um conselho que mudaria sua vida: deveria ser cantor popular. Como Antônio não era sonoro, adotou o nome Nelson, que considerava mais melódico.

Em 1941, consegue finalmente gravar seu disco de estreia, um 78 RPM contendo o samba “Sinto-Me Bem”, de Ataulfo Alves. Com a boa recepção do público é contratado pela gravadora RCA Victor, da qual jamais sairia, e pela rádio Mayrink Veiga, levado pelo cantor Carlos Galhardo. A voz de Nelson torna-se rapidamente conhecida. Logo é eleito o Rei do Rádio, em concurso promovido pela Revista do Rádio. Sua vida melhora consideravelmente em 1943, quando consegue um emprego como crooner do Cassino do Copacabana Palace Hotel.

Nelson Gonçalves faz grande sucesso nas décadas de 1940 e 1950. Alguns de seus grandes sucessos dos anos 40 foram “Maria Bethânia” (Capiba), “Normalista” (Benedito Lacerda/ Davi Nasser); “Caminhemos” (Herivelto Martins) e “Renúncia” (Roberto Martins/Mário Rossi).

Em 1952, passa a viver com Lourdinha Bittencourt, substituta de Dalva de Oliveira, no Trio de Ouro, com quem tem três filhos (sendo dois adotivos). É uma das melhores fases da vida do artista. No mesmo ano conhece aquele que seria seu melhor parceiro e grande amigo: Adelino Moreira, um dos maiores letristas e compositores do gênero samba-canção, que compôs para Nelson mais de 370 músicas (algumas feitas em parceria com o próprio Nelson Gonçalves, como “Fica comigo esta noite”.

Da parceria, nasceram alguns dos maiores sucessos do cantor, como “A volta do boêmio”, “Deusa do asfalto”, “Êxtase e Escultura”. As músicas tinham, sempre, temas românticos, em geral arrebatadores, repletos de histórias de amores perdidos e imortais apropriadas à voz de grande extensão de Nelson Gonçalves que, aliás, se gabava por usar apenas um terço de sua capacidade.

Chegou a gravar músicas de diversos nomes da nova geração da música brasileira e com grandes nomes do rock nacional, como Ângela Rô Rô (Simples Carinho), Kid Abelha (Nada por Mim) e Lulu Santos (Como uma Onda). Em 1984 lançou Eu e Elas, em duetos com Alcione, Ângela Maria, Beth Carvalho e outras divas da música brasileira; Em 1985 lançou Eu e Eles, com duetos com Caetano Veloso, Fagner, Luiz Gonzaga, Tim Maia e outros grandes cantores da MPB.

Nelson Gonçalves se dedicou durante mais de 60 anos à sua grande paixão: a música. Durante sua carreira, gravou mais de 2.700 canções, 183 discos em 78 rpm, 128 LPs e 300 compactos. Vendeu mais de 81 milhões de discos. Ganhou 38 discos de ouro e 20 de platina. Também foi agraciado pela RCA com o Prêmio Nipper, recebido apenas por ele e por ninguém menos que Elvis Presley. Por seu último disco, Ainda é Cedo (1997), Nelson iria receber o disco de ouro.

Nelson Gonçalves morreu em 18 de abril de 1998. Durante os anos que precederam sua morte, se definia como o “último dos moicanos”, referindo-se ao seu estilo de cantar, que empregava o vozeirão, do qual dizia nunca ter cuidado, citando como exemplo o fato de ter fumado durante 60 anos, até 1995. No plano pessoal, além dos casamentos com Elvira Molla, Lourdinha Bittencout e Maria Luíza da Silva Ramos, teve muitos casos, alguns rumorosos e até escandalosos para os padrões da época, como os vividos com Bette White e a vedete Nanci Montez.

De seu relacionamento, com Maria (ex-cozinheira do presidente Juscelino Kubitschek), nasceu Lilian Gonçalves, que teve sua história de vida contada na minissérie JK da Rede Globo, interpretada pela atriz Mariana Ximenez. Lilian Gonçalves já era conhecida como a Rainha da Noite de São Paulo, quando se aproximou do seu pai. Guardou por muitos anos a informação de quem era o verdadeiro pai, revelando somente quando Nelson já estava mal de saúde.

Na década de 90 foi encenado nas principais capitais do país o musical “Metralha”, uma versão dramatizada de sua biografia, Em 2001 foi lançado o documentário “Nelson Gonçalves”, que contou sua trajetória, protagonizado por Alexandre Borges e Julia Lemmertz, com direção de Elizeu Ewald e produção executiva de Margareth Gonçalves, caçula de seu casamento com Lourdinha Bittencourt.

Créditos: Davi Brandão

Central Plaza Music promove shows gratuitos no mês de abril, com diversos estilos musicais

Créditos: divulgação

A programação está imperdível, a partir de um repertório exclusivo de canções que marcaram época, da MPB aos clássicos da música internacional

O Central Plaza Shopping começa o mês de abril com muita diversão e música, embalada pela programação do Central Plaza Music. Os visitantes poderão acompanhar diversas apresentações no imperdível happy hour, com o melhor repertório musical. Todos os shows são gratuitos e prometem animar o público, de quarta a sexta-feira, das 19h às 21h, na Praça de Alimentação do Shopping.

Nos dias 3, 10, 17 e 25 de abril, a banda Keity Acoustic Trio, ao som de voz, saxofone e teclado, homenageia os principais ícones da música, como Kell Smith, Carole King, The Cover Girls, O Rappa, Hyldon, Cassiano, Tim Maia, entre outras referências nacionais e internacionais.

Será possível conferir nos dias 4 e 26 de abril a dupla Duo’s Clássicos, que será responsável por trazer os clássicos da MPB e do Pop Nacional e Internacional. Com o melhor da Música Popular Brasileira e do Blues & Rock Ballads, a banda Blue Two agitará o palco do Central Plaza Music nos dias 5, 19 e 24 de abril.

Já o artista Jazz Antony tocará em 11 e 18 de abril, com um super repertório do MPB e POP nacional e internacional. E a programação não para por aí: em 12 de abril, o conjunto projeto V’S apresenta canções que marcaram época da MPB e do POP nacional.

Confira a programação completa do Central Plaza Music:

Apresentações

Estilos
Datas e Horários
Local

Keity Acoustic Trio
Clássicos da Música
3, 10, 17 e 25 de abril, das 19h às 21h
Praça de Alimentação

Dou’s Clássicos
MPB/Pop Nacional
4 e 26 de abril, das 19h às 21h
Praça de Alimentação

Blue Two
MPB e Blues & Rock Ballads
5, 19 e 24 de abril, das 19 às 21h
Praça de Alimentação

Jazz Antony
MPB, POP nacional e internacional
11 e 18 de abril, das 19h às 21h
Praça de Alimentação

Projeto V’S
Pop/Rock Internacional
12 de abril, das 19 às 21h
Praça de Alimentação

Serviço:
Happy Hour – Central Plaza Shopping
Endereço: Av. Dr. Francisco Mesquita, 1000 – Vila Prudente.
Data: de quarta a sexta-feira.
Horário: das 19h às 21h.
Estacionamento gratuito por 2 horas.

Sobre o Central Plaza Shopping
O Central Plaza Shopping está localizado na Zona Leste de São Paulo, em ponto que interliga importantes bairros, como Vila Prudente, Ipiranga, Cambuci e Mooca, e as cidades de São Caetano e Santo André. Ao lado do Shopping, está o Metrô Tamanduateí – Linha Verde e CPTM – Linha Turquesa, facilitando o acesso. Possui estacionamento amplo e coberto, gratuito nas duas primeiras horas, oferecendo uma das ancoragens mais completas da cidade e ainda bancos, drogaria, espaço família, entre outras opções de serviços. Dispõe de 10 salas de cinema, entre elas a maior tela da América Latina, com exibições XD. O destaque do projeto arquitetônico, moderno e arrojado, fica por conta de seus amplos corredores, que possuem 80% de luz natural. Preocupado com a comunidade, o Central Plaza Shopping promove o Projeto Exercício do Vizinho, para oferecer mais qualidade de vida para as pessoas acima de 50 anos, incluindo atividades físicas e aulas de artesanato. Para mais informações, acesse: http://www.centralplazashopping.com.br.

Créditos: Victor Tavares

Shopping Interlagos recebe shows gratuitos durante o horário do almoço e Happy Hour

Créditos: Divulgação

As apresentações ocorrem na Praça de Alimentação, com o melhor repertório da MPB, do Blues, do POP, além de outros estilos musicais

O Shopping Interlagos inicia o mês de abril com entretenimento de qualidade, a partir de programação musical gratuita. Ao longo do mês, de segunda a sexta-feira, os visitantes poderão acompanhar diversas apresentações, embaladas por grandes artistas. No horário do almoço, no Piano ao Ponto, os pocket shows são realizados das 12h30 às 15h, enquanto o Happy Hour acontece das 19h às 21h30.

Os artistas apresentam-se em formato solo, duo ou trio, contemplando o melhor repertório para todos os gostos e públicos nos dois períodos. Será possível acompanhar sons atuais e que marcaram época, nos estilos MPB, Chorinho, POP, Samba, Bossa Nova, World Music e Blues. Há ainda os shows com músicas temáticas, sucessos em novelas e filmes.

Confira a programação completa:

Piano ao Ponto – das 12h30 às 15h

Datas
Artistas
Estilos

1/4
Luiz Alfredo e Sumé
Bossa Nova e MPB

2/4
Luiz Alfredo e Marcos Gomes
Músicas temáticas

3/4
Diogo Santos
Bossa Nova, MPB e Samba

4/4
Rob Morales
MPB

5/4
Blue Two Solo, formado por Gabriel Delfino
Blues

8/4
Rob Morales
MPB

9/4
Luiz Alfredo e Marcos Gomes
Músicas Temáticas

10/4
Luiz Alfredo e Marcos Gomes
Músicas Temáticas

11/4
Livio Macedo
Samba e MPB

12/4
Diogo Santos
Bossa Nova, MPB e Samba

15/4
Diogo Santos
Bossa Nova, MPB e Samba

16/4
Samuel Costa
POP

17/4
Luiz Alfredo e Marcos Gomes
Músicas Temáticas

18/4
Keity Carolin Duo, formado por Keity Carolin e Luiz Alfredo
World Music

19/4
Blue Two Solo, formado por Gabriel Delfino
Blues

22/4
Livio Macedo
Samba e MPB

23/4
Alexandre Britto
POP e MPB

24/4
Blue Two Solo, formado por Gabriel Delfino
Blues

25/4
Luiz Alfredo e Marcos Gomes
Músicas Temáticas

26/4
Marco Gomes
Músicas Temáticas

29/4
Luiz Alfredo
Chorinho e Bossa Nova

30/4
Luiz Alfredo e Marcos Gomes
Músicas Temáticas

Happy Hour – das 19h às 21h30

Datas
Artistas
Estilos

1º/4
Feel Good, formado por Jack Muller e Leandro Ramajo
POP Rock e Clássicos

2/4
Keity Carolin Trio, formado por Keity Carolin, Luiz Alfredo e Marcos Gomes
World Music

3/4
Rominho Cruz
MPB

4/4
Alexandre Britto
POP e MPB

5/4
Livio Macedo
Samba e MPB

8/4
Rominho Cruz
MPB

9/4
Keity Carolin Trio, formado por Keity Carolin, Luiz Alfredo e Marcos Gomes
World Music

10/4
Projeto o Brasil e o Samba, formado Lennon e Fábio Cardoso
Samba

11/4
Blue Two Solo, formado por Gabriel Delfino
Blues

12/4
Rob Morales
MPB

15/4
Keity Carolin Trio, formado por Keity Carolin, Luiz Alfredo e Marcos Gomes
World Music

16/4
Luiz Alfredo e Junior Conceição
Jazz e R&B

17/4
Diogo Santos
Bossa Nova, MPB e Samba

18/4
Samuel e Luiz Alfredo
Músicas Temáticas

19/4
Alexandre Britto
POP e MPB

22/4
Keity Carolin Trio, formado por Keity Carolin, Luiz Alfredo e Marcos Gomes
World Music

23/4
Rominho Cruz
MPB

24/4
Rob Morales
MPB

25/4
Diogo Santos
Bossa Nova, MPB e Samba

26/4
Projeto V’S, formado por Marcio Riberio
MPB

29/4
Rominho Cruz
MPB

30/4
Keity Carolin Trio, formado por Keity Carolin, Luiz Alfredo e Marcos Gomes
World Music

Serviço:
Programação Musical – Shopping Interlagos
Endereço: Avenida Interlagos, 2.255
Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 12h30 às 15h, e das 19h às 21h30.
Estacionamento gratuito.

Sobre o Complexo Comercial Shopping Interlagos
Formado pelos Shoppings Interlagos e Interlar Interlagos, Hipermercado Carrefour, Atacadista Makro, Leroy Merlin (primeira loja do país), Hotel Íbis e Cobasi, é um dos maiores centros de compras, serviços e lazer de São Paulo, recebendo mensalmente 3,5 milhões de pessoas. Com estacionamento gratuito, conta com 400 lojas, dispostas em uma área de 280 mil m². No espaço reservado ao lazer, dispõe de 10 salas de cinema Cinemark, com exibições em 3D, Playland, Boliche, Piano ao Ponto (música ao vivo na Praça de Alimentação durante o almoço, de segunda a sexta-feira) e Happy Hour (música no fim da tarde na Praça de Alimentação, de segunda a sexta-feira). Para mais informações, acesse: http://www.interlagos.com.br.

Créditos: Victor Tavares