Estados Unidos: campeões da Copa Ouro da CONCACAF 2017

Jogadores norte-americanos erguem a taça da Copa Ouro da CONCACAF. Créditos: Getty

A Seleção dos Estados Unidos conquistou na noite desta quarta-feira (madrugada de quinta no Brasil), 26, o título da Copa Ouro da CONCACAF 2017 ao vencer a Jamaica por 2 a 1 no Lewi’s Stadium, em Santa Clara, na Califórnia. Os gols da partida foram marcados por Altidore e Morris para os norte-americanos, enquanto Watson descontou para os jamaicanos.

A decisão começou com os Estados Unidos mantendo mais a posse de bola, enquanto a Jamaica montou um ferrolho na sua área, o que dificultou as oportunidades de gol. Não foi por acaso que a primeira delas veio apenas aos 19 minutos. Altidore soltou a bomba de longa distância, Blake fez grande defesa e, no rebote, Acosta tentou, mas a defesa jamaicana, de forma fria, tirou a bola em cima da linha. No lance, o goleiro lesionou a mão e precisou ser substituído por Miller.

O jogo seguiu com os ianques ditando o jogo e os Reggae Boyz na defensiva. No entanto, antes do intervalo, saiu o primeiro gol da finalíssima. Aos 44, Altidore cobrou falta com categoria, a bola fez uma leve curva e mandou a redonda no ângulo esquerdo de Miller, que chegou a tocar na bola, mas não impediu o tento.

No segundo tempo, a Jamaica melhorou no jogo e, não demorou muito, chegou ao empate. Lawrence cobrou escanteio e Watson esticou a perna e igualou o marcador.

Os norte-americanos não se abateram e voltaram a dominar o jogo. Aos 18, os ianques chegaram pela esquerda. A bola foi levantada na área, Arriola cabeceou para fácil defesa de Miller. Nove minutos depois, a defesa da Jamaica tentou afastar, mas Morris ficou com a sobra e disparou da entrada da área, mas o camisa 13 fez grande defesa.

No mintuo seguinte, Powell cruzou da direita, a zaga mandou para escanteio e, por pouco, não fez um gol contra. Aos 30, Dempsei aproveitou o cruzamento vindo da lateral e, próximo da marca penal, cabeceou firme e Miller deu um leve tapa na bola, que chegou a tocar na trave.

A Jamaica conseguiu equilibrar a partida e estava disposta em levar a decisão para a prorrogação, mas, aos 43 minutos Morris sucumbiu com as pretensões da seleção da América Central. Zardes, que entrou no lugar de Arriola, cruzou, Taylor tirou para o meio da área e o camisa 8 pegou a sobra e acertou um belo chute para fazer o gol do título dos Estados Unidos.

O tento norte-americano veio como um direto de direita para os jamaicanos. Pois, os comandados de Theodore Whitmore não esboçaram uma reação para tentar o empate novamente nos acréscimos. E, dessa forma, aos 49 minutos, o árbitro Walter Lopez apitou pela última vez e decretou o fim do jogo: Estados Unidos 2, Jamaica 1.

Os Estados Unidos chegaram à decisão como favoritos. Pois, além de terem uma equipe mais qualificada, eles ainda jogavam em casa e contaram com o apoio da torcida. A Jamaica queria fazer história e sonhava pela conquista inédita. Os anfitriões confirmaram o favoritismo e foram para cima dos jamaicanos, que conseguiram blindar bem a meta de Blake, que fez uma defesaça aos 19, mas que se lesionou na sequência do lance e precisou ser substituído. Os Estados Unidos foram para o intervalo com a vitória parcial por conta de um golaço de falta feito por Altidore. A Jamaica voltou melhor no segundo tempo e empatou ainda no começo. A decisão seguiu com os norte-americanos mantendo mais posse de bola e tentando infiltrar na forte defesa jamaicana que, heroicamente, tentara conduzir o jogo para a prorrogação, mas o gol de Morris no finalzinho acabaram com as pretensões dos Reggae Boyz.

Com o título, o sexto de sua história, os Estados Unidos estão a uma conquista atrás do México, que é o maior ganhador da Copa Ouro da CONCACAF, com sete taças.

A seguir, o resumo da campanha do campeão e a ficha técnica da grande final.

Fase de grupos (Grupo B):
09/07/2017 – Estados Unidos 1×1 Panamá – Nissan Stadium, Nashville
12/07/2017 – Estados Unidos 3×2 Martinica – Raymond James Stadium, Tampa
15/07/2017 – Nicarágua 0x3 Estados Unidos – FirstEnergy, Cleveland
Quartas-de-final:
19/07/2017 – Estados Unidos 2×0 El Salvador – Lincoln Financial Field, Filadélfia
Semifinais:
22/07/2017 – Costa Rica 0x2 Estados Unidos – AT&T Stadium, Arlington
Final:
26/07/2017 – Estados Unidos 2×1 Jamaica – Levi’s Stadium, Santa Clara

FICHA TÉCNICA: ESTADOS UNIDOS 2×1 JAMAICA
Competição/fase: Copa Ouro da CONCACAF – final (jogo único)
Data: 26 de julho de 2017 – quarta-feira, às 22h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Walter Lopez (Guatemala)
Auxiliares: Gerson Lopez (Guatemala) e Ricardo Montero (Costa Rica)
Cartões Amarelos: Acosta, Zusi e Howard (Estados Unidos); Mattocks e Richie (Jamaica)
Gols: Altidore, aos 44 min do 1º tempo (1-0); Watson, aos 5 min do 2º tempo (1-1) e Morris, aos 43 min do 2º tempo (2-1)
ESTADOS UNIDOS: 24.Howard; 19.Zusi, 3.Gonzalez, 5.Besler e 2.Villafana; 23.Acosta (28.Dempsey), 26.Bradley, 20.Arriola (9.Zardes) e 25.Nagbe (13.McCarty); 8.Morris e 27.Altidore. Técnica: Bruce Arena
JAMAICA: 1.Blake (13.Miller); 5.Powell, 3.Lowe, 4.Richie (17.Lambert), 21.Taylor e 20.Lawrence; 15.Watson, 8.Fisher e 18.Gordon; 22.Willians e 10.Mattocks (11.Burke). Técnico: Theodore Whitmore

Parabéns para a Seleção dos Estados Unidos pela conquista.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s