Joey Ramone: 15 anos de “Don’t Worry About Me”

“Don’t Worry About Me”: disco póstumo de Joey Ramone lançado em 2002

Em 19 de fevereiro de 2017 completaram-se 15 anos do lançamento do álbum “Don’t Worry About Me”, o primeiro trabalho solo de Joey Ramone, o eterno vocalista dos Ramones. Produzido por Daniel Rey, o disco foi, infelizmente, lançado postumamente, uma vez que o vocalista morreu de linfoma em 15 de abril de 2001.

O play traz onze faixas e também uma pegada à lá Ramones, logo, guitarras distorcidas e economia de acordes. Mas algumas letras do disco chamam atenção por expressar o lado espiritual de Joey, aparentemente, como um reflexo da percepção de que o fim estava próximo, e também fez questão de fazer uma música que trata de sua luta contra o câncer, como na faixa “I Got Knocked Down (But I’ll Get Up)”.

O disco abre com o grande cover feito por ele do clássico “What A Wonderful World”, imortalizado por Louis Armstrong. Joey deu uma roupagem rock and roll, deixando-a totalmente descaracterizada em relação à versão original, no entanto, fazendo do mesmo jeito que sua ex-banda fazia quando gravavam covers em seus álbuns: uma versão matadora.

O álbum segue com as demais faixas variando entre o punk rock do estilo Ramones com pop em faixas como “Stop Thinking About It”; “Mr. Punchy”, que lembra vagamente os tempos de “¡Adios Amigos!” (1995); “Maria Bartiromo”, com o seu refrão pegajoso e uma homenagem que o cantor fez à jornalista da CNBC que dá nome à canção na qual ele a elogia por sua beleza e vasto conhecimento da Bolsa de Valores; o disco volta a ficar mais pesado com a trinca ramônica: “Spirit In My House”, “Venting (It’s A Different World Today)” e “Like A Drug I Never Did Before”, esta última poderia ser referente ao seu (pesado) tratamento contra o câncer, não é mesmo?

O play dá uma maneirada a seguir com “Searching For Something”, que soa mais pop do que as habituais músicas compostas por Joey, mas se encaixando com os temas que ele vinha escrevendo nos últimos trabalhos dos Ramones; na sequência, a magistral versão de “1969”, classicão do Stooges; e as duas faixas que demonstram bem o que Joey estava passando nos últimos momentos: a já citada “I Got Knocked Down (But I’ll Get Up)” e a faixa-título, que, particularmente, associo o seu refrão como uma forma de Joey dizer para não ficarmos preocupados com a sua partida, e que ele estará bem. Triste.

Ao analisarmos friamente o play, não é à toa que tem a pegada ramônica: a começar pelo próprio Joey, com a sua inconfundível voz “analasada”, Daniel Rey, que produziu, tocou guitarra e fez os backing vocals no disco, além de ser um velho conhecido dos fãs dos Ramones: o cara produziu “Halfway To Sanity” (1987), “Brain Drain” (1989) e “¡Adios Amigos!” (1995), e a presença dele: Marky Ramone, que dividiu as partes de bateria com Frank Funaro, do Cracker And Del Lords.

No disco também tocaram o baixista do The Dictators, Andy Shernoff. Joey também contou com a participação de Captain Sensible, do The Damned, na canção “Mr. Punchy“.

A mixagem foi feita por Daniel Rey, como dito anteriormente, amigo de longa data de Joey Ramone e que participou do projeto desde o início. Aliás, as gravações ocorreram entre 2000 e 2001 e foram bastante complicadas, pois os dias no estúdios eram intercalados com as constantes internações que o vocalista era submetido para tratar da saúde, já bastante debilitada pela doença que o matou.

Uma versão DualDisc do álbum foi lançada em 19 de novembro de 2002. Ele incluiu o álbum no formato DVD-Audio, que está no som surround 5.1, bem como o video musical “What a Wonderful World” (dirigido por Debbie Harry) e outros materiais.

Infelizmente, Joey Ramone morreu antes do lançamento do álbum, que só chegou ao mercado em 2002, quase um ano após a sua partida.

Ao ouvir esse trabalho, o sentimento é uma mistura de alegria e tristeza, pois, ele foi o que chamamos de “canto do cisne”, de Joey Ramone. A alegria é pela qualidade do material gravado e a tristeza é que ele ficou marcado como o último trabalho do eterno vocalista dos Ramones e, que, infelizmente, ele já não estava mais entre nós quando foi lançado. Acredito que Joey se esforçou o quanto pôde para estar vivo para ver a sua criação pronta.

A seguir, a ficha técnica e o tracklist do disco.

Álbum: Don’t Worry About Me
Intérprete: Joey Ramone
Lançamento: 19 de fevereiro de 2002
Gravadora: Sanctuary Records
Produtor: Daniel Rey

Joey Ramone: voz
Daniel Rey: guitarra e backing vocal
Andy Shernoff: baixo e backing vocal
Marky Ramone: bateria em “What A Wonderful World“, “Mr. Punchy“, “Maria Bartiromo“, “Venting (It’s A Different World Today)“, “Like a Drug I Never Did Before” e “Searching for Something
Frank Funaro: bateria em “Stop Thinking About It“, “Spirit in My House“, “I Got Knocked Down (But I’ll Get Up)” e “Don’t Worry About Me
Joe McGinty: teclados em “What a Wonderful World“, “Spirit in My House“, “I Got Knocked Down (But I’ll Get Up)” e “Don’t Worry About Me
Captain Sensible: backing vocal em “Mr. Punchy
Dr. Chud: bateria em “1969
Jerry Only: baixo em “1969
Mickey Leigh: guitarra e backing vocals em “Don’t Worry About Me
Al Maddy: guitarra, baixo e backing vocals em “Searching for Something
Veronica Kofman: backing vocal em “Mr. Punchy
Helen Love: backing vocal em “Mr. Punchy

1. What A Wonderful World (Thiele / Weiss)
2. Stop Thinking About It (Joey Ramone / Andy Shernoff)
3. Mr. Ponchy (Joey Ramone)
4. Maria Bartiromo (Joey Ramone)
5. Spirit In My House (Joey Ramone)
6. Venting (It’s A Different World Today) (Joey Ramone)
7. Like A Drug I Never Did Before (Joey Ramone)
8. Searching For Something (Joey Ramone / Al Maddy)
9. I Got Knocked Down (But I’ll Get Up) (Joey Ramone)
10. 1969 (Alexander / Iggy Pop / Asheton / Asheton)
11. Don’t Worry About Me (Joey Ramone)

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s