Nacional: campeão paulista da Série A3 2017

Os jogadores do Naça comemoram o título da Série A3 do Campeonato Paulista em Limeira. Foto: Rodrigo Dias/EPTV

Com gols de Éverton e Negueba, o Nacional derrotou a Inter de Limeira na noite deste sábado (27) no Estádio Major José Levy Sobrinho, em Limeira, por 2 a 0 e, com isso, conquistou o Campeonato Paulista da Série A3, o terceiro de sua história. A equipe da capital paulista reverteu a desvantagem adquirida no primeiro jogo da final, vencida pelo time do interior no Nicolau Alayon por 1 a 0.

A Inter de Limeira foi quem tomou a iniciativa no jogo. Aos dois minutos, Calixto mandou na área, a defesa desviou e, na sobra, Wesley bateu para o gol e a bola saiu pela linha de fundo. A equipe da casa dominou os primeiros minutos da partida, enquanto o Nacional tentava os contra-ataques, mas sem sucesso.

Essa situação perdurou até os 15 minutos quando Éder cobrou falta e a bola foi à esquerda de Rafael Pin. Foi a primeira jogada de perigo dos visitantes.

O Leão da Paulista respondeu aos 19. Lucas Balardin cobrou lateral para dentro da área e Éder Paulista tentou de bicicleta e mandou à direita do gol. O jogo caiu de produção, embora a Inter manteve a posse mas com menor intensidade.

E, aos 30 minutos, depois de uma cobrança de falta, Rafael Pin mandou para escanteio. Na cobrança, Éverton subiu mais que todo mundo e cabeceou firme para as redes e acabar com a vantagem que o Gigante de Limeira tinha de um gol.

Com a vantagem, o Nacional passou a marcar atrás da linha da bola enquanto os anfitriões tentavam encontrar os espaços.  E esse panorama permaneceu até o final da etapa inicial.

O segundo tempo mal começou e a situação da Inter de Limeira se complicou de vez. A bola foi enfiada no meio de sua defesa e Negueba apareceu livre, na cara do goleiro, e tocou no canto de Rafael Pin e ampliou o placar para o Naça.

Assim que sofreu o gol, o técnico João Valin colocou Vinícius Pedalada no lugar de Lucas Balardin para amenizar o prejuízo e tentar descontar fazer um gol para levar a disputa para os pênaltis ou, ainda, buscar o empate para ficar com o título.

Enquanto o time nacionalista se segurou, a Inter abusava nos cruzamentos e não obtinha sucesso. Aos 33, Pedalada cruzou na área e a bola sobrou para Calixto bater e a redonda desviar na defesa.

O Nacional prendia a bola no campo de ataque para administrar o resultado. E, dessa forma, esteve perto do segundo gol no final. Aos 44, Éder bateu firme e acertou o travessão de Rafael Pin. A Inter contra-atacou aos 46 com Éverton Russo, que acionou Calixto, que chegou batendo, a bola raspou a trave de Felipe.

E, no último lance do jogo, Léo Castro saiu de cara com Rafael Pin, o camisa 18 encobriu o goleiro, mas Carlão tirou de cabeça em cima da linha.

A Inter de Limeira foi melhor no primeiro tempo, porém, não conseguiu prevalecer isso em oportunidade de gols, enquanto isso, o Nacional, em sua única chance real, conseguiu sair em vantagem.  No segundo tempo, a Nacional ampliou a vantagem logo no começo e passou a administrar o resultado e, aproveitando da apatia do time da casa, no final da partida esteve mais perto de fazer o terceiro do que a Inter fazer o primeiro. E, assim como foi na final, o Naça conseguiu reverter o resultado sempre na casa do adversário.

Ambos também estarão em campo no segundo semestre, para a disputa da Copa Paulista. As estreias serão no dia 1º de julho. O Naça estreia no Distrital do Inamar, às 15h, contra o Água Santa, enquanto a Inter recebe o Audax, no Limeirão, às 17h.

Enquanto isso, reforçando que caíram para a Série B do Campeonato Paulista, a popular quarta divisão: Comercial, São José dos Campos, Paulista de Jundiaí, Flamengo de Guarulhos, Independente de Limeira e Catanduvense.

Abaixo, o resumo da campanha do campeão e a ficha técnica da decisão.

Primeira fase:
28/01/2017 – Nacional 1×4 Rio Branco – Nicolau Alayon, São Paulo
04/02/2017 – Paulista 1×2 Nacional – Jaime Cintra, Jundiaí
08/02/2017 – Flamengo (SP) 1×2 Nacional – Antônio Soares de Oliveira, Guarulhos
11/02/2017 – Nacional 1×0 Independente – Nicolau Alayon, São Paulo
15/02/2017 – GE Osasco 1×2 Nacional – José Liberatti, Osasco
20/02/2017 – São José dos Campos 1×1 Nacional – Martins Pereira, São José dos Campos
25/02/2017 – Nacional 1×1 Taboão da Serra – Nicolau Alayon, São Paulo
05/03/2017 – Monte Azul 2×0 Nacional – Otacília Patrício Arroyo, Monte Azul Paulista
08/03/2017 – Nacional 1×0 Comercial – Nicolau Alayon, São Paulo
11/03/2017 – Portuguesa Santista 2×2 Nacional – Ulrico Mursa, Santos
15/03/2017 – Nacional 1×2 Atibaia – Nicolau Alayon, São Paulo
18/03/2017 – Nacional 1×0 Marília – Nicolau Alayon, São Paulo
22/03/2017 – Noroeste 3×0 Nacional – Alfredo de Castilho, Bauru
25/03/2017 – Nacional 1×1 Desportivo Brasil – Nicolau Alayon, São Paulo
29/03/2017 – Nacional 1×0 Matonense – Nicolau Alayon, São Paulo
02/04/2017 – Inter de Limeira 1×0 Nacional – Major José Levy Sobrinho, Limeira
05/04/2017 – Olímpia 2×1 Nacional – Maria Tereza Breda, Olímpia
08/04/2017 – Nacional 2×1 São Carlos – Nicolau Alayon, São Paulo
16/04/2017 – Catanduvense 0x2 Nacional – Silvio Salles, Catanduva
Quartas-de-final:
22/04/2017 – Nacional 0x0 Rio Branco – Nicolau Alayon, São Paulo
29/04/2017 – Rio Branco 1×3 Nacional – Décio Vitta, Americana
Semifinais:
06/05/2017 – Nacional 1×2 Olímpia – Nicolau Alayon, São Paulo
14/05/2017 – Olímpia 0(2)x1(4) Nacional – Maria Tereza Breda, Olímpia
Final:
20/05/2017 – Nacional 0x1 Inter de Limeira – Nicolau Alayon, São Paulo
27/05/2017 – Inter de Limeira 0x2 NacionalMajor José Levy Sobrinho, Limeira

FICHA TÉCNICA: INTER DE LIMEIRA 0x2 NACIONAL
Competição/fase: Campeonato Paulista Série A3 – final (2º jogo)
Local: Estádio Major José Levy Sobrinho, Limeira (SP)
Data: 27 de maio de 2017, sábado (19h)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: Marco Antônio de Andrade e Risser Jarussi Corrêa
Cartões Amarelos: Lucas Douglas e Nikão (Inter de Limeira); Caio e Negueba (Nacional)
Gols: Everton, aos 30 min do 1º tempo (0-1); Negueba, aos 3 min do 2º tempo (0-2)
INTER DE LIMEIRA: 1.Rafael Pin; 2.Lucas Balardin (14.Vinícius), 3.Carlão, 4.Nikão e 6.Calixto; 5.Marquinhos, 8.Teco (18.Allison) e 10.Tom; 9.Éder Paulista, 11.Wesley (16.Evandro) e 7.Lucas Douglas. Técnico: João Valin
NACIONAL: 1.Felipe Lacerda; 2.Thiaguinho, 3.Luiz Henrique, 4.Jeferson e 6.Ricardo (16.Rafinha); 14.Everton, 8.Caio (15.Douglas), 7.Negueba e 10.Emerson Mi; 11.Éder e 9.Laécio (18.Léo Castro). Técnico: Tuca Guimarães

Parabéns ao Nacional Atlético Clube pelo título.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s