Manchester United: campeão da Liga Europa 2016/2017

Jogadores do Manchester United comemoram o título inédito da UEFA Europa League. Créditos: Reuters

O Manchester United derrotou o Ajax na final da UEFA Europa League 2016/2017 por 2 a 0 na Friends Arena, em Estocolmo, na Suécia, nesta quarta-feira (24), com gols de Pogba e Mkhitaryan. Além do título inédito, os Reds Devils garantiram uma vaga para a próxima UEFA Champions League e ainda disputar a decisão da Supercopa da Europa contra Real Madrid ou Juventus. Esse foi o quarto título continental conquistado por José Mourinho – duas Liga Europa (Copa da UEFA) e duas Liga dos Campeões, o que faz dele o único a conseguir tal façanha.

O jogo começou com o Manchester United pressionando e criando a primeira chance de gol logo aos 25 segundos de partida. Em jogada pela direita, os Reds Devils alçaram a bola na área, o goleiro Onana se chocou com o companheiro e a bola sobrou para Pogba, próximo à meia-lua, e o camisa 6 dominou no peito e emendou de primeira, mas a bola saiu à direita da meta.

Nos minutos iniciais da partida, o time de José Mourinho estava melhor em campo. Tanto que o Ajax só levou perigo aos 14 minutos. Em jogada individual pela esquerda, Younes tocou para Traoré que, de dentro da área, soltou a bomba para Romero fazer a defesa em dois tempos.

O United deu o troco três minutos depois. Em uma troca de passes pela direita no ataque, Fellaini serviu Pogba para o francês finalizar e a bola desviar em Sánchez e tirar completamente do alcance de Onana. O placar foi aberto na Friends Arena.

E, seis minutos depois do gol, o Manchester quase fez o segundo com Valencia. O lateral-direito atacou pelo setor, invadiu a área e chutou forte para Onana espalmar. Essa foi praticamente a última finalização a gol no primeiro tempo.

A partida ficou equilibrada e, aos poucos, o Ajax foi ganhando terreno no campo de defesa do clube inglês que, no banho-maria, conseguiu segurar os ímpetos dos holandeses. E, dessa maneira, a etapa inicial terminou com vitória parcial dos Reds Devils.

A etapa complementar mal começara e, aos dois minutos, o Manchester United fez o segundo gol. Após escanteio cobrado pela direita, Smalling desviou de cabeça e Mkhitaryan, que se adiantou do marcador e desviou para ampliar a vantagem.

Com o resultado favorável, os Diabos Vermelhos praticamente jogaram para administrar o resultado e, mesmo assim, não deram chances para a agremiação dos Países Baixos chegarem à meta de Romero. Aos 19, Pogba cruzou da direita na medida para Fellaini, que cabeceou para defesa de Onana.

O Manchester United continuou com a sua efetiva marcação e não permitiu que a rápida e jovem equipe do Ajax chegasse em sua área. A tática deu tão certo que as principais chances dos Godenzonen aconteceram apenas com chutes de fora da área, aos 20 com Ziyech, aos 35 com De Ligt e aos 38 com Sánchez, mas todas as finalizações passaram por cima do gol defendido pelo camisa 20.

E, quando a decisão estava em seus momentos finais, aos 40 minutos, os Reds Devils tiveram uma excelente chance de fazer o terceiro gol. Lingard recebeu em seu campo de defesa, conduziu a bola por todo o campo de defesa do Ajax, invadiu a área e, na hora de finalizar, foi desarmado por Sánchez. No lance seguinte, Van de Beek, que entrou no lugar de Schöne, cortou o marcador e finalizou para defesa tranquila de Romero.

E, nos acréscimos, aos 49, David Neres, o único brasileiro em campo e que substituiu Douberg, recebeu e ficou cara a cara com o goleiro argentino, tentou encobri-lo, mas Valencia chegou a tempo para evitar o gol de honra do time holandês. E, fim de jogo na Friends Arena: Ajax 0, Manchester United 2.

Manchester United e Ajax entraram em campo pela final da UEFA Europa League para salvar a temporada de ambos depois de fracassarem em seus respectivos campeonatos nacionais. O Ajax perdeu o título holandês na última rodada, enquanto os Diabos Vermelhos focaram suas atenções nessa disputa porque era a única forma do time de Old Trafford disputar uma competição europeia na próxima temporada. Assim, na Friends Arena, José Mourinho pôs para marcar os meias habilidosos da equipe holandesa e, dessa forma, anulou o setor criativo do adversário, que tinha como uma de suas principais armas para escapar dos marcadores do treinador português o drible, principalmente os de Touré. No entanto, a marcação avançada para as roubadas de bola do United foram eficientes no primeiro tempo. No segundo tempo, o gol marcado logo no início, deu ainda mais tranquilidade para os comandados de José Mourinho que praticamente levaram o jogo no banho-maria até o final e, com um excelente esquema de marcação, o Ajax praticamente não assustou Romero que, ao longo de todo o segundo tempo, só pegou na redonda duas vezes, pois as outras finalizações da equipe alvirrubra holandesa foram de fora da área e por cima da meta. E, assim, da mesma forma que começou a temporada, o United termina: campeão.

A seguir, o resumo da campanha e a ficha técnica da final.

Fase de grupos (Grupo A):
15/09/2016 – Feyenoord (HOL) 1×0 Manchester United (ING) – De Kuip, Roterdã
29/09/2016 – Manchester United (ING) 1×0 Zorya Luhansk (UCR) – Old Trafford, Trafford
20/10/2016 – Manchester United (ING) 4×1 Fenerbahçe (TUR) – Old Trafford, Trafford
03/11/2016 – Fenerbahçe (TUR) 2×1 Manchester United (ING) – Şükrü Saracoğlu Stadium, Istambul
24/11/2016 – Manchester United (ING) 4×1 Feyenoord (HOL) – Old Trafford, Trafford
08/12/2016 – Zorya Luhansk (UCR) 0x2 Manchester United (ING) – Chornomorets Stadium, Odessa
Segunda fase:
16/02/2017 – Manchester United (ING) 3×0 Saint-Étienne (FRA) – Old Trafford, Trafford
22/02/2017 – Saint-Étienne (FRA) 0x1 MAnchester United (ING) – Stade Geoffroy-Guichard, Saint-Étienne
Oitavas-de-final:
09/03/2017 – Rostov (RUS) 1×1 Manchester United (ING) – Olimp-2, Rostov
16/03/2017 – Manchester United (ING) 1×0 Rostov (RUS) – Old Trafford, Trafford
Quartas-de-final:
13/04/2017 – Anderlecht (BÉL) 1×1 Manchester United (ING) – Constant Vanden Stock Stadium, Anderlecht
20/04/2017 – Manchester United (ING) 2×1 Anderlecht (BÉL) – Old Trafford, Trafford
Semifinais:
04/05/2017 – Celta de Vigo (ESP) 0x1 Manchester United (ING) – Balaídos, Vigo
11/05/2017 – Manchester United (ING) 1×1 Celta de Vigo (ESP) – Old Trafford, Trafford
Final:
24/05/2017 – Ajax (HOL) 0x2 Manchester United (ING) – Friends Arena, Estocolmo

FICHA TÉCNICA: AJAX (HOL) 0x2 MANCHESTER UNITED (ING)
Competição/fase:
UEFA Europe Ligue 2016/2017 – final (jogo único)
Local: Friends Arena, Estocolmo, Suécia
Data: 24 de maio de 2017, quarta-feira – 15h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Damir Skomina (ESL)
Assistentes: Jure Praprotnik (ESL) e Robert Vukan (ESL)
Cartões Amarelos: Mkhitaryan, Fellaini e Mata (Manchester United); Veltman, Younes e Riedewald
Gols: Pogba, aos 17 min do 1º tempo (0-1); e Mkhitaryan, aos 2 min do 2º tempo (0-2)
AJAX (HOL): 24.Onana; 3.Veltman, 5.Sánchez, 36.De Ligt e 4.Riedewald (21.De Jong); 20.Schöne (30.Van de Beek), 10.Klaassen e 22.Zlyech; 11.Younes, 9.Traroé e 25.Dolberg (77.David Neres). Técnico: Peter Bosz
MANCHESTER UNITED (ING): 20.Romero; 25.Valencia, 12.Smalling, 17.Blind e 36.Darmian; 21.Herrera, 8.Mata (10.Rooney), 22.Mkhitaryan (14.Lingard), 27.Fellaini e 6.Pogba; 19.Rashford (11.Martial). Técnico: José Mourinho

Parabéns ao Manchester United Football Club pela conquista.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s