“É campeão!” – definidos alguns campeões pelos estaduais

Os principais estaduais do país foram definidos neste domingo (7)

Neste domingo (7), os principais estaduais do país tiveram seus campeões proclamados. Em alguns estados, os vencedores saíram ontem, sábado, e também ao longo da última semana. Enquanto isso, outros campeonatos ainda não chegaram à decisão. E o Campeonato Amapaense foi o único que ainda não teve início. Destaque para as conquistas de Flamengo, Corinthians, Atlético Mineiro, Vitória, Chapecoense e do surpreendente Novo Hamburgo.

Em São Paulo, o Corinthians conquistou o Campeonato Paulista pela 28ª vez ao empatar em 1 a 1 com a Ponte Preta – gols de Romero e Marllon, respectivamente – na Arena Corinthians. Como havia vencido o primeiro jogo por 3 a 0, o Timão ergue o estadual depois de quatro anos e amplia ainda mais a sua hegemonia na competição.

O Flamengo sagrou-se campeão pela 34ª vez do campeonato estadual do Rio de Janeiro ao bater o Fluminense de virada por 2 a 1. O rubronegro, que vencera o duelo da semana passada por 1 a 0, jogava pelo empate. O Tricolor das Laranjeiras saiu na frente logo aos três minutos com Rodrigo Dourado, mas Paolo Guerrero e Rodinei levaram os flamenguistas ao delírio. O Mengão é o maior campeão do estado fluminense.

Em Minas Gerais, o Atlético Mineiro derrotou o Cruzeiro por 2 a 1 no Estádio Independência, em Belo Horizonte. O Galo abriu o placar com Robinho, a Raposa empatou com Ábila, mas Elias pôs o CAM na frente novamente. Assim, o Atlético Mineiro é o novo campeão mineiro e ergueu o seu 44º estadual. Além disso, o time de Roger Machado, que ficou no 0 a 0 no Mineirão diante da equipe de Mano Menezes na primeira partida, jogava pelo empate.

No Rio Grande do Sul a zebra deu suas caras. O Novo Hamburgo é o mais novo campeão gaúcho e, de quebra, pôs fim à hegemonia do Internacional. Depois de dois empates com o Colorado – 2 a 2 e 1 a 1 -, a equipe da região do Vale dos Sinos levou a melhor na disputa de pênaltis: 3 a 1, com direito a três cobranças desperdiçadas pelo Inter. O título é inédito na história dos 106 anos do Noia. Detalhe: os Anilados não perderam para a dupla Grenal durante o estadual. O jogo do feito histórico do Novo Hamburgo aconteceu no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, porque o Estádio do Vale não tinha capacidade suficiente para abrigar a final.

Depois do papelão na Copa do Nordeste, Vitória e Bahia se enfrentaram na final do Campeonato Baiano. Após o empate em 1 a 1 na Arena Fonte Nova, as duas equipes ficaram no 0 a 0 e, por ter feito a melhor campanha, o Leão da Barra ficou com a taça. Esse foi o 29º título estadual do Vitória.

Outro campeão estadual que empatou em 0 a 0 neste domingo foi o Coritiba. Como havia vencido o primeiro jogo contra o Atlético Paranaense no campo do rival, o Coxa precisou apenas do resultado no Couto Pereira para fazer a festa de seu 38ª Campeonato Paranaense.

A Chapecoense é bicampeã catarinense. O Avaí tentou estragar a festa da Chape ao derrotar o Verdão do Oeste por 1 a 0, o mesmo resultado que a equipe de Vagner Mancini havia feito na Ressacada. Mas, a Chapecoense jogava por dois resultados iguais e, assim, é campeã estadual pela sexta vez. Esse foi o primeiro troféu erguido pela Chapecoense após a tragédia aérea ocorrida no final de novembro do ano passado.

No Serra Dourada, o Goiás derrotou novamente o Vila Nova e consagrou-se campeão goiano pela 27ª vez. O autor do gol do título foi Jean Carlos. A equipe esmeraldina entrou em campo com a enorme vantagem adquirida no primeiro jogo (vitória por 3 a 0) e triunfou mais uma vez o arquirrival, mas dessa vez pelo placar mínimo.

O clássico Re-Pa mais uma vez decidiu o Campeonato Paraense. Com dois gols do meia Bergson, o Papão levou a melhor contra o Remo e venceu o rival por 2 a 1, o tento do Leão Azul da Amazônia foi marcado por Rodrigo. A decisão aconteceu no Mangueirão e, como houve o empate no jogo de ida, quem vencesse, obviamente, seria proclamado campeão. Esse foi o título paraense de número 47 do Paysandu, que agora tem três a mais que o arquirrival Remo.

Assim como foi no primeiro jogo no Estádio Rei Pelé, o CRB levou a melhor contra o CSA. Com dois gols de Neto Baiano e um de Mailson para a equipe alvirrubra, enquanto Daniel Costa e Celsinho descontaram para o Azulão da Matunge, o Galo Pajuçara é tricampeão alagoano. O título de hoje é o 30º do CRB, que ainda está a sete taças do CSA, que é o maior campeão daquele estado. Na disputa do terceiro lugar, o Murici bateu o ASA de Arapiraca.

Assim como os gaúchos, os matogrossenses só souberam do campeão estadual depois da disputa de pênaltis. Isso porque o Sinop bateu o Cuiabá por 1 a 0 em casa e levou a decisão para os tiros penais, uma vez que a equipe da capital vencera o primeiro jogo por 2 a 1. Assim, o Dourado levou a melhor e superou o Galo do Norte por 5 a 4 nos pênaltis e levou o sétimo estadual para casa.

Já no Mato Grosso do Sul, o Corumbaense bateu o Novo por 2 a 1 e foi campeão estadual pela segunda vez em sua história. No Artur Marinho, com gol de William e Julio (contra) – Andrinho descontou para o Novo, o Carijó da Avenida voltou a vencer um estadual depois de 33 anos. Como o primeiro jogo ficou empatado em 1 a 1, quem vencesse hoje levaria a taça.

E o Botafogo (PB) foi o último campeão deste domingo. O Belo empatou em 1 a 1 com o Treze no Almeidão e é campeão paraibano pela 28ª vez. O Galo até saiu na frente com Dico, mas Rafael Oliveira empatou para o clube pessoense, que jogava pelo empate em virtude do triunfo no jogo de ida por 3 a 2 em Campina Grande.

E não foi só neste domingo que tivemos campeões estaduais. Ontem, mais três equipes ergueram a taça. No Distrito Federal, o Brasiliense derrotou o Ceilândia por 3 a 2 no Mané Garrincha e abocanhou o Candangão. O Confiança superou o Itabaiana fora de casa por 1 a 0 (gol de Thiago Silvy, de pênalti) e ficou com a taça do Campeonato Sergipano. E na inédita decisão do Campeonato Capixaba, o Atlético (ES) passou pelo Doze por 3 a 2 e ficou com o título.

Antes dos vencedores acima, mais dois times haviam sido campeões estaduais ao longo na semana que passou. O primeiro deles foi o ABC, que empatou com o Globo em 0 a 0 no Frasqueirão na segunda-feira (1º) e sagrou-se bicampeão potiguar, já que vencera o primeiro duelo por 1 a 0 em Ceará-Mirim. Dois dias depois, ali do lado do Rio Grande do Norte, no Ceará, o Vozão venceu o Ferroviário por 2 a 0 no Castelão e, como levou a melhor no primeiro jogo ao sair vitorioso por 1 a 0, o Campeonato Cearense não precisou da terceira partida, que seria prevista caso uma mesma equipe não vencesse os dois primeiros jogos da série.

Alguns campeonatos tiveram os primeiros jogos das decisões de seus estaduais iniciados neste final de semana. No sábado, por exemplo, o Interporto derrotou o Sparta por 2 a 0 no General Sampaio pelo Campeonato Tocantinense. A partida de volta será no dia 13 no Mirandão. No mesmo dia, no Acre, o Rio Branco bateu o Atlético Acreano por 1 a 0 na Arena da Floresta. As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado no mesmo estádio. Já no Campeonato Pernambucano, o Sport não passou de um empate em 1 a 1 com o Salgueiro na Ilha do Retiro. E, por conta do calendário, a segunda partida poderá acontecer apenas no dia 18 de junho no Cornélio de Barros.

Pelo Campeonato Roraimense, Baré e São Raimundo se enfrentam no dia 9 (terça-feira) na Vila Olímpica pela final do segundo turno e, se o Baré for campeão dessa fase, levará o título estadual. No Piauí, River e Altos decidem na próxima quarta-feira (10) o título do segundo turno. Quem vencer enfrentará o Parnayba na final do Campeonato Piauiense.

O Campeonato Amazonense segue ainda na primeira fase enquanto o estadual de Rondônia está na terceira rodada do segundo turno.

Já o Campeonato Maranhense está com a final do segundo turno entre Moto Club e Cordino. Porém, um problema judicial envolvendo o Sampaio Corrêa adiou a decisão do segundo turno. E, caso a final seja remarcada e mantida, uma vitória do Cordino lhe dará o título maranhense.

Parabéns aos campeões.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s