Corinthians: campeão paulista de 2017

Assim como a histórica decisão de 1977, o Corinthians foi campeão paulista mais uma vez diante da Ponte Preta. Foto: Marcos Riboli

Em sua 100ª partida disputada em sua arena, o Corinthians empatou em 1 a 1 com a Ponte Preta pelo segundo jogo da final do Campeonato Paulista de 2017 na tarde deste domingo (7), em Itaquera, e sagrou-se campeão estadual pela 28ª vez em sua história. Com gol de Romero para o time da casa e de Marllon para a Macaca, o Timão fez 4 a 1 no placar agregado e, pela primeira vez, foi campeão em casa. E coube ao goleiro Cássio a honra de erguer a taça. A partida também marcou o maior público registrado no estádio em jogos do Corinthians: 46.462 torcedores. Esse foi o primeiro caneco conquistado por Fábio Carille como treinador da equipe principal. Já a Ponte Preta, pela quinta vez na história, amarga um vice-campeonato, sendo a terceira perdida para o Corinthians. A Macaca ficou em segundo lugar nos campeonatos de 1970, 1977, 1979, 2008 e 2017.

A Ponte Preta precisava correr atrás do prejuízo se quisesse conquistar o inédito título. Então, a Macaca tentou ir para cima. Aos 4 minutos, depois de uma cobrança de escanteio de Lucca, Arthur cruzou na área e Pottker foi derrubado por Paulo Roberto, mas a arbitragem paralisara o lance ao flagrar o camisa 9 pontepretano em impedimento. Cinco minutos depois foi a vez de Lucca arriscar de fora da área e mandar por cima da meta de Cássio. Aos 20 o ex-corinthiano também tentou de falta e mandou por cima novamente.

A primeira chegada do Corinthians aconteceu apenas aos 26 minutos. Depois do toque de Jô, Jadson avançou da direita para o meio e tentou de esquerda e exigiu a defesa de Aranha em dois tempos. Em seguida, aos 28, Nino Paraíba, após o escanteio, cruzou e Cássio cortou antes que a bola chegasse em William Pottker. O Timão deu o troco no minuto seguinte ao aproveitar do erro na saída de bola da Macaca. Jadson cruzou para Romero, que ajeitou para Maycon, que acertou a trave direita de Aranha, e, na sobra, Jô acertou a zaga da Ponte. Aos 34, os visitantes fizeram boa trama na intermediária do adversário, até que Nino Paraíba, pela direita, cortou a marcação para bater de pé esquerdo e Cássio fazer firme defesa. Posteriormente, a Ponte Preta tentou mais uma vez com Lucca, que arriscou da entrada da área, mas a redonda saiu à esquerda da meta corinthiana.

Aos 40, Jô recebeu a bola, girou, se livrou da marcação na intermediária e tocou para Fagner, que cruzou na medida para o camisa 7, que bateu de primeira e mandou para fora. Na sequência, Nino Paraíba tentou e parou em Cássio. No final da etapa inicial, aos 45, depois de uma jogada individual, Clayson finalizou e mandou por cima do gol, sem perigo para o arqueiro alvinegro.

No segundo tempo, o Corinthians seguiu controlando o jogo, enquanto a Ponte Preta, apesar da mudança feita por Gilson Kleina, não teve força para assustar. A Macaca tentou, mas faltou calibrar a pontaria ou força nas finalizações a gol. E a situação do time de Campinas se complicou de vez aos 17. Fernando Bob errou na saída, Fagner recuperou a bola, tocou para Jadson, que deu uma assistância incrível para Romero. O paraguaio chutou, Aranha defendeu parcialmente e, na sobra, o camisa 11, de carrinho, completou para as redes: 1 a 0 para o Corinthians.

Depois do tento, a torcida corinthiana já soltara o grito de “é campeão” na Arena Corinthians. Dessa forma, o jogo deu uma caída na produção dos dois times e a Ponte Preta só voltou a dar trabalho aos 35. Quando Ravanelli arriscou de fora da área e acertou a trave esquerda de Cássio. Dois minutos depois, Jadson cobrou escanteio pela direita, Balbuena subiu sozinho e cabeceou para o chão, mas a redonda subiu e saiu por cima da meta adversária.

A Ponte Preta finalmente conseguiu o seu gol na final do Paulistão. Aos 40 minutos Ravanelli cobou falta pela direita e o zagueiro Marllon bateu de primeira, sem chance para Cássio, e empatou o jogo. Infelizmente, para os pontepretanos, o time reagiu tarde demais na decisão. E, antes do jogo acabar, ainda teve tempo de Romero perder um gol. Aos 43, Clayton fez jogada individual, invadiu a área e cruzou para Romero que, sem marcação, chutou por cima do gol. Em seguida, o, a partir de agora, “pé de Ángel” foi substituído por Léo Jabá, que nem teve tempo de tocar na bola para o árbitro decretar o fim da partida na casa corinthiana. E ficou nisso: Corinthians 1, Ponte Preta 1. Timão, campeão paulista pela 28ª vez.

A Ponte Preta iniciou a partida no campo de ataque, mas a bem postada defesa corinthiana não teve problemas. Depois de alguns minutos, o Corinthians foi controlando a partida e a enorme vantagem. Assim, ficou mais tempo no ataque e acertou a trave. Dessa forma, a Macaca buscou o ataque, cruzou e chutou, mas não teve uma oportunidade mais aguda. Já o “confortável” Corinthians foi quem criou as chances mais claras de gols nos 45 minutos iniciais. No segundo tempo, o panorama não mudou muito: a Ponte se esforçou e o alvinegro de Parque São Jorge administrou a vantagem e chegou a sair na frente com Romero. Mas a heroica equipe campineira ainda buscou o empate.

Agora, as atenções das duas equipes estarão ligadas para a Copa Sulamericana e ao Campeonato Brasileiro. Pela competição continental, a Ponte Preta irá até a Argentina enfrentar o Gimnasia La Plata já na próxima terça-feira, às 21h45. No primeiro jogo, as duas equipes empataram em 0 a 0. Enquanto isso, pela mesma competição, o Corinthians vai até Santiago medir forças contra a Universidad de Chile na quarta-feira. No compromisso de ida, o Timão bateu os chilenos por 2 a 0. Pelo Brasileirão, a Macaca estreará no domingo, às 16h, contra o Sport Recife no Moisés Lucarelli. Já a estreia do novo campeão paulista ocorrerá às 19h do próximo sábado diante da Chapecoense, na Arena Corinthians.

A seguir, o resumo da campanha e a ficha técnica da decisão.

Data – Jogo – Local:
Primeira fase (grupo A):
04/02/2017 – São Bento 0x1 Corinthians – Walter Ribeiro, Sorocaba
11/02/2017 – Corinthians 0x2 Santo André – Arena Corinthians, São Paulo
15/02/2017 – Corinthians 1×0 Novorizontino – Arena Corinthians, São Paulo
18/02/2017 – Audax 0x1 Corinthians – Prefeito José Liberati, Osasco
22/02/2017 – Corinthians 1×0 Palmeiras – Arena Corinthians, São Paulo
25/02/2017 – Mirassol 2×3 Corinthians – Municipal de Mirassol, Mirassol
04/03/2017 – Corinthians 1×0 Santos – Arena Corinthians, São Paulo
12/03/2017 – Ponte Preta 1×1 Corinthians – Moisés Lucarelli, Campinas
19/03/2017 – Ferroviária 1×0 Corinthians – Fonte Luminosa, Araraquara
23/03/2017 – Corinthians 1×1 Red Bull Brasil – Arena Corinthians, São Paulo
26/03/2017 – São Paulo 1×1 Corinthians – Morumbi, São Paulo
29/03/2017 – Corinthians 3×1 Linense – Arena Corinthians, São Paulo
Quartas-de-final:
1º/04/2017 – Botafogo (SP) 0x0 Corinthians – Santa Cruz, Ribeirão Preto
09/04/2017 – Corinthians 1×0 Botafogo (SP) – Arena Corinthians, São Paulo
Semifinais:
16/04/2017 – São Paulo 0x2 Corinthians – Morumbi, São Paulo
23/04/2017 – Corinthians 1×1 São Paulo – Arena Corinthians, São Paulo
Final:
30/04/2017 – Ponte Preta 0x3 Corinthians – Moisés Lucarelli, Campinas
07/05/2017 – Corinthians x Ponte Preta – Arena Corinthians, São Paulo

FICHA TÉCNICA: CORINTHIANS 1×1 PONTE PRETA
Competição/fase:
Campeonato Paulista 2017 – final (2º jogo)
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Data: 7 de maio de 2017, domingo – 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa
Cartões Amarelos: Pablo e Romero (Corinthians); Nino Paraíba, Elton e Clayson
Gols: Romero, aos 17 min do 2º tempo (1-0); Marllon, aos 40 min do 2º tempo (1-1)
CORINTHIANS: 12.Cássio; 23.Fagner, 3.Pablo, 4.Balbuena e 13.Guilherme Arana; 28.Paulo Roberto, 30.Maycon, 29.Camacho (9.Cleiton) e 77.Jadson (38.Pedrinho); 11.Romero (37.Léo Jabá) e 7.Jô. Técnico: Fábio Carille
PONTE PRETA: 1.Aranha; 2.Nino Paraíba, 3.Marllon, 4.Kadu e 6.Artur; 5.Fernando Bob, 8.Elton e 10.Jadson (19.Ravanelli); 11.Lucca (22.Yuri), 7.Clayson (21.Lins) e 9.Pottker. Técnico: Gilson Kleina

Parabéns ao Sport Club Corinthians Paulista pelo título.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s