São Caetano: campeão paulista da série A2 de 2017

Jogadores do São Caetano comemoram o título do Campeonato Paulista da Série A2. Créditos: reprodução/SporTV

Com gols de Paulinho Santos e Régis, o São Caetano derrotou o Bragantino no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, por 2 a 1 na noite deste sábado (6) e conquistou o título do Campeonato Paulista da série A2 de 2017. O tento da equipe de Bragança Paulista foi anotado por Rafael Grampola, que fez um golaço de bicicleta. Por ter feito a melhor campanha nas fases anteriores, o Azulão foi contemplado em decidir o título em casa, uma vez que a final da competição fora disputada com partida única. As duas equipes farão parte da elite do futebol paulista em 2018 ao conseguirem o acesso à série A1.

O jogo começou com o Bragantino tentando chegar duas vezes na área do São Caetano, que, aos poucos foi equilibrando o jogo. A primeira oportunidade foi do Braga aos seis minutos. Depois de rodar a área do Azulão, Vitor dominou e ajeitou para Bruno Oliveira, que vinha de trás para finalizar, mas o lateral mandou a bola para ao lado da meta de Paes. O São Caetano reagiu e chegou duas vezes. Aos 10, Alex Reinaldo cobrou falta, Ermínio desviou e Sandoval apareceu para mandar para o fundo das redes, mas o assistente marcou impedimento e anulou o gol. No minuto seguinte, Carlão recebeu em profundidade, ganhou do zagueiro e, no cara-a-cara com Renan Rocha, melhor para o goleiro do Braga que fechou o ângulo do atacante e salvou os visitantes.

A partida seguiu disputada e, com o campo molhado, os dois times brigaram muito pela bola, mas não conseguiram grandes jogadas de perigo até então. Aos 36, a equipe de Bragança Paulista chegou mais uma vez. Rafael Chorão cobrou o escanteio, Paes sai mal do gol e a redonda sobre para Gilberto na pequena área. O zagueiro não conseguiu testar com precisão e mandou para fora, mesmo sem goleiro. Três minutos depois, o Azulão abriu o placar. Alex Reinaldo cobrou falta da direita para dentro da área, Renan Rocha afastou mal e Paulinho Santos teve tranquilidade de dominar no peito e mandar para as redes. A partida seguiu equilibrada até o fim do primeiro tempo, que terminou com vitória parcial do São Caetano por 1 a 0.

Na etapa complementar, o Massa Bruta foi para cima. No primeiro minuto, Adriano Paulista chegou pela direita, deu um bom passe para Rafael Grampola que, totalmente sozinho, ajeitou bem, mas mandou para fora. Mas o camisa 9 se redimiu dois minutos depois. A bola foi alçada na área, Gilberto tentou finalizar e furou, a redonda foi ajeitada para trás para Edson Sitta, que teve a finalização bloqueada, mas a esférica subiu e sobrou para Grampola que, de bicicleta, mandou para as redes do São Caetano. Empate do Braga.

A partida seguiu equilibrada até os 21 minutos. Bruno Recife cruzou da esquerda, Lincon tentou de cabeça, no bate-rebate, a bola sobrou para Régis, que finalizou e estufou as redes de Renan Rocha. É o Azulão na frente novamente no Anacleto Campanella.

Após ter tomado o gol, o técnico Alberto Félix pôs Kellyton no lugar de Bruno Oliveira para buscar pelo menos o empate. Aos 27, o Azulão teve excelente chance de gol através de Alex Ribeiro, que cobrou falta perigosa para a meta, mas Renan Rocha defendeu com firmeza. Sete minutos depois, o São Caetano ficou com um homem a menos. Eslei recebeu o segundo amarelo após interceptar a bola com a mão em um contra-ataque do Bragantino. A expulsão do camisa 5 da equipe do ABC gerou muitas reclamações dos atletas do time da casa, pois, para eles, o toque não foi intencional.

Com um jogador a mais, o Massa Bruta tentou ir para cima em busca do empate. Contudo, o São Caetano – com um a menos – conseguiu segurar os ímpetos do adversário e conseguiu segurar o resultado até o final, que ficou mesmo em 2 a 1 para o São Caetano que, pela segunda vez em sua história, é campeão paulista da série A2.

O duelo entre São Caetano e Bragantino foi marcado pelo equilíbrio no primeiro tempo. O Braga, mesmo não estando em seus domínios, não se intimidou com os anfitriões e foi para cima nos primeiros minutos. Já o Azulão, enquanto mantinha a posse de bola, também atacou. Aliás, a equipe de São Caetano do Sul até chegou a balançar as redes ainda aos dez minutos, mas o assistente marcou um impedimento de forma equivocada. Mas, antes do intervalo, com a chuva a apertar e a partida equilibrada, o São Caetano terminou em vantagem. Mas, logo de cara, os visitantes surpreenderam e empataram no comecinho do segundo tempo. Todavia, na metade da etapa final, Régis deu números finais ao jogo. O Azulão ainda passou boa parte do segundo tempo com um homem a menos e o Massa Bruta não aproveitou a vantagem numérica para empatar o jogo.

Além do título, o São Caetano conseguiu o direito de disputar a Copa do Brasil de 2018, além do prêmio de R$ 280 mil. Inclusive, a conquista encerrou um jejum de treze anos sem títulos para o Azulão (o último troféu erguido pelo clube foi o Campeonato Paulista de 2004). Apesar da perda do título, o Bragantino se classificou para a série A1 em 2018.

Reforçando que caíram para a série A3: Velo Clube, Barretos, Capivariano, Rio Preto, Mogi Mirim e União Barbarense.

A seguir, o resumo da campanha do campeão e a ficha técnica da final.

Data – Jogo – Local:
Primeira fase:
29/01/2017 – Sertãozinho 0x1 São Caetano – Frederico Dalmaso, Sertãozinho
1º/02/2017 – São Caetano 2×1 Votuporanguense – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul
06/02/2017 – Guarani 0x0 São Caetano – Brinco de Ouro da Princesa, Campinas
13/02/2017 – São Caetano 3×1 Velo Clube – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul
09/02/2017 – São Caetano 3×1 Bragantino – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul
20/02/2017 – Rio Claro 1×0 São Caetano – Dr. Augusto Schimidt Filho, Rio Claro
25/02/2017 – São Caetano 1×0 Água Santa – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul
1º/03/2017 – Rio Preto 2×0 São Caetano – Anísio Haddad, São José do Rio Preto
05/03/2017 – São Caetano 2×0 Batatais – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul
12/03/2017 – São Caetano 0x2 Juventus – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul
17/03/2017 – XV de Piracicaba 2×3 São Caetano – Barão de Serra Negra, Piracicaba
21/03/2017 – São Caetano 6×0 Mogi Mirim – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul
24/03/2017 – São Caetano 1×1 Oeste – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul
29/03/2017 – Capivariano 1×1 São Caetano – Arena Capivari, Capivari
1º/04/2017 – União Barbarense 0x2 São Caetano – Antônio Lins Ribeiro Gonçalves, Santa Bárbara do Oeste
09/04/2017 – São Caetano 1×1 Barretos – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul
12/04/2017 – Portuguesa 0x2 São Caetano – Canindé, São Paulo
16/04/2017 – Taubaté 3×2 São Caetano – Joaquim de Moraes Filho, Taubaté
23/04/2017 – São Caetano 2×3 Penapolense – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul
Semifinais:
29/04/2017 – Rio Claro 2×2 São Caetano – Dr. Augusto Schimidt Filho, Rio Claro
02/05/2017 – São Caetano 3×0 Rio Claro – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul
Final:
06/05/2017 – São Caetano 2×1 Bragantino – Anacleto Campanella, São Caetano do Sul

FICHA TÉCNICA: SÃO CAETANO 2×1 BRAGANTINO
Competição/fase: Campeonato Paulista Série A2 – final (jogo único)
Local: Estádio Anacleto Campanella, São Caetano do Sul (SP)
Data: 6 de maio de 2017, sábado – 19h30 (horário de Brasília)
Público: 6.372 torcedores
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo
Cartões Amarelos: Esley (2) e Lincom (São Caetano); Adenílson, Edson Sitta e Rafael Grampola (Bragantino)
Cartão Vermelho: Esley (São Caetano)
Gols: Paulinho Santos, aos 39 min do 1º tempo (1-0); Rafael Grampola, aos 3 min do 2º tempo (1-1); e Régis, aos 21 min do 2º tempo (2-1)
SÃO CAETANO: 12.Paes; 2.Alex Reinado, 3.Sandoval, 4.Eduardo Luiz e 6.Bruno Recife; 5.Esley, 8.Paulinho Santos (18.Lincom), 7.Régis e 10.Paulo Vinícius; 9.Ermínio (16.Norton) e 11.Carlão. Técnico: Luiz Carlos Martins
BRAGANTINO: 1.Renan Rocha; 2.Bruno Oliveira (13.Kellyton), 3.Gilberto, 4.Guilherme e 6.Fabiano; 5.Adenílson (18.Wellington), 8.Edson Sitta, 10.Rafael Chorão e 11.Vítor; 7.Adriano Paulista (17.Anderson Lessa) e 9.Rafael Grampola. Técnico: Alberto Félix

Parabéns à Associação Desportiva São Caetano pelo título.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s