ABC: campeão potiguar 2017

Jogadores do ABC posam para a foto. Créditos: Magnus Nascimento

 

O ABC Futebol Clube sagrou-se bicampeão potiguar nesta segunda-feira (1º) ao empatar em 0 a 0 com o Globo no Estádio Frasqueirão, em Natal. Como havia vencido o primeiro jogo, em Ceará-Mirim, por 1 a 0, o alvinegro conquistou o seu 54º título estadual e segue como o maior vencedor de campeonatos estaduais do Brasil. Apesar de ter ficado com o vice-campeonato, o Globo, campeão do primeiro turno, garantiu o direito de disputar a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil de 2018, além de uma vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D.

O primeiro tempo começou com o ABC partindo para o ataque. Logo aos dois minutos a primeira oportunidade veio através de uma falta cobrada pelo paraguaio Echeverria, que acertou a rede pelo lado de fora. Sete minutos depois, o time da casa chegou novamente. Gegê deu excelente passe para Felipe Guedes, que entrou sozinho na área e, na hora da finalização, perdeu a bola, que ficou com o goleiro Rafael.

A equipe abecedista atacou novamente aos 11 minutos. A redonda foi alçada na área por Erivélton em direção a Nando, mas o arqueiro da Águia do Vale fez boa defesa e afastou o perigo. Poucos minutos depois, aos 17, o alvinegro levou perigo mais uma vez. Erivélton lançou da esquerda, Nando tentou alcançar a bola, mas Rafael fez a defesa. Aos 25, a zaga do Globo bateu cabeça, a esférica sobrou para Gegê, que acionou Guedes na área e o camisa 11 finalizou para ótima intervenção de Rafael.

A primeira finalização efetiva do Globo aconteceu apenas aos 32 minutos. Tiago Lima recebeu próximo da grande área e o chute saiu fraco pela linha de fundo. A partir de então, o time de Ceará-Mirim tentou equilibrar as ações na partida, embora o ABC continuasse a busca pelo gol, mas sem sucesso nas finalizações. Dessa forma, a etapa inicial terminou sem gols.

Na etapa complementar, a primeira chance de gol foi do Globo a menos de um minuto. Bismarck chegou forte pela esquerda e arriscou de fora da área para defesa de Edson. Dois minutos depois, o ABC deu o troco. Gegê bateu de esquerda direto para o gol, Nando tentou o desvio de cabeça e Rafael tirou de soco da área. Aos 7, o camisa 9 abecedista viu o arqueiro adversário adiantado e tentou de longe, mas Rafael se recuperou a tempo e fez a defesa. No minuto seguinte, Echeverria arriscou de longe, mas a bola subiu muito.

O Globo se mostrou mais presente na partida e esboçava uma reação em busca do gol. Aos 16, Bismarck cobrou falta da lateral e mandou por cima da meta. Aos 24, depois de um bate-rebate, em frente à área do Globo, Marquinhos mandou uma pancada, mas a redonda foi por cima da meta de Rafael. O time de Ceará-Mirim respondeu aos 28. Romarinho partiu pela esquerda, se livrou da marcação, bateu cruzado na área, Edson deu um tapa na bola para escanteio. Se não fosse a intervenção do goleiro do ABC, o meia Tiago Lima chegaria para conferir.

A partida precisou ser interrompida aos 31 minutos por conta de uma confusão generalizada entre os atletas dos dois times. Depois do tumulto, a atrapalhada arbitragem resolveu expulsar Ângelo e Echeverria. Após quatro minutos de interrupção, o jogo foi retomado.

Aos 37, Erivélton mandou a bola na área, Rafael fez o corte e tirou da cabeça de Caio Mancha, que entrou no lugar de Nando. Dois minutos depois, o mesmo Erivélton recebeu na direita, mas não aproveitou a jogada e desperdiçou o ataque alvinegro.

A decisão estava nos minutos finais e, com isso, as duas equipes promoveram as alterações que lhes restavam. O Globo tentou o ataque, mas o ABC soube administrar o resultado e, depois dos cinco minutos de acréscimos, o árbitro Caio Max Augusto Vieira apitou o final da partida: 0 a 0. ABC, bicampeão potiguar.

Embora tenha iniciado a decisão com a vantagem do empate, o ABC encurralou o Globo nos momentos iniciais da partida, inclusive marcando a saída da Águia do Vale. Todavia, a defesa da equipe de Luizinho Lopes justificou porque é a menos vazada do campeonato e, apesar da pressão sofrida, conseguiu segurar os anfitriões, mas não obteve êxito no setor ofensivo, o que dificultou em tentar a vitória parcial para levar a decisão para os pênaltis. No segundo tempo, o Globo marcou mais território e tentou equilibrar as ações, mas o ABC conseguiu controlar os ímpetos do adversário. O lado negativo foi a confusão generalizada por volta dos 31 minutos e, com isso,  praticamente não houve jogo e só restou ao ABC segurar o resultado e garantir o seu 54º caneco.

A seguir, o resumo da campanha e a ficha técnica da final.

Data – Jogo – Local:
Primeiro turno – Copa Cidade do Natal 2017:
15/01/2017 – ABC 2×0 Globo – Frasqueirão, Natal
18/01/2017 – Baraúnas 0x0 ABC – Edgarzão, Assu
22/01/2017 – América 0x1 ABC – Arena das Dunas, Natal
29/01/2017 – ABC 4×1 Santa Cruz de Natal – Frasqueirão, Natal
1º/02/2017 – Assu 1×1 ABC – Edgarzão, Assu
08/02/2017 – ABC 5×1 Potiguar de Mossoró – Frasqueirão, Natal
18/02/2017 – Alecrim 2×3 ABC – Arena das Dunas, Natal
Final – Copa Cidade do Natal 2017:
22/02/2017 – Globo 1×1 ABC – Arena das Dunas, Natal
05/03/2017 – ABC 0x2 Globo – Arena das Dunas, Natal
Segundo Turno – Copa RN 2017:
29/03/2017 – Globo 0x1 ABC – Barretão, Ceará-Mirim
05/04/2017 – ABC 2×1 Baraúnas – Frasqueirão, Natal
19/03/2017 – ABC 4×1 América – Frasqueirão, Natal
25/03/2017 – Santa Cruz de Natal 0x3 ABC – Arena das Dunas, Natal
02/04/2017 – ABC 2×1 Assu – Frasqueirão, Natal
08/04/2017 – Potiguar de Mossoró 3×2 ABC – Nogueirão, Mossoró
12/04/2017 – ABC 2×1 Alecrim – Frasqueirão, Natal
Final – Copa RN 2017:
16/04/2017 – Potiguar de Mossoró 0x4 ABC – Arena das Dunas, Natal
19/04/2017 – ABC 2×1 Potiguar de Mossoró – Frasqueirão, Natal
Final – Campeonato Potiguar 2017:
22/04/2017 – Globo 0x1 ABC – Barretão, Ceará-Mirim
1º/05/2017 – ABC 0x0 Globo – Frasqueirão, Natal

FICHA TÉCNICA: ABC 0x0 GLOBO
Competição/fase: Campeonato Potiguar 2017 – final (2º jogo)
Local: Estádio Maria Lamas Farache (Frasqueirão) – Natal (RN)
Data: 1º de maio de 2017 – segunda-feira – 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Vinícius Melo de Lima e Jean Márcio dos Santos
Cartões Amarelos: Arês, Marquinhos, Echeverria e Erivelton (ABC); Pablo Oliveira, Leomir, Renatinho Potiguar e Romarinho (Globo)
Cartões Vermelhos: Echeverria (ABC); Ângelo (Globo)
ABC: 1.Edson Lisboa; 2.Arês (14.Tiago Sala), 3.Oswaldo, 4.Cleiton e 6.Marquinhos; 5.Anderson Pedra, 11.Guedes, 8.Echeverria e 10.Tiago Lima; 7.Erivelton (21.Adriano Pardal) e 9.Nando (19.Caio Mancha). Técnico: Geninho
GLOBO: 1.Rafael; 2.Ângelo, 3.Negretti, 4.Jamerson e 6.Renato Carioca; 5.Leomir, 8.Pablo Oliveira (13.Giovane), 22.Bismark (19.Luizão) e 10.Tiago Lima; 11.Romarinho e 9.Gláucio (20.Renatinho Potiguar). Técnico: Luizinho Lopes

Parabéns ao ABC Futebol Clube pelo título.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s