Bayern de Munique: pentacampeão alemão

Jogadores do Bayern comemoram o título alemão antecipado. Foto: Reuters

O Bayern de Munique venceu o Wolfsburg por 6 a 0, na Wolkswagen Arena, em Wolfsburg, neste sábado (29) em confronto válido pela 31ª rodada da Bundesliga. Com o resultado, a equipe da Baviera chegou aos 73 pontos e conquistou com antecipação pela quinta vez consecutiva o Campeonato Alemão. Os gols da partida foram anotados por Alaba, dois de Lewandowski, Robben, Thomas Müller e Kimmich. Com a vitória, a equipe alvirrubra abriu dez pontos de vantagem sobre o vice-líder, o RB Leipzig, que não tem como mais alcançar o time de Carlo Ancelotti, já que o campeonato nacional está a três rodadas de seu término. O título foi o 27º do Bayern de Munique, que amplia ainda mais a sua hegemonia na Alemanha.

O primeiro tempo começou com os visitantes determinados em busca do gol. Logo aos seis minutos, Lewandowski recebeu de costas para a área, girou sobre Rodríguez na pequena área e tentou acionar Müller, mas Knoche se antecipou e afastou o perigo. Dois minutos depois, os Lobos responderam com Mario Gómez, que recebeu em velocidade, tirou do goleiro, mas perdeu o ângulo e mandou para fora. Havia a opção do cruzamento, mas o camisa 33 errou na jogada.

Melhor na partida, os bávaros chegaram ao primeiro gol aos 18 minutos. Alaba cobrou falta por cima da barreira, o goleiro Casteels chega a tocar na bola, mas não conseguiu evitar o gol. Aos 21, Lewandowski aproveitou o vacilo de Blaszczkowski, tirou de Ricardo Rodríguez e soltou a bomba, Casteels espalmou, Müller pegou o rebote na pequena área e o goleiro do Wolfsburg realizou outro milagre.

Os anfitriões tentaram mais uma vez aos 29. Didavi recebeu na área, girou e chutou em cima de Ulreich, que fez a defesa. O lance protagonizado pelo camisa 11 deixou Mario Gómez na bronca porque ele, no meio da área, esperava pelo passe. E o Bayern chegou ao segundo gol aos 36. Coman partiu pela esquerda, tocou para Müller, que rolou para Lewandowski na entrada da área. O camisa 9 dominou e bateu no canto, sem chances para Casteels: 2 a 0.

E, antes do intervalo, deu tempo ainda para o Bayern chegar ao terceiro gol. Aos 44, Coman atacou pela esquerda, passou por Didavi, cruzou por baixo. A redonda caiu nos pés de Lewandowski que, livre de marcação, tocou no canto de Casteels.

Para a etapa complementar, o técnico Andries Jonker, para amenizar o prejuízo, sacou Kuba e colocou Vieirinha. Mas a alteração não surtiu muito efeito. Pois os comandados de Carlo Ancelotti continuaram a dominar o jogo. Logo aos três minutos, Coman tirou Vieirinha para dançar e chutou forte, contudo, a bola bateu na trave e foi para fora. Seis minutos depois, o camisa 29 driblou de novo o defensor português e bateu cruzado para a redonda sair pela linha de fundo.

E não demorou muito para os bávaros chegarem ao quarto gol. Aos 21, no melhor “estilo Robben”, o holandês recuperou a bola no lado direito do ataque, puxou para o meio e chutou forte no canto esquerdo de Casteels, que não conseguiu alcançar: 4 a 0. Os donos da casa só conseguiram chegar com perigo aos 30 minutos. Arnold cobrou falta, Didavi apareceu livre para cabecear e Ulreich fez a defesa em dois tempos.

E, para o Wolfsburg, a vaca foi definitivamente para o brejo aos 33 minutos. O brasileiro Luiz Gustavo parou um contra-ataque com falta, deu um bico na bola e foi expulso. Furioso, o meio-campista brasileiro partiu para cima do árbitro para xingá-lo, o aplaudiu ironicamente e foi contido pelos companheiros de time.

Se com 11 jogadores para cada lado, a situação do Wolfsburg já estava complicada, com um a menos então, uma histórica goleada estava por vir. No minuto seguinte após a expulsão de Luiz Gustavo, Lewandowski recebeu lançamento após a cobrança da falta, driblou Casteels e acertou a trave. No rebote, com o gol vazio, Thomas Müller só empurrou a esférica para a rede: 5 a 0.

Cinco minutos depois, Robben foi lançado na esquerda, cruzou para Lewandowski, que não alcançou. Mas a bola sobrou para Kimmich, que dominou e fuzilou o goleiro dos Lobos para fazer o sexto. Aos 43, Casteels fez boa defesa após a cabeçada de Rafinha, que aproveitou um cruzamento de Lewandowski.

Com a acachapante goleada aplicada pelo Bayern de Munique, a partida nem teve tantos minutos de acréscimos. Por respeito à equipe da casa, os jogadores alvirrubros se abraçaram no gramado sem muita festa, para depois ir em direção de sua torcida para agradecerem e comemorarem. Enquanto isso, os atletas do Wolfsburg foram até os seus torcedores e agradeceram aos que permaneceram no estádio, mesmo com o massacre aplicado pelo rival. Na comemoração, os jogadores do Bayern vestiram uma camisa com uma mão estampada em alusão aos cinco títulos consecutivos da Bundesliga.

O Bayern de Munique encarou o Wolfsburg fora de casa com o objetivo de garantir a vitória para conquistar o título alemão com antecedência. O time de Carlo Ancelotti teve a situação facilitada por conta das improvisações feitas na defesa da equipe da casa feita pelo técnico Andries Jonker, que optou em deslocar Kuba do meio-campo para a lateral-direita e, assim, o improvisado lateral sofreu com as investidas de Coman pelo setor. E o lateral-esquerdo Ricardo Rodríguez, uma das principais opções ofensivas dos Lobos, foi jogar na zaga para marcar Lewandowski. Com as duas improvisações, os bávaros não tiveram dificuldades em fazer o resultado ainda no primeiro tempo, que terminou “apenas” em 3 a 0 se não fossem as defesas de Casteels. Para o segundo tempo, Jonker tentou corrigir a defesa com a entrada de Vieirinha na lateral-direita. Como a marcação nunca foi o forte do português, o camisa 8 não conseguiu conter as investidas de Coman. Contudo, o Bayern chegou ao quarto gol pelo lado direito com Robben. O desânimo dos jogadores do Wolfsburg era notório e Luiz Gustavo complicou de vez a situação para o time da casa ao ser expulso aos 32 minutos. Depois, a partida ainda teve mais dois gols dos visitantes: Müller e Kimmich.

A goleada sofrida deixou o Wolfsburg em uma situação complicada na tabela a três rodadas do término do Campeonato Alemão. Os Wölfis ocupam o 14º lugar com 33 pontos e poderá perder mais uma posição neste domingo por conta do confronto entre Hamburgo e Augsburg, que estão logo atrás. Além disso, dependendo do que o árbitro relatar na súmula, o time pode perder Luiz Gustavo para as partidas decisivas, mas isso vai depender da punição que será aplicada ao brasileiro. Para as três rodadas restantes, o Wolfsburg vai jogar fora contra Eintracht Frankfurt e Hamburgo e receberá Borussia Mönchengaldbach. Reforçando que o 16º colocado da Bundesliga disputará o playoff contra o rebaixamento.

Já o Bayern de Munique, por sua vez, encerrou uma incômoda sequência de cinco jogos sem vitórias, incluindo aí duas eliminações para Real Madrid, pela Liga dos Campeões, e para o Borussia Dortmund, na última quarta-feira, pela semifinal da Copa da Alemanha, em grande estilo: goleada por 6 a 0 fora de casa e o 27º caneco do Campeonato Alemão com três rodadas de antecedência. E Carlo Ancelotti se deu ao luxo de poupar Vidal e Ribéry, que foram substituídos por Kimmich e Coman. Matematicamente campeão, o Bayern cumprirá tabela diante do Darmstadt, em casa, o RB Leipzig, fora, e encerrará o campeonato diante do Freiburg diante de sua torcida.

Além do campeão Bayern, o RB Leipzig e Borussia Dortmund estão matematicamente classificados para a próxima Champions. O Hoffenheim, quarto colocado da Bundesliga, precisa apenas de dois pontos em três jogos para garantir a sua vaga. Atualmente, o Hertha Berlin e o Werder Bremen, quinto e sexto colocados, estão se classificando para a próxima Liga Europa. Porém, essas duas vagas têm mais seis equipes na concorrência: Freiburg, Colônia, Borussia Mönchengladbach, Schalke 04, Eintracht Frankfurt e, com chances remotíssimas, o Bayer Leverkusen. Já na parte debaixo da tabela, o Mainz 05, Wolfsburg e o Hamburgo estão, no momento, fora da zona de rebaixamento, mas tem chances de entrarem se Augsburg (16º) e Ingolstadt (17º) reagirem no restante do campeonato. Enquanto isso, o Darmstadt, com 24 pontos, está virtualmente rebaixado.

A seguir, o resumo da campanha e a ficha técnica do jogo do título.

Data – Jogo – Local:
26/08/2016 – Bayern München 6×0 Werder Bremen – Allianz Arena
09/09/2016 – Schalke 04 0x2 Bayern München – Veltins Arena
17/09/2016 – Bayern München 3×1 Ingolstadt – Allianz Arena
21/09/2016 – Bayern München 3×0 Hertha Berlin – Allianz Arena
01/10/2016 – Bayern München 1×1 Colônia – Allianz Arena
15/10/2016 – Eintracht Frankfurt 2×2 Bayern München – Commerzbank Arena
22/10/2016 – Bayern München 2×0 Borussia Mönchengaldbach – Allianz Arena
29/10/2016 – Augsburg 1×3 Bayern München – WWK Arena
05/11/2016 – Bayern München 1×1 Hoffenheim – Allianz Arena
19/11/2016 – Borussia Dortmund 1×0 Bayern München – Signal Iduna Park
26/11/2016 – Bayern München 2×1 Bayer Leverkusen – Allianz Arena
02/12/2016 – Mainz 05 1×3 Bayern München – Coface Arena
10/12/2016 – Bayern München 5×0 Wolfsburg – Allianz Arena
18/12/2016 – Darmstadt 0x1 Bayern München – Jonathan Helms Stadion
21/12/2016 – Bayern München 3×0 RB Leipzig – Allianz Arena
20/01/2017 – Freiburg 1×2 Bayern München – Badenova Stadion
28/01/2017 – Werder Bremen 1×2 Bayern München – Weser Stadion
04/02/2017 – Bayern München 1×1 Schalke 04 – Allianz Arena
11/02/2017 – Ingolstadt 0x2 Bayern München – Audi-Sportpark
18/02/2017 – Hertha Berlin 1×1 Bayer München – Olímpico de Berlim
25/02/2017 – Bayern München 8×0 Hertha Berlin – Allianz Arena
04/03/2017 – Colônia 0x3 Bayern München – RheinEnergie Stadion
11/03/2017 – Bayern München 3×0 Eintracht Frankfurt – Allianz Arena
19/03/2017 – Borussia Mönchengladbach 0x1 Bayern München – Borussia Park
1º/04/2017 – Bayern München 6×0 Augsburg – Allianz Arena
04/04/2017 – Hoffenhaim 1×0 Bayern München – Rhein Neckar Arena
08/04/2017 – Bayern München 4×1 Borussia Dortmund – Allianz Arena
16/04/2017 – Bayer Leverkusen 0x0 Bayern München – BayArena
22/04/2017 – Bayern München 2×2 Mainz 05 – Allianz Arena
29/04/2017 – Wolfsburg 0x6 Bayern München – Volkswagen Arena
06/05/2017 – Bayern München x Darmstadt 98 – Allianz Arena*
13/05/2017 – RB Leipzig x Bayern München – RB Arena*
20/05/2017 – Bayern München x Freiburg – Allianz Arena*

* Jogos a serem realizados

FICHA TÉCNICA: WOLFSBURG 0x6 BAYERN MÜNCHEN
Competição/fase: Campeonato Alemão (Bundesliga) 2016/2017 – 31ª rodada
Local: Volkswagen Arena, Wolfsburg
Data: 29 de abril de 2017, sábado, às 10h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Felix Zwayer (Alemanha)
Cartões Amarelos: Luiz Gustavo (Wolfsburg) – 2
Cartão Vermelho: Luiz Gustavo (Wolfsburg)
Gols: Alaba, aos 19 min (0-1), Lewandowski, aos 36 min (0-2) e aos 45 min (0-3) do 1º tempo; Robben, aos 21 min (0-4), Thomas Müller, aos 35 min (0-5) e Kimmich, aos 40 min (0-6) do 2º tempo
WOLFSBURG: 28.Casteels; 14.Kuba (8.Vieirinha), 31.Knoche, 34.Ricardo Rodríguez (30.Seguin) e 21.Horn; 13.Gerhardt, 22.Luiz Gustavo, 6.Bazoer, 11.Didavi (9.Ntep) e 27.Arnold; 33.Mario Gómez. Técnico: Andries Jonker
BAYERN: 26.Ulreich; 21.Lahm, 8.Javi Martínez, 5.Hummels, 27.Alaba; 32.Kimmich, 6.Thiago Alcántara (35.Renato Sanches) e 10.Robben; 29.Coman, 25.Thomas Müller e 9.Lewandowski. Técnico: Carlo Ancelotti

Parabéns Fußball-Club Bayern München pela conquista.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s