Estaduais em fase de decisão

Finais dos Estaduais prometem.

Neste final de semana de feriado prolongado, grande parte dos campeonatos estaduais tiveram seus finalistas definidos. Daqui a duas semanas, saberemos quem soltará o grito de campeão pela maioria dos torneios locais. Enquanto isso, em alguns Estados, a competição segue ainda em fase final. Apenas o Amapazão que ainda não começou.

Em São Paulo, Corinthians e Ponte Preta reeditarão a final de 1977 do Campeonato Paulista, curiosamente 40 anos depois do histórico título conquistado pelo Timão. A Macaca campineira conseguiu a sua vaga no sábado (22) ao ser derrotada pelo Palmeiras no Allianz Parque por 1 a 0, e como havia vencido por 3 a 0 foi beneficiada pelo placar agregado (3×1). Já o seu adversário empatou em 1 a 1 contra o São Paulo na Arena Corinthians. O resultado foi suficiente para o time de Fábio Carille chegar à decisão em virtude do triunfo do primeiro jogo: vitória corinthiana por 2 a 0 no Morumbi. Enquanto a Ponte Preta busca o tão sonhado título, o que seria o primeiro de grande importância de seus 117 anos, o Corinthians vai em busca de seu 28º título paulista.

No Rio de Janeiro, o Fluminense bateu o Vasco no sábado por 3 a 0 na semifinal, que foi disputada em partida única, e se classificou à decisão do campeonato estadual* do Rio de Janeiro. O adversário do Tricolor será o arquirrival Flamengo que levou a melhor diante do Botafogo no Maracanã ao derrotá-lo por 2 a 1. O Flu vai em busca de seu 32º título estadual, enquanto o Fla quer o seu 34º caneco.

Em Minas Gerais, Cruzeiro e Atlético farão a final do Campeonato Mineiro. Depois de empatarem o primeiro jogo das semifinais em 1 a 1 com América e URT respectivamente, a Raposa e o Galo venceram seus adversários em Belo Horizonte por 2 a 0, caso do time celeste, e 3 a 0, no caso do CAM, que segue na busca do estadual de número 44, enquanto o Cruzeiro vai atrás de seu 37º mineiro.

Pelo Campeonato Gaúcho, os finalistas chegaram à decisão através da disputa de pênaltis. O Internacional perdeu para o Caxias por 1 a 0 fora de casa e, como havia derrotado o adversário pelo mesmo placar, a vaga foi para as cobranças de pênaltis, que terminou com vitória colorada por 5 a 3. O adversário do Inter será o surpreendente Novo Hamburgo, dono da melhor campanha da primeira fase, que, em casa, superou o Grêmio nos pênaltis por 7 a 6, depois do empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, o mesmo resultado do jogo de ida na Arena do Grêmio. O Inter segue firme visando o seu 46º Gauchão, sendo que, em caso de título, se tornará heptacampeão gaúcho e se aproximando do feito dos tempos de Falcão quando foi octacampeão (de 1969 a 1976). Já os Anilados seguem atrás do título inédito, uma vez que o clube alviceleste acumula cinco vice-campeonatos.

No Campeonato Baiano, mais uma vez, será decidido pela dupla Ba-Vi. O Tricolor de Aço chegou à decisão após duas vitórias sobre o Fluminense de Feira (3 a 0 e 1 a 0). E o Leão da Barra, que empatou em 1 a 1 com o Vitória da Conquista fora de casa no primeiro jogo das semifinais, atropelou o mesmo no Barradão: 5 a 0. O Bahia tentará conquistar o 47º Baianão e o Vitória vai atrás do 29º título.

Do lado dos baianos, em Pernambuco, Salgueiro e Sport disputarão o título estadual. O Carcará do Sertão, que jogou no sábado, despachou o Santa Cruz por 2 a 0 em casa, depois de ter perdido o primeiro jogo das semifinais por 1 a 0. Enquanto o Leão da Ilha, neste domingo, ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Náutico na Arena Pernambuco, mas, como vencera o Timbu na Ilha do Retiro por 3 a 2 na semana passada, ganhou o direito de ir à decisão. O SAC tentará uma conquista inédita, uma vez que ficou “no quase” em 2015, quando foi derrotado pela Coral na decisão. E o Sport quer o 41º caneco do Campeonato Pernambucano.

O Campeonato Cearense teve o seu segundo finalista definido no sábado (22). Como na quarta-feira (19), o Ferroviário levou a melhor diante do Fortaleza na melhor de três partidas (uma vitória e dois empates), ele esperou a definição do confronto entre Ceará e Guarani de Juazeiro. O Vovô passou pelo Leão do Mercado depois de um empate e duas vitórias, sendo a última no sábado. O Tubarão da Barra disputará a final com a missão de quebrar o tabu de 22 anos sem conquistas – a última foi o estadual de 1995, o nono de sua história. Já o seu adversário quer manter a hegemonia no Estado com o que poderá ser o seu 44º título cearense.

Voltando para a Região Sul, o clássico Atle-Tiba dará as caras na final do Campeonato Paranaense. O Furacão foi até Londrina e perdeu para o time da casa por 2 a 1, levou a vaga para os pênaltis e saiu vencedor ao bater o Tubarão por 5 a 3. No entanto, o Coxa, por sua vez, levou a melhor diante do Cianorte e ganhou por 3 a 1 e fez 3 a 2 no placar agregado. O rubronegro tentará o seu 24º título paranaense, enquanto o Verdão paranaense busca o 38º troféu local.

Do lado, em Santa Catarina, o segundo turno do estadual, que teve a Chapecoense como campeã, terminou hoje. Assim, a Chape encara na decisão o Avaí, ganhador do primeiro turno. Enquanto a equipe de Chapecó busca o seu sexto título estadual, o time da capital quer igualar-se ao Figueirense como os maiores campeões catarinense, com 17 títulos cada.

O Campeonato Goiano terá o Goiás como um de seus finalistas. O time esmeraldino empatou em 0 a 0 contra o Atlético Goianiense e, como havia derrotado o rival no primeiro jogo por 2 a 1, vai à decisão. O seu adversário sairá do ganhador do confronto entre Aparecidense e Vila Nova, que jogarão amanhã (24). O Tigre joga pelo empate diante da equipe de Aparecida de Goiânia, pois vencera o compromisso de ida por 2 a 1.

No Pará, o título será decidido pela dupla Re-Pa. Isso porque no sábado o Paysandu passou pelo São Raimundo nas semifinais ao vencê-lo por 3 a 1 no Mangueirão e, como havia empatado em 0 a 0 no Colosso dos Tapajós no primeiro embate das semifinais, o Papão passou de fase. O arquirrival Remo sofreu um pouco mais. Depois de perder o jogo de ida por 2 a 0 para o Independente, o Leão da Amazônia levou a melhor diante do rival no mesmo Mangueirão neste domingo ao derrotar o clube de Tucuruí por 3 a 1, forçando a busca da vaga para a final nos pênaltis. Nos tiros penais, o Remo ganhou por incríveis 10 a 9. Ganhadores de 90 edições do Campeonato Paraense (46 a 44 para o Paysandu), o Re-Pa da final do Parazão promete.

No Distrito Federal, Brasiliense e Ceilândia disputarão o título do Candangão 2017. O Jacaré passou pelo sobradinho com duas vitórias nas semifinais (2 a 1 e 4 a 1). Já o Ceilândia levou a melhor diante do Paracatu com um empate (1 a 1) e um triunfo por 2 a 1 em casa. O Esquadrão Amarelo concorrerá ao seu nono caneco e o Galo Preto vai em busca de seu terceiro campeonato distrital.

Os finalistas do Campeonato Capixaba foram definidos no sábado. Atlético (ES) e Doze farão a final inédita do Capixabão. Os dois clubes empataram o segundo jogo das semifinais em casa 1 a 1 e 0 a 0, deixando Tupy e Espírito Santo pelo caminho, respectivamente. O Galo da Vila venceu o Tupy fora de casa por 2 a 0, enquanto o Dozão da Massa ficou em branco nos dois jogos feitos diante Santão e, como jogava por dois empates, foi agraciado com a vaga. Aliás, as duas equipes tentarão o título inédito.

Em Alagoas, os dois maiores times do Estado farão a final. Depois de empatarem em 1 a 1 no primeiro jogo das semifinais diante Murici e ASA, CRB e CSA venceram o compromisso de volta por 2 a 1. A equipe alvirrubra levou a melhor diante do Verdão no Rei Pelé e o Azulão do Mutange superou o Fantasma fora de casa. O CSA tentará o 38º Campeonato Alagoano de sua história, enquanto o CRB busca o 30º triunfo.

O Campeonato Sergipano ainda terá a 10ª rodada do hexagonal final, mas a final do Estadual já está definida: Confiança x Itabaiana, que tentam os respectivos 21º e 11º títulos locais.

Na Paraíba, a final será entre Treze e Botafogo. O Galo empatou em 0 a 0 com o arquirrival Campinense no Estádio Amigão, em Campina Grande, e, por conta da vitória no primeiro jogo por 2 a 1, foi contemplado e foi à decisão. Já o Belo levou a melhor contra o Atlético (PB) com duas vitórias (3 a 0 e 1 a 0). Maior campeão paraibano, o Tricolor do Contorno parte em busca do seu 28º título, e o Galo da Borborema brigará pelo 16º estadual.

No Mato Grosso do Sul, Corumbaense e Novoperário disputarão o título do campeonato. O Carijó da Avenida, depois de ter perdido em casa o primeiro jogo da semifinal para o Operário por 1 a 0, surpreendeu o adversário na casa dele ao derrotá-lo por 3 a 1. Na outra semifinal, o Sete de Dourados teve o sonho do bicampeonato sulmatogrossense interrompido pelo Novoperário, equipe que tem apenas seis anos de existência e foi fundada por ex-integrantes de uma torcida organizada do Operário Futebol Clube. O Novo, que bateu o time de Dourados, por 1 a 0 em casa, segurou um empate sem gols e vai para a inédita final. O seu adversário na decisão, o Corumbaense, vai em busca do segundo título estadual.

O Campeonato Matogrossense será decidido entre Sinop e Cuiabá. Os dois times deixaram pelas semifinais Dom Bosco e Luverdense, respectivamente. Entretanto, o Galo do Norte despachou o Leão da Colina com duas vitórias: 3 a 2 e 4 a 0. Já o confronto entre o Dourado e LEC foi decidido nos pênaltis. Com a bola rolando, vitória por 1 a 0 para cada lado, mas nos tiros penais, 4 a 2 para o clube da capital. O Sinop, que teve Rogério Ceni dando seus primeiros passos como goleiro, focará os seus objetivos na conquista do seu quarto campeonato matogrossense e o Cuiabá vai atrás do sétimo título estadual.

O único estadual que já teve o primeiro jogo da final realizado foi o Potiguar. No sábado, o Globo recebeu o ABC no Barretão, em Ceará-Mirim, e foi derrotado por 1 a 0 (gol do paraguaio Echeverria). Assim, o time alvinegro joga por um empate na partida de volta, que será disputada no próximo dia 1º de maio no Frasqueirão para conquistar o seu 54º Campeonato Potiguar e ampliar ainda mais o seu recorde de número de títulos estaduais do Brasil. Para a Águia levar a inédita conquista, deve vencer por dois ou mais gols de diferença. Vitória por um gol leva a disputa para os pênaltis.

Pelo Acre, o campeonato estadual está com o seu segundo turno em andamento. Campeão da primeira fase, o Rio Branco está com a vaga assegurada para a final e, caso vença o hexagonal final – a segunda fase, será declarado campeão acriano e, se outra equipe vencer essa fase, encara o alvirrubro na final do Campeonato Acriano 2017.

O Campeonato Amazonense ainda está longe de sua final, pois, no momento o Estadual está na décima (de 14) rodadas da primeira fase. Por lá, os quatro primeiros vão para as semifinais (1º x 4º e 2º x 3º) e, obviamente, os ganhadores decidirão o campeonato.

Em Rondônia, o primeiro turno foi encerrado neste final de semana e teve Real Desportivo como campeão. Assim como é no Rio de Janeiro, o campeonato rondoniano tem o segundo turno e as semifinais são disputadas entre os campeões de cada turno e os donos da terceira e da quarta melhor campanha dos dois turnos.

No Tocantins, as semifinais do campeonato local estão em andamento e, no próximo final de semana, teremos os finalistas definidos. Nos jogos de ida, o Tocantinópolis empatou em 2 a 2 com o Interporto no Ribeirão, enquanto isso, o Gurupi foi surpreendido no Resendão por 4 a 0 pelo Sparta.

Pelo Campeonato Maranhense, Sampaio Corrêa e Cordino disputarão a final do segundo turno, cujo primeiro jogo foi adiado. Se o time de Barra do Corda derrotar a Bolívia Querida na final será proclamada campeã maranhense pela primeira vez em sua história, caso contrário, as duas equipes voltarão a se enfrentar na final da competição que, no caso seria, o campeão do primeiro contra o vencedor do segundo turno.

Enquanto isso, o Campeonato Piauiense segue com o seu segundo turno em andamento, assim como em Roraima.

O único estadual que ainda não começou foi o Campeonato Amapaense que, de acordo com a FAF, terá início da primeira fase (classificatória) apenas em 24 de junho.

E que vença o melhor.

* Embora a nomenclatura do torneio seja “Campeonato Carioca”, me recuso a usar esse termo porque “carioca” é quem nasce na cidade do Rio de Janeiro e a competição tem equipes de outros municípios fluminenses.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s