Brasil se classifica para a Copa do Mundo 2018

A Seleção Brasileira de Futebol se classificou para a Copa do Mundo 2018 na Rússia, com quatro rodadas de antecedência

O Brasil está classificado para a próxima Copa do Mundo que será realizada em 2018 na Rússia. Além de ter derrotado o Paraguai na noite desta terça-feira (28) por 3 a 0 (dois gols de Neymar e um de Philippe Coutinho), na Arena Corinthians, pela 14ª rodada das Eliminatórias, que fez com que a seleção canarinho chegasse aos 33 pontos, a equipe comandada por Tite foi beneficiada pela vitória do Peru diante do Uruguai por 2 a 1 na madrugada desta quarta-feira. Com isso, o Brasil é o primeiro país classificado para o Mundial via Eliminatórias (a Rússia tem a vaga assegurada por ser o país-sede do torneio).

A classificação brasileira neste atual formato adotado pela Conmebol (pontos corridos em jogos de ida e volta) foi feita com a maior antecedência da história – com quatro rodadas ao término das Eliminatórias – e assegurou a presença do Brasil na 21ª edição da Copa do Mundo, o que ainda faz dele o único país a participar de todas as edições da competição organizada pela FIFA, desde 1930.

Com os resultados da rodada, o Brasil permaneceu na liderança com 33 pontos, em seguida aparecem Colômbia (24), Uruguai e Chile (ambos com 23) e a Argentina (22) formam os cinco primeiros colocados. Os quatro primeiros colocados se classificam diretamente para a Copa do Mundo, enquanto o quinto enfrenta um representante da Oceania na repescagem. Faltam quatro rodadas para o término das Eliminatórias sulamericanas.

O Brasil está garantido no próximo mundial em virtude do duelo entre argentinos e uruguaios. Independentemente do resultado dos dois rivais, fará com que um deles não alcance o selecionado brasileiro até o final das Eliminatórias, o que deixa o time de Tite entre os quatro primeiros. Ou seja, se a Argentina ganhar, o Uruguai permanece com 23 pontos tendo mais nove em disputa, logo, a Celeste só chegaria aos 32 pontos. Um triunfo uruguaio diante dos hermanos deixa a Argentina com a atual pontuação (22 pontos) e só poderá chegar aos 31. Se houver empate, a Argentina iria a 23 e só poderia chegar aos 32 pontos por conta dos nove que ainda entram em disputa, ou seja, sem chegar aos 33 pontos do Brasil.

A vinda de Tite para a Seleção Brasileira recuperou a moral do futebol pentacampeão do mundo. Com uma campanha impressionante (nove vitórias em nove jogos), o Brasil disputará mais uma Copa do Mundo. Depois do vexatório 7 a 1 do último Mundial, a CBF tentou “juntar os cacos” com Dunga, mas depois de mais fiascos com as eliminações precoce na Copa América 2015 e Copa América Centenário 2016, o capitão do tetra caiu do cargo.

Apesar de ter demonstrado um bom futebol, ter conseguido conquistar a confiança do torcedor e da classificação antecipada, é bom o Brasil tomar cuidado com os percalços que o futebol pode causar e atrapalhar a busca pelo hexa, e que devemos nos espelhar em situações passadas para não repetir na Rússia, como excesso de confiança. O Brasil foi para as Copas do Mundo em 1982, 2006 e 2014 como uma das favoritas por conta do excelente elenco, mas o final, todo mundo já viu: eliminações, inclusive, o inesquecível 7 a 1. Outro fator que pode complicar a preparação para Rússia: a perda de algum jogador fundamental no esquema tático de Tite por contusão perto da Copa. Vide o exemplo de Gabriel Jesus, que é o centroavante da equipe titular e está ausente devido a uma grave lesão. A sorte é que o Mundial está longe e o ex-palmeirense terá tempo para se recuperar até lá. Em outros mundiais, o torcedor brasileiro lembra dos cortes de jogadores como Romário e Emerson, só para citar dois. Os problemas extracampo de Neymar e o DIS, que alegou irregularidade da transferência do atual camisa 10 da seleção para o Barcelona. O fundo de investimentos recorreu à Justiça e irá até o final. Se for comprovada as irregularidades, Neymar poderá ser até preso ou punido pela FIFA. Além disso, Tite pediu para marcar amistosos com seleções consideradas “fortes”, entre elas, a Alemanha. O amistoso contra os atuais campeões do mundo ocorrerá em março, a três meses da Copa. O “fantasma do 7 a 1” precisará ser exorcizado e a Seleção terá de trabalhar e muito o emocional dos jogadores para essa partida.

Para os mais otimistas, o hexa é logo ali.

Parabéns a Seleção Brasileira de Futebol pela vaga.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s