Sinopse de “Mick – A Vida Louca e o Gênio Selvagem de Jagger”, de Christopher Andersen

Capa do livro de Christopher Andersen sobre Mick Jagger

O livro de autoria de Christopher Andersen teve a sua primeira edição lançada no Brasil em 2015 pela editora Alfaguara Brasil. Com quase 370 páginas, a obra faz referência a uma das figuras mais conhecidas do mundo pop, Sir Mick Jagger, eterno vocalista dos Rolling Stones.

Dividido em dez capítulos, a obra foi escrita originalmente pelo jornalista norte-americano, quando os Rolling Stones completaram 50 anos de existência, e o autor aborda, como toda biografia, a infância do biografado, no caso aqui, de Mick Jagger, e a importância da disciplina imposta por seu pai na questão da saúde física, que o fez o hoje septuagenário roqueiro carregar por toda a vida.

A publicação traz entrevistas e relatos de pessoas vinculadas profissionalmente ou intimamente ligadas ao vocalista da “maior banda de rock da história”, como familiares, amigos, colegas de banda, profissionais da indústria da música e do showbusiness.

O escritor conta também o árduo começo dos Rolling Stones quando, inclusive, os três membros fundadores da banda (Mick Jagger, Keith Richards e Brian Jones) dormiam juntos no mesmo colchão para se aquecerem do frio até chegarem a história marca de meio século de banda. Em meio a tudo isso, os altos e baixos entre Jagger e os demais integrantes, especialmente Richards com quem tem uma relação de amor e ódio, mas que culminou com a alcunha dada à dupla de “The Glimmer Twins”.

Em “Mick…”, Andersen destaca os dramas, sofrimentos, controvérsias e polêmicas que viraram pauta para uma imprensa voraz nas mais de cinco décadas na carreira do vocalista inglês. Contudo, em cima do palco, Jagger sempre hipnotizou o público com suas endiabradas performances alternadas com o seu carisma inquestionável.

Evidentemente que a vida ativa sexual de Mick Jagger não passaria despercebida pelos textos de Christofer Andersen. Apesar de ter adquirido a fama de arrogante e obcecado de si mesmo, Jagger encantou homens e (principalmente) mulheres. Momentos sob lençóis do amante andrógino e bissexual de Mick são abordados, especialmente com David Bowie. Enquanto à outra faceta, a de mulherengo, há aspas de algumas beldades que já foram para cama com Jagger, como Bebe Buel, Marianne Faithfull, Carla Bruni, Angeline Jolie, entre outras. Enfim, as aventuras sexuais do vocalista dos Stones, de acordo com o relatado no livro, chegam a quatro mil mulheres, alguns homens e sete filhos no total.

Ícone da cultura pop mundial, Mick Jagger segue como um dos últimos dinossauros rock que segue surpreendendo tudo e à todos.

A seguir, a ficha técnica da obra.

Livro: Mick – A Vida Louca e o Gênio Selvagem de Jagger
Autor: Christopher Andersen
Páginas: 368
Edição:
Lançamento: 2015 (versão em português)
Preço médio: R$ 44,00

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s