Exposição “60 Anos de Poesia Concreta – As Ideias Concretas” na Casa das Rosas

"Chicletes" (1981-1982), em exibição na Casa das Rosas. Foto: Jorge Almeida
“Chicletes” (1981-1982), em exibição na Casa das Rosas. Foto: Jorge Almeida

A Casa das Rosas realiza até o próximo dia 28 de fevereiro a mostra “60 Anos de Poesia Concreta – As Ideias Concretas”, que reúne cerca de 100 obras que reveem o nascedouro das ideias que fundamentaram o movimento da poesia concreta.

O evento faz parte das comemorações dos 60 anos da denominada poesia concreta de seus idealizadores, os irmãos Augusto e Haroldo de Campos e Décio Pignatari.

O intuito do movimento era expandir o conceito do que é poesia, partir-se do domínio exclusivamente literário e potencializar e agregar, nela, os aspectos físicos/concretos das palavras (verbivocovisual).

As ideias disseminadas pelo movimento de poesia concreta há 60 anos e apresentadas na exposição permanecem vivas, estimulantes e incitando outras experimentações com a linguagem poética, como o visitante poderá constatar nos quatro núcleos expositivos.

Em meio aos destaques estão “Chicletes” (foto), de 1981-1982; o livro “Refino”, de Lenora de Barros (2011); e “Life” (1957), obra de Décio Pignatari.

SERVIÇO:
Exposição:
60 Anos de Poesia Concreta – As Ideias Concretas
Onde: Casa das Rosas – Avenida Paulista, 37 – Paraíso
Quando: até 28/02/2017; de terça a sábado, das 10h às 22h; domingo, das 10h às 18h
Quanto: entrada gratuita

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s