Corinthians: campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior

O Corinthians conquista a Copinha pela 10ª vez em sua história. Crédito: Rodrigo Corsi/FPF
O Corinthians conquista a Copinha pela 10ª vez em sua história. Crédito: Rodrigo Corsi/FPF

No 463º aniversário da cidade de São Paulo, comemorados nesta quarta-feira (25), o Corinthians venceu o Batatais na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior por 2 a 1 e conquistou pela décima vez o título da competição. Os gols da partida saíram apenas nos minutos finais da etapa complementar com Carlinhos e Marquinhos para os corinthianos e Pote descontou para o Fantasma da Mogiana. Campeão do torneio em 1969, 1970, 1995, 1999, 2004, 2005, 2009, 2012, 2015 e, agora, 2017, o Timãozinho fez uma campanha incontestável, com nove vitórias em nove jogos. E esta foi a quarta final consecutiva do Corinthians, que perdera recentemente as edições 2014 para Santos e 2016 para o Flamengo.

Os minutos iniciais da decisão mostraram o Corinthians decidido em fazer a festa da torcida logo de cara ao pressionar o Batatais. Com o apoio da fiel, o Timãozinho criou a primeira oportunidade da partida, logo aos cinco minutos. Carlinhos fez jogada individual pela direita e cruzou rasteiro para  Marquinhos, que se esticou todo , mas não conseguiu desviar a bola para as redes.  Depois do susto, o Fantasma da Mogiana se posicionou bem e tentou tocar a bola enquanto mantinha a posse. Aos 18, foi a vez de Oya arrancar o “uh!” do torcedor quando cobrou uma falta e a bola passou muito perto do gol de Gerson.

Mas a equipe do interior reagiu aos 24. Pote serviu Igor pela esquerda que tocou rasteiro para o próprio Tales desviar e mandar a bola por cima do gol.  Foi a principal oportunidade do Batatais na etapa inicial.

No lance seguinte, Samuel recebeu em profundidade, cruzou rasteiro e o goleiro Gerson deu um tapa primordial antes do atacante corinthiano que estava com o gol escancarado.

Os comandados de Osmar Loss continuaram a dominar as ações do jogo ao longo do primeiro tempo, que teve parada técnica em virtude do forte calor que fazia na capital paulista. Aos 37, Pedrinho passou para Oya, que limpou o marcador e tentou bater colocado, mas Gérson fez uma linda ponte. Em seguida, o Timãozinho chegou mais uma vez ao ataque. Jogada pela esquerda e a bola foi rolada para trás para Carlinhos, que finalizou, mas a bola bateu na defesa e, antes de Pedrinho pegar o rebote, a zaga afastou a mandou para escanteio.

Aos 39, o Batatinha respondeu. Na bola parada, a redonda foi alçada na área e Everton Casemiro, sozinho, cabeceou para Filipe espalmar para escanteio. O Corinthians esteve perto de abrir o placar aos 42. Cobrança de escanteio, bola alçada na área e Thiago acertou uma cabeçada na trave. Essa foi a última oportunidade de gol no primeiro tempo, que terminou do jeito que começou, 0 a 0.

A etapa final começou igualmente como a primeira com o Corinthians pressionando. Aos 6, Pedrinho deu ótimo passe para Carlinhos, que chutou em cima de Gerson.

O Timãozinho foi ficando impaciente com a falta do gol e permitiu que o Batatais começasse a gostar do jogo. Assim, a partida ficou equilibrada até a parada técnica, que aconteceu na metade do segundo tempo. Osmar Loss aproveitou e fez duas substituições: entraram Minelli e Matheus para as saídas de Luisinho e Oya.

No reinício da partida, aos 26, Pedrinho cobrou falta que passou perto do alvo. O Corinthians seguiu impondo o ritmo e perdeu outra chance aos 32. Guedes, que entrou no segundo tempo, cruzou, a zaga afastou, a bola sobrou para Matheus, que carimbou a zaga e, na sequência, Pedrinho mandou para fora. Dois minutos depois, a partida foi paralisada por conta dos sinalizadores acesos pela torcida corinthiana.

Após quatro minutos de jogo paralisado, o Corinthians chegou ao gol. Pedrinho passou para Marquinhos pela direita, que cruzou na medida para Carlinhos cabecear para baixo e fazer o primeiro gol da final. Festa da fiel no Pacaembu.

Três minutos depois, Marquinhos tocou para Carlinhos, que devolveu para  o camisa 11 em boas condições para finalizar e ampliar o marcador. O goleiro Gerson ainda chegou a tocar na bola, mas não deu: 2 a 0.

Enquanto a euforia tomava conta do Pacaembu, o Batatais tratou de descontar. Aos 44, lançamento por cima para Pote, que viu Filipe adiantado, e deu um toque por cima fazendo um belo gol de cobertura. Golaço.

Mas, apesar de ter descontado no placar, o Batatais não teve perna para buscar o empate, enquanto o Corinthians ficou a administrar a vantagem até o final do jogo, que teve sete minutos de acréscimos devido às substituições, à parada técnica e os sinalizadores. Assim, o jogo ficou mesmo em 2 a 1 para o Corinthians, que conquista a sua décima Copinha e se mantém na hegemonia na maior competição das categorias de base do futebol brasileiro.

O Corinthians chegou na final como o franco favorito. Dono da melhor campanha, com 100% de aproveitamento até então, com um ataque que fez 30 gols em nove jogos (contando com os dois feitos hoje), diante do surpreendente Batatais, que fez uma boa campanha também e deixou muita gente para trás, entre eles, o Botafogo, por exemplo, e foi beneficiado da escalação irregular do zagueiro do Paulista de Jundiaí que, nas semifinais havia goleado o Fantasma da Mogiana por 5 a 1, mas o TJD da Federação Paulista decidiu eliminar o Tricolor da Japi por conta do episódio. O time do interior aguentou o quanto pode à pressão da equipe de Osmar Loss, que ainda tinha o amplo apoio da torcida, e ainda deu alguns sustos, mas o entrosamento da equipe alvinegra prevaleceu e foi fundamental para os gols corinthianos fluírem. E o que dizer de Osmar Loss? O cara chegou à sua quarta final consecutiva de Copa São Paulo de Futebol Júnior e conquistou o seu segundo título. Agora que irá ser auxiliar de Fábio Carille no time principal, o treinador poderá colaborar muito para a molecada que irá para os profissionais ainda nesta temporada.

A seguir, o resumo da campanha do campeão e a ficha técnica da final.

Primeira fase (Grupo 17):
04/01/2017 – Corinthians (SP) 6×0 Pinheiro (MA) – Estádio Joaquim de Morais Filho, Taubaté (SP)
06/01/2017 – Operário (MS) 0x4 Corinthians (SP) – Estádio Joaquim de Morais Filho, Taubaté (SP)
08/01/2017 – Taubaté (SP) 2×3 Corinthians (SP) – Estádio Joaquim de Morais Filho, Taubaté (SP)
Segunda fase:
11/01/2017 – Corinthians (SP) 5×1 Manthiqueira (SP) – Estádio Joaquim de Morais Filho, Taubaté (SP)
Terceira fase:
13/01/2017 – Corinthians (SP) 2×1 Coritiba (PR) – Estádio Joaquim de Morais Filho, Taubaté (SP)
Oitavas-de-final:
16/01/2017 – Corinthians (SP) 3×1 Internacional (RS) – Arena Barueri, Barueri (SP)
Quartas-de-final:
19/01/2017 – Corinthians (SP) 2×1 Flamengo (RJ) – Arena Barueri, Barueri (SP)
Semifinal:
22/01/2017 – Corinthians (SP) 3×0 Juventus (SP) – Arena Barueri, Barueri (SP)
Final:
25/01/2017 – Batatais (SP) 1×2 Corinthians (SP) – Pacaembu, São Paulo (SP)

FICHA TÉCNICA: BATATAIS (SP) 1×2 CORINTHIANS (SP)
Competição/fase: Copa São Paulo de Futebol Junior – final (jogo único)
Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu) – São Paulo (SP)
Data: 25 de janeiro de 2017, quarta-feira, 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Cléber Luis Paulino
Assistentes: Bruno Salgado Rizo e Luiz Alberto Andrini Nogueira
Gols: Carlinhos, aos 39 min do 2º tempo (0-1); Marquinhos, aos 41 min do 2º tempo (0-2); Pote, aos 44 min do 2º tempo (1-2)
Cartões Amarelos: Léo Alves, João Vítor, Igor (Batatais); Guedes e Pedrinho (Corinthians)
CORINTHIANS (SP): 1.Filipe; 2.Samuel (17.Guedes), 3.Thiago, 4.Vinícius Del’Amore e 23.Luisinho (26.Minelli); 5.Renan Areia e 8.Guilherme Mantuan; 7.Pedrinho (20.Vitinho), 10.Fabrício Oya (19.Matheus) e 11.Marquinhos (18.Lucas Amorim); 9.Carlinhos. Técnico: Osmar Loss
BATATAIS (SP): 12.Gerson; 13.Wislem, 4.Neto, 14.Léo Alves (15.Cadu) e 6.Igor; 10.Murilo, 5.Éverton Casemiro, 25.Yuri e 7.Douglas Pote; 11.Thales (17.Victor Bêaga) e 9.João Victor. Técnico: Paulo Lippi

Parabéns ao Sport Club Corinthians Paulista pelo título.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s