Sinopse de “Cliff Burton: a Vida e a Morte do Baixista do Metallica”

Capa da biografia escrita por Joel McIver sobre o lendário baixista do Metallica
Capa da biografia escrita por Joel McIver sobre o lendário baixista do Metallica

Depois de um hiato de cinco anos, a biografia “Cliff Burton: a Vida e a Morte do Baixista do Metallica” ganhou uma versão em português, em 2014. A obra original – “To Live Is To Die: The Life And Death Of Metallica’s Cliff Burton” – foi lançada cinco anos antes pelo escritor britânico Joel McIver, responsável por ter escrito outras 25 biografias relacionadas à música, como a do Black Sabbath, a de Max Cavalera e a do próprio Metallica, por exemplo.

No Brasil, a obra tem 240 páginas e foi lançada pela editora Gutenberg Autêntica e, assim como a original, traz o prefácio escrito pelo atual guitarrista do Metallica, Kirk Hammett, o amigo mais próximo de Cliff na banda.

Nas páginas da biografia, o leitor poderá conferir a trajetória desse genial músico, a sua importância e o seu papel na banda, como ele influenciava os demais integrantes e um retrato íntimo e revelador desse ícone do trashmetal através de pessoas que conviveram com Cliff Burton em sua curta, mas marcante, passagem pela terra até o fatídico 27 de setembro de 1986, quando, no auge de seus 24 anos, morrera em um acidente de ônibus na Suécia durante uma turnê pela Europa.

Além da minuciosa pesquisa de McIver sobre o “hippie do trashmetal”, a obra traz entrevistas com muitas pessoas que tiveram presença marcante na vida de Cliff Burton (ou que ficaram marcadas por ele), como Steve Doherty, professor de baixo de Burton; Brian Slagel (fundador da gravadora Metal Blade); Chuck Martin (o primeiro técnico de guitarra de Cliff); KJ Doughton (presidente do primeiro fã-clube do Metallica); o produtor dos clássicos “Ride The Lightning” (1984) e “Master Of Puppets” (1986), Flemming Rasmussen; Corinne Lynn (última namorada de Burton), entre outros.

Além do prefácio de Hammett, a biografia apresenta introduções separadas por vários músicos influenciados por Cluf Burton, como Mikael Åkerfeldt (Opeth), Alex Webster (Cannibal Corpse), Alex Skolnick (Testament), Dave Ellefson (F5/ex-Megadeth), dentre outros músicos e escritores.

Enfim, em “Cliff Burton – A Vida e a Morte do Baixista do Metallica”, o leitor poderá conferir uma nova visão sobre a época mais criativa do Metallica, assim como o seu mito, que até hoje, para muitos, considerado como o músico mais talentoso que já passou pela banda, mesmo 30 anos passados de sua morte.

A seguir, a ficha técnica do livro.

Livro: Cliff Burton: a Vida e a Morte do Baixista do Metallica
Autor: Joel McIver
Lançamento: 2009 (original) e 2014 (versão em português)
Número de páginas: 240
Editora: Gutenberg Autênica
Preço médio: R$ 25,00

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s