Exposição “O Tempo dos Sonhos: Arte Aborígene Contemporânea da Austrália” na Caixa Cultural

"O Senhor do Cachorro Selvagem na Estação Napperly (O Sonhar do Gambá)", de Clifford Possum Tjapaltjarri, na Caixa Cultural. Foto: Jorge Almeida
“O Senhor do Cachorro Selvagem na Estação Napperly (O Sonhar do Gambá)”, de Clifford Possum Tjapaltjarri, na Caixa Cultural. Foto: Jorge Almeida

A Caixa Cultural realiza até o próximo domingo, 15 de maio, a mostra “O Tempo dos Sonhos: Arte Aborígene Contemporânea da Austrália”, que reúne cerca de 80 obras de uma seleção de trabalhos de artistas aborígenes contemporâneos. São exibidos pinturas, esculturas, impressões, que envolvem um período que vai entre os anos 1970 até os dias atuais.

Essa arte indígena australiana começou a ganhar notoriedade internacional a partir da década de 1970. Todavia, suas origens são muito mais antigas. A pintura rupestre, que retratam animais e os espíritos criadores, por exemplo, são datados de pelo menos 50 mil anos.

Os tradicionais desenhos cerimoniais, que eram ilustrados no corpo e no chão através de pigmentos terrosos, foram introduzidos para a tela com materiais que contribuíram para o surgimento da arte indígena contemporânea.

Atualmente, na Austrália, há centenas, talvez milhares, de artistas indígenas que vendem sua produção através de trabalhos organizados por cooperativas de suas próprias comunidades remotas. Além disso, as principais instituições culturais daquele país realizam anualmente premiações de arte indígenas.

Os estilos de pintura e temática variam conforme a região, o clã e a família, que aborda desde o figurativo ao abstrato.

Vale a pena conferir obras como “O Senhor do Cachorro Selvagem na Estação Napperly (O Sonhar do Gambá)” (foto), de 1993, uma tinta acrílica sobre linha belga, de Clifford Possum Tjapaltjarri (1993-2002); “Yapuru” (c. 1986), de David Jarinyanu Downs (1925-1995); e “Cacatuas Pretas” (1991), de David Daymirringu Malangi (1927-1999).

SERVIÇO:
Exposição: O Tempo dos Sonhos: Arte Aborígene Contemporânea da Austrália
Onde: Caixa Cultural – Praça da Sé, 111 – Centro
Quando: até 15/05/2016; de terça a domingo, das 9h às 19h
Quanto: entrada gratuita

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s