Bayern de Munique: campeão alemão 2015/2016

Jogadores do Bayern de Munique comemoram o tetracampeonato fora de casa. Foto: Christof Stache/AFP
Jogadores do Bayern de Munique comemoram o tetracampeonato fora de casa. Foto: Christof Stache/AFP

Como já era de se esperar, o Bayern de Munique sagrou-se tetracampeão alemão neste sábado (7) com uma rodada de antecedência ao bater o Ingolstadt por 2 a 1 Audi Sportpark, em Ingolstadt, região da Baviera. Com dois gols do polonês Robert Lewandowski, artilheiro do certame com 29 gols até o momento, o time da Baviera conquista o tetracampeonato consecutivo da Bundesliga, feito inédito até então no futebol alemão. O título veio como prêmio de consolação para os bávaros após a terceira eliminação consecutiva na semifinal da UEFA Champions League, ocorrida na última semana para o Atlético de Madrid. O título pode ser o último de Pep Guardiola no comando da equipe, caso perca a final da Copa da Alemanha, que será disputada no próximo dia 21 de maio contra o Borussia Dortmund.

A primeira etapa começou com o time da casa tentando pressionar, mas sem efetividade na finalização, como na tentativa de Lezcano, aos cinco minutos, de entrar na área, ser desarmado e permitir a defesa de Neuer.

No entanto, aos 13, em um contragolpe puxado por Douglas Costa, que mandou a bola para Ribéry e o francês foi derrubado na área. Pênalti. Lewandowski cobrou rasteiro no canto de Ozcan e inaugura o placar. Aos 22 foi a vez de Douglas Costa perder uma excelente chance de ampliar ao brincar na frente do goleiro. Os anfitriões assustaram aos 29 com Lezcano, que mandou a bola para as redes foi flagrado em impedimento.

Depois de receber a primeira ameaça efetiva do adversário, o Bayern ampliou a vantagem aos 31 minutos através de seu artilheiro. Thiago encontrou uma brecha na defesa do Ingolstadt e enfiou para o polonês, que não desperdiçou e mandou para as redes: 2 a 0.

Embora estivesse com o controle do jogo, a equipe da Baviera deu uma relaxada e permitiu que o time da casa descontasse ainda na etapa inicial. Aos 41, Hatmann foi derrubado por Xabi Alonso dentro da área. Pênalti. Na cobrança, o próprio Hatmann converteu e descontou o marcador.

Na etapa complementar, as duas equipes não proporcionaram grandes emoções ao torcedor até aos 26 minutos, quando o periogoso Hatmann chegou mais uma vez na interdiária e mandou um chute rasteiro, mas a redonda passou à esquerda da meta de Neuer.

Com a situação amplamente favorável, o Bayern deixou a equipe da casa gostar do jogo e chegar mais ao setor ofensivo. Mesmo assim, o Ingolstadt só assustou os tetracampeões nos acréscimos. Aos 46, Lecke chegou pela direita e cruzou para Hinterseer mandou pela linha de fundo. Mesmo que o Bayern sofresse o empate, o título estava mais do que garantido. Afinal, para o título, a igualdade já bastava. Contudo, os bávaros foram beneficiados ainda pela derrota do vice-líder Borussia Dortmund para o Eintracht Frankfurt por 1 a 0.

Apesar da frustração da eliminação na Champions League, no campeonato alemão, a soberania do Bayern foi incontestável. Mesmo com a excelente campanha do Borussia Dortmund, os bávaros não tiveram a liderança ameaçada em nenhum momento na Bundesliga, embora os auri-negros conseguiram heroicamente que a equipe de Munique só conseguisse a Salva de Prata apenas na penúltima rodada. A campanha foi impecável: apenas duas derrotas em 33 partidas – revés para o Borussia Mönchengladbach, fora de casa, e 2 a 1 contra o Mainz 05, na Allianz Arena, em Munique. E, sem deixar de destacar que, ao longo da competição, o Bayern perdeu peças importantes ao longo da campanha por conta de lesões Jérome Boateng, Franck Ribéry e Arjen Robben.

A conquista de quatro campeonatos alemães consecutivos é um feito inédito. Antes disso, o máximo que um clube havia conseguido na Alemanha foram três tricampeonatos: dois pelo próprio Bayern: de 1972 a 1974 e de 1985 a 1987 e o outro pelo Borussia Mönchengladbach, de 1975 a 1977.

Título mais que merecido.

Mas, como o campeonato ainda não acabou, a competição ainda terá a continuidade da rodada e a disputa da 34ª e última rodada no próximo final de semana. Além do campeão Bayern e do vice Borussia, o terceiro colocado da Bundesliga, o Bayer Leverkusen, estão garantidos na próxima UEFA Champions League. No entanto, quatro equipes lutam pela última vaga para a principal competição europeia, bem como as duas outras vagas para a Liga Europa: o Borussia Mönchengladbach, que só depende das próprias forças para ficar com a última vaga para a Champions, enquanto Schalke 04, Mainz 05 e Herta Berlin lutam para preencher as vagas para disputarem uma das duas competições europeias. Na parte debaixo da tabela, Hoffenheim, Eintracht Frankfurt, Werder Bremen e Stuttgart lutam para não ter de disputar o “playoff” da permanência e o Hannover 96 é o primeiro rebaixado do futebol alemão com apenas 25 pontos.

A seguir, o resumo da campanha do campeão, a classificação atual do Campeonato Alemão e a ficha técnica do jogo que deu ao Bayern de Munique, o seu 26º título alemão.

14/08/2015 – Bayern 5×0 Hamburgo – Allianz Arena, Munique
22/08/2015 – Hoffenheim 1×2 Bayern – Rhein-Neckar-Arena, Sinsheim
29/08/2015 – Bayern 3×0 Bayer Leverkusen – Allianz Arena, Munique
12/09/2015 – Bayern 2×1 Augsburg – Allianz Arena, Munique
18/09/2015 – Darmstadt 98 0x3 Bayern – Merck-Stadion am Böllenfalltor, Darmstadt
22/09/2015 – Bayern 5×1 Wolfsburg – Allianz Arena, Munique
26/09/2015 – Mainz 0x3 Bayern – Coface Arena, Mainz
04/10/2015 – Bayern 5×1 Borussia Dortmund – Allianz Arena, Munique
17/10/2015 – Werder Bremen 0x1 Bayern – Weserstadion, Bremen
24/10/2015 – Bayern 4×0 Köln – Allianz Arena, Munique
30/10/2015 – Eintracht Frankfurt 0x0 Bayern – Commerszbank-Arena, Frankfurt
07/11/2015 – Bayern 4×0 Stuttgart – Allianz Arena, Munique
21/11/2015 – Schalke 04 1×3 Bayern – Veltins-Arena, Gelsenkirchen
28/11/2015 – Bayern 2×0 Hertha Berlin – Allianz Arena, Munique
06/12/2015 – Borussia Mönchengladbach 3×1 Bayern – Borussia-Park, Mönchengladbach
12/12/2015 – Bayern 2×0 Ingolstadt – Allianz Arena, Munique
19/12/2015 – Hannover 96 0x1 Bayern – AWD-Arena, Hanôver
22/01/2016 – Hertha Berlim 1×2 Bayern – Estádio Olímpico, Berlim
31/01/2016 – Bayern 2×0 Hoffenheim – Allianz Arena, Munique
06/02/2016 – Bayer Leverkusen 0x0 Bayern – BayArena, Leverkusen
14/02/2016 – Augsburg 1×3 Bayern – SLG Arena, Augsburg
20/02/2016 – Bayern 3×1 Darmstadt – Allianz Arena, Munique
27/02/2016 – Wolfsburg 0x2 Bayern – Volks Arena, Wolfsburg
02/03/2016 – Bayern 1×2 Mainz 05 – Allianz Arena, Munique
06/03/2016 – Borussia Dortmund 0x0 Bayern – Signal Iduna Park, Dortmund
12/03/2016 – Bayern 5×0 Werder Bremen – Allianz Arena, Munique
19/03/2016 – Köln 0x1 Bayern – RheinEnergieStadium, Colônia
02/04/2016 – Bayern 1×0 Eintracht Frankfurt – Allianz Arena, Munique
09/04/2016 – Stuttgart 1×3 Bayern – Mercedez-Benz Arena, Stuttgart
15/04/2016 – Bayern 3×0 Schalke 04 – Allianz Arena, Munique
23/04/2016 – Hertha Berlim 0x2 Bayern – Estádio Olímpico, Berlim
30/04/2016 – Bayern 1×1 Mönchengladbach – Allianz Arena, Munique
07/05/2016 – Ingolstadt 1×2 Bayern – Audi-Sportpark, Indolstadt
14/05/2016* – Bayern x Hannover 96 – Allianz Arena, Munique

Equipe – Pontos:
1. Bayern de Munique – 85 pontos
2. Borussia Dortmund – 77
3. Bayer Leverkusen – 57
4. Borussia Mönchengladbach – 52
5. Mainz 05 – 49
6. Hertha Berlim – 49
7. Schalke 04 – 49
8. Wolfsburg – 42
9. Köln – 42
10. Ingolstadt – 40
11. Augsburg – 38
12. Hamburgo – 38
13. Darmstadt – 38
14. Hoffenheim – 37
15. Eintracht Frankfurt – 36
16. Werder Bremen – 35
17. Stuttgart – 33
18. Hannover 96 – 25

FICHA TÉCNICA: INGOLSTADT 1×2 BAYERN DE MUNIQUE
Competição/fase: Campeonato Alemão 2015/2016 – 33ª rodada
Local: Estádio Audi-Sportpark, Indolstadt, Alemanha
Data: 7 de maio de 2016, sábado, 10h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Florian Meyer (ALE)
Cartões Amarelos: Lex e Leckie (Ingolstadt); Benatia, Müller, Lewandowski (Bayern)
Gols: Lewandowski, aos 15 (pênalti) e aos 32 min do 1º tempo (0-2); e Hartmann, aos 42 (pênalti) do 1º tempo (1-2)
INGOLSTADT: 1.Özcan; 21.Danny da Costa, 5.Hübner, 34.Matip e 29.Suttner; 8.Roger, 10.Groß e 36.Cohen (6.Morales). 9.Hartmann (16.Hintersser), 37.Lezcano (14.Lex) e Leckie. Técnico: Ralph Hasenhüttl
BAYERN DE MUNIQUE: 1.Neuer; 21.Lahm, 27.Alaba, 8.Javi Martínez e 32.Kimmich; 6.Thiago Alcântara (20.Rode), 14.Xabi Alonso (5.Benatia) e 25.Thomas Müller; 7.Ribéry (13.Rafinha), 11.Douglas Costa e 9.Lewandowski. Técnico: Pep Guardiola

* Jogo a ser realizado.

Parabéns ao Fußball-Club Bayern München pelo título.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s