Projeto ARTE – Substantivo Feminino apresenta espetáculo “Agora É Que São Elas” no Sesc Belenzinho

Orquídeas do Brasil, banda de Itamar Assumpção, se encontra com Alice Ruiz no palco do Sesc Belenzinho. Foto: divulgação
Orquídeas do Brasil, banda de Itamar Assumpção, se encontra com Alice Ruiz no palco do Sesc Belenzinho. Foto: divulgação

O projeto ARTE – Substantivo Feminino apresenta no dia 9 de abril (sábado), o espetáculo “Agora é que São Elas”, um encontro da banda Orquídeas do Brasil, que acompanhava o músico Itamar Assumpção, com a poeta Alice Ruiz, que foi uma grande parceira musical. A apresentação será na Comedoria do Sesc Belenzinho, a partir das 21h30.

ARTE – Substantivo Feminino se instalou no Sesc Belenzinho para trazer uma série de apresentações, sejam espetáculos, oficinas, intervenções e shows, todas com a temática do feminino. A mulher aqui está no centro da questão. As obras escolhidas diferentes pontos de vista sobre o feminino, abordando as lutas dentro da história e da sociedade. Confira a programação completa no site do Sesc.

Por isso, este convite para as Orquídeas e para Alice. “Este é um encontro que Itamar queria muito que acontecesse. Quando ele estava doente, eu fui visitá-lo no hospital e ele me contou que queria fazer um disco só com as parcerias dele com a Alice. Então, esse show vem para coroar este desejo do Itamar”, conta Tata Fernandes, uma das Orquídeas, que comanda a voz e violão.

No show, elas irão apresentar várias canções da parceria entre Alice e Itamar, além de algumas inéditas que estão guardadas. A primeira vez em que os dois se encontraram musicalmente foi no disco Sampa Midnight (1986), em “Navalha na Liga” e na história a trilogia Bicho de 7 Cabeças (1993), últimos discos lançados por Itamar, a parceria se intensifica e notabiliza.

Segundo Tata, Itamar estava num momento feminino, com as filhas nascendo, trabalhando apenas com mulheres e ainda em parceria com a poetisa. Um movimento bem à frente de seu tempo, como era Itamar e que reflete bastante no momento em que estamos vivendo, onde o feminismo ganhou força.

Eu acredito que tivemos muitos avanços, mas ainda há muito o que mudar. Já está na hora de não termos mais essa coisa de homem ou mulher, nós temos que nos entender como seres humanos, independentemente de qualquer coisa. Esta semana mesmo, veio o Bolsonaro falar que mulher ganha menos, porque tem filhos. O que a gente precisa hoje é de mais amor, mais respeito, mais compreensão do outro. Precisamos nos unir para o movimento de tolerância”, conta Tata.

Mais sobre as Orquídeas do Brasil

A banda formada por Itamar Assumpção com Tata Fernandes o acompanhou nos anos 90, após ele brigar com sua banda de apoio, a Isca de Polícia. O trabalho mais notável dois foi a Trilogia Bicho de 7 Cabeças, que ganhou o Sétimo Prêmio Sharp de Música, na categoria melhor disco pop-rock.

O show apresentado em 1994 no Sesc Pompeia com participações de Luiz Melodia, Tom Zé, Zélia Duncan, Alzira e Tetê Espindola, e Virgínia Rosa teve performances que marcaram a parceria entre o compositor e as Orquídeas do Brasil. No ano de 2004, após a morte de Itamar as Orquídeas participaram de uma série de shows em homenagem ao compositor.

Em 2006, a banda foi convidada por Jards Macalé a realizar mais apresentações, e no mesmo ano, participaram de shows para o lançamento do songbook Pretobras, Por que que eu não pensei nisso antes? .Desde então elas vem se apresentando repertório a importante parceria com Itamar.

A banda é formada por Georgia Branco (guitarra), Miriam Maria (voz), Tata Fernandes (voz e violão), Simone Julian (sopros), Adriana Sanches (teclados), Nina Blauth (percussão), Clara Bastos (baixo), Lelena Anhaia (baixo).

SERVIÇO:
Show AGORA É QUE SÃO ELAS, com Orquídeas do Brasil e Alice Ruiz
Local: Comedoria – Sesc Belenzinho – Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho
Quando: Dia: 9 de abril, às 21h30
Duração: 1h30
Classificação: Não recomendado para menores de 18 anos.
Ingressos: R$ 25,00 (inteira). R$ 12,50 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência). R$ 7,50 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). Ingressos à venda pelo Portal http://www.sescsp.org.br e nas bilheterias do SescSP. Venda limitada a quatro ingressos por pessoa. Não é permitida a entrada após o início do espetáculo.
Telefone: (11) 2076-9700
http://www.sescsp.org.br/belenzinho
Estacionamento:
Para espetáculos com venda de ingressos:
R$ 6,00 (não matriculado); R$ 3,00 (matriculado no SESC – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo/ usuário).

Assessoria de Imprensa e Credenciamento: Sesc Belenzinho:
Jacqueline Guerra: (11) 2076-9762
Sueli Freitas: (11) 2076-9763imprensa@belenzinho.sescsp.org.br
SESC SP | Facebook | Twitter

Assessoria de Imprensa:
Com Canal Aberto | Márcia Marques | Alessandra Braz
Contatos: (11) 2914 0770 / 99126 0425 / 94552 5625
marcia@canalaberto.com.br|alessandra@canalaberto.com.br

Por Canal Aberto | Márcia Marques | Alessandra Braz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s