Sesc Santo Amaro recebe O Trem Fantasma, espetáculo infantil que explora a técnica de bonecos de fios

Personagens da locomotiva assustadora. Créditos: divulgação
Personagens da locomotiva assustadora. Créditos: divulgação

O Sesc Santo Amaro recebe, a partir do dia 10 de abril (até 8 de maio de 2016), o espetáculo O Trem Fantasma, da Cia. Polichinelo de Teatro de Bonecos. Sem diálogos, o espetáculo prima pela ação, fundamental no teatro de animação, técnica na qual se solidificou a companhia, fundada na cidade de Araraquara e prestes a completar 20 anos de trajetória.

A ideia da montagem do grupo Polichinelo Teatro de Bonecos é explorar e valorizar a técnica dos bonecos de fios dentro de uma temática pouco usual: o terror para crianças. Para isso, a companhia utilizou a experiência adquirida nas peças Frankenstein (2009) e As histórias do Caixão do Zé (2010) – trabalhos anteriores com o mesmo tema e que também têm como característica principal o terror mesclado ao humor, nos quais as cenas de maior suspense são amenizadas pela comicidade.

Em cena, no palco, um trem fantasma, a mais nova atração do parque de diversões. Mas, para colocá-lo nos trilhos, serão contratados novos monstros comprovadamente assustadores. Assim, surgem os mais terríveis vilões dispostos a tudo para ocupar uma poltrona nesse trem fantasmagórico: bruxa, vampiro, múmia, zumbi. No entanto, entre os candidatos, está uma figura nada assustadora: um garoto cheio de curiosidade.

Concepção da Montagem
O Trem Fantasma é um espetáculo dividido em quadros que constroem, pouco a pouco, a história. Cada personagem compõe figurações assustadoras. Diante de cada personagem sentimentos e sensações afloram como medo, a maldade e, assim, a percepção da plateia é atraída.

O objetivo da montagem é explicitar que, de certo ponto de vista, o ser humano pode ser considerado um monstro em suas atitudes também.

Para ambientar toda essa aventura, a Cia. Polichinelo buscou criar um trem antigo (em proporções adequadas aos bonecos) que serve de palco para o desenrolar de cada cena.

O Trem Fantasma é ainda uma oportunidade de se destacar o trabalho de pesquisa da companhia que, a cada novo trabalho traz algo diferente, que norteia tanto a produção dos bonecos quanto a maneira de utilizá-los em cena. Bonecos de sombras, bunraku, varas, luva… Todos os espetáculos procuram um novo caminho para auxiliar na constante pesquisa do grupo.

Além disto, a companhia procura sempre explorar diferentes assuntos em seus trabalhos. O romantismo, a poesia, a aventura, a tristeza, a solidão e até mesmo a morte são temas recorrentes em suas montagens que, aliadas à ludicidade dos bonecos, proporcionam uma forma delicada no trato de cada assunto.

Cia Polichinelo de teatro de bonecos
A Cia. Polichinelo de Teatro de Bonecos foi fundada pelo ator e diretor Márcio Pontes em Araraquara (SP) em 1997. Dedica-se a pesquisar o teatro de animação, possuindo 18 espetáculos em repertório. O primeiro foi “A Princesa e a Lua”. Depois vieram “A Verdadeira História do Lobo Mau”, “A Lenda das Lágrimas”, “Aventuranças”, “Âme Kalulua”, além de adaptações de textos clássicos, como “A Bela e a Fera”, “Rapunzel”, “João e Maria” e “Frankenstein”. Em 2010, o grupo publicou o livro “Diário de Bordo – A História da Companhia Polichinelo” e criou o museu Espaço do Boneco, onde expõe seu acervo de bonecos e desenvolve atividades abertas ao público.

Sinopse
Há uma nova atração no parque: um trem fantasma! Para colocá-lo nos trilhos, é necessário a contratação de novos monstros, porém, só monstros comprovadamente assustadores! Então, surgem os mais terríveis vilões dispostos a tudo para ocupar uma poltrona nesse trem fantasmagórico: bruxa, vampiro, múmia, zumbi…

Mas dentre os candidatos está um nada, nada assustador: um garoto cheio de curiosidade! Será que ele vai conseguir embarcar nessa terrível aventura?

Um espetáculo de marionetes cheio de humor… e de algum medinho!

FICHA TÉCNICA
Argumento e Performance: Márcio Pontes
Bonecos e cenário: Cia Polichinelo de Teatro de Bonecos
Figurinos: Murilo Rangel
Trilha sonora: Luciano Pedro Antonio
Mixagem: Kabana Estúdio
Colaboradores/Apoio técnico: Sérgio Murillo e Evaldo Barros
Fotografia: Paulo Costa
Supervisão Geral: Cia Polichinelo de Teatro de Bonecos

SERVIÇO:
O TREM FANTASMA
Local: Sesc Santo Amaro – Teatro (Capacidade: 279 pessoas) – Rua Amador Bueno, 505 – Santo Amaro
Período: de 10 de abril a 8 de maio de 2016, domingos, às 14 horas./ Dia 21 de abril, quinta (feriado), às 14h.
Duração: 45 minutos.
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 17,00 (inteira). R$ 8,50 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência). R$5,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no SESC e dependentes).
Crianças até 12 anos os ingressos são gratuitos.
Ingressos à venda nas bilheterias do SESCSP a partir de 30/03 (quarta-feira), às 17h30. Não é permitida a entrada após o início do espetáculo.
Horário de atendimento bilheteria: Terça a sexta-feira, das 10 às 21h30 e sábado, domingo e feriado, das 10 às 18h30. Obs: O Estacionamento e a bilheteria permanecem abertos de acordo com o horário das programações.
Estacionamento – Subsolo – 180 veículos, 34 vagas para motos (preço especial para shows que iniciam às 18 horas: R$5,50 p/ comerciários e R$11 p/ não comerciários e 35 vagas no bicicletário (grátis)). Observação: as motos pagam taxa equivalente aos veículos.

Assessoria de imprensa – Sesc Santo Amaro:
José Lima – joselima@santoamaro.sescsp.org.br
Juliana Gardim – julianagardim@santoamaro.sescsp.org.br
imprensa@santoamaro.sescsp.org.br

Por Canal Aberto | Márcia Marques |

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s