Exposição “Edmond Fortier – Viagem a Timbuktu” no Instituto Tomie Ohtake

O Instituto Tomie Ohtake realiza até o próximo domingo, 24 de janeiro, a mostra “Edmond Fortier – Viagem a Timbuktu”, que se trata da maior exposição já feita ao francês Edmond Fortier (1862-1928). Com cerca de 200 fotos, o evento destaca a viagem feita pelo fotógrafo ao interior da África, em 1906, período da recente imposição dos regimes coloniais no continente, em destaque ao trajeto da histórica cidade de Timbuktu, porta do Saara (região Norte do atual Mali), na época, considerada misteriosa e fechada pelos europeus.

A produção de Fortier, embora tenha uma excelente qualidade, ainda é pouco apreciada na África e na Europa. A obra de Fortier pode ser apreciada pelo público graças ao trabalho pioneiro de uma historiadora brasileira especializada no estudo da África: Daniela Moreau.

Edmond Fortier iniciou os trabalhos como fotógrafo no Senegal no início do século XIX quando retratava a elite africana e os colonos europeus em um período em que era comum os retratos de “cartes-de-visite”, que sustentavam muitos fotógrafos na época, inclusive no Brasil, e que no início do século XX deram lugar aos cartões-postais.

E foi justamente esse mercado – o dos cartões-postais ilustrados – que propiciou o ganha-pão de Edmond por quase trinta anos. Ele publicava as novas séries de postais e as vendia aos turistas e aos colonos europeus em uma pequena loja próxima ao porto da cidade. Embora tenha feito sucesso comercial com o ofício, as imagens de Fortier, ao longo do tempo, ficaram esquecidas, uma vez que os negativos nunca foram encontrados.

Esses cartões-postais retratam o cotidiano da vida de pessoas comuns, festas populares e paisagens, inclusive das ruínas da antiga mesquita de Djenné, que desaparecera para sempre, entre outros tipos de imagens.

Além das imagens, a exposição traz ainda um exemplar do livro “Viagem a Timbuktu”, de 1906.

SERVIÇO:
Exposição:
Edmond Fortier – Viagem a Timbuktu
Onde: Instituto Tomie Ohtake – Avenida Brigadeiro Faria Lima, 201 (entrada pela Rua Coropés, 88) – Pinheiros
Quando: até 24/01/2016; de terça a domingo, das 11h às 20h
Quanto: entrada gratuita

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s