Analisando a autobiografia de Paul Stanley, do Kiss

"Uma Vida Sem Máscaras", a ótima autobiografia de Paul Stanley
“Uma Vida Sem Máscaras”, a ótima autobiografia de Paul Stanley

A Belas-Artes foi a editora responsável em lançar aqui no Brasil a versão em português da autobiografia de Paul Stanley, eterno frontman do Kiss. Com o título “Uma Vida Sem Máscaras” (“Face The Music – A Life Exposed”), o livro traz em cerca de 530 páginas (sem contar as que contêm fotos, algumas inéditas, que não estão numeradas) memórias, histórias, os altos e baixos de um dos líderes de uma das maiores bandas da história do Rock.

Na obra, Paul Stanley (nascido a 20 de janeiro de 1952, em Nova York, como Stanley Harvey Eisen) revela coisas pessoais que muitos não sabiam (ou poucos tinham conhecimento), suas frustrações, a infância, a adolescência, a relação familiar, os amores, enfim, até chegar ao estrelato.

Stanley relata praticamente ao longo de todo o livro uma doença chamada microtia (uma deformidade na orelha que lhe causou surdez no lado direito) que o acompanha desde o nascimento. E conta as experiências traumáticas que ela lhe causou na infância, como o bullying na escola (era chamado “Stanley, monstro de uma orelha só”) e como aprendeu a lidar com isso durante os seus atuais 63 anos, sendo mais de 40 dedicados ao rock ‘n’ roll.

Paul dirige o leitor através de uma série de acontecimentos em sua vida pessoal, a sua paixão pela música que contribuiu para a formação do Kiss, a sua relação com os demais integrantes, e que ninguém (nem mesmo Gene Simmons, seu parceiro desde o começo) foi poupado, aliás, nem ele mesmo foi. Claro que grande parte da obra é concentrada em suas aventuras (dentro e fora dos palcos) com o Kiss.

E, mesmo sendo um rockstar, Starchild deixa nítido em sua autobiografia que o negócio, pelo menos para ele, não é “sexo, drogas e rock and roll”, mas sim apenas “sexo e rock and roll”. Além disso, os dotes de ator e artista plástico de Paul Stanley não ficaram de fora pelo autor.

Em um relato sincero, honesto, chocante e, ao mesmo tempo, engraçado, “Uma Vida Sem Máscaras” é, sem exagero, uma biografia obrigatória para quem gosta de rock, e para quem é fã do Kiss, não preciso nem comentar.

A seguir, a ficha técnica da obra.

Livro: Uma Vida Sem Máscara (Face The Music – A Life Exposed)
Autor: Paul Stanley
Editora: Belas-Artes
Número de páginas: 528 (fora encarte com fotos)
Preço médio: R$ 57,00

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s