Exposição “Paisagem Opaca” no MAM

“Máquina Curatorial” (2009), do argentino Nicolás Guagnani no MAM. Foto: Jorge Almeida
“Máquina Curatorial” (2009), do argentino Nicolás Guagnani no MAM. Foto: Jorge Almeida

A exposição “Paisagem Opaca” segue em cartaz até a próxima sexta-feira, 11 de setembro, no Museu de Arte Moderna (MAM) e traz cerca de 30 obras do acervo do museu que “dialogam” com a mostra principal da instituição: a retrospectiva de Alberto da Veiga Guignard.

Exposta na sala Paulo Figueiredo, a mostra é fruto de inquietações sobre a visão e a representação do mundo, revela a subjetividade e propicia a oportunidade de notarmos a maneira de como os artistas contemporâneos constroem sua visão do mundo, em paisagens imaginadas em um plano.

A mostra apresenta telas de Tarsila do Amaral e José Pancetti, fotografias de Geraldo de Barros e Araquém Alcântara, obras de José Leonilson, um vídeo de Lia Chaia, além de esculturas e instalações.

Destaques também para “Paisagem Imaginária nº 313” (1969), um óleo sobre tela de Wega Nery; e “Máquina Curatorial” (foto), de 2009, do argentino Nicolás Guagnani.

SERVIÇO:
Exposição: Paisagem Opaca
Onde: Museu de Arte Moderna (MAM) – Parque do Ibirapuera – Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº – portão 3
Quando: até 11/09/2015; de terça a domingo, das 10h às 18h (bilheteria fecha às 17h)
Quanto: R$ 6,00; R$ 3,00; entrada gratuita para o público em geral aos domingos e para menores de 10 anos e maiores de 65

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s