Exposição “Traduções da Natureza: Bancos Ameríndios e Desenhos Naturalistas” na Pinacoteca

Um panorama dos bancos feitos pelos indígenas do Xingu e da Amazônia na Pinacoteca do Estado. Foto: Jorge Almeida
Um panorama dos bancos feitos pelos indígenas do Xingu e da Amazônia na Pinacoteca do Estado. Foto: Jorge Almeida

A Pinacoteca do Estado de São Paulo realiza até o próximo domingo, 30 de agosto, a exposição “Traduções da Natureza: Bancos Ameríndios e Desenhos Naturalistas”, que apresentam cerca de 30 obras entre peças produzidas por indígenas do Xingu e da Amazônia e também desenhos da série “Viagem Filosófica”, de Alexandre Rodrigues Ferreira, naturalista português.

A mostra traz uma seleção de bancos em formato de animais típicos das duas regiões enquanto as ilustrações são dos dez anos em que Ferreira fez uma expedição pela Amazônia brasileira no final do século XVIII.

A apresentação desses conjuntos nos faz refletir sobre as diversas formas de representar a natureza, uma de matriz europeia e outra do indígena que vive no território brasileiro, ilustrando de maneira assimétrica o contato entre diferentes culturas. O conjunto dos desenhos compreendem anotações da viagem que tinham como intuito cultivar as características de animais, plantas e objetos indígenas coletados durante a caravana. Os bancos, por sua vez, se apresentam em sentido oposto. Carregam em sua realização e em seus grafismos uma simbologia e uma iconografia próprias de cada comunidade.

As obras, tanto os desenhos quanto os bancos, representam animais como tamanduá, macaco, paca, capivara, maracajá, aves, mutum, tatu, jacaré, pato, escorpião, tartaruga.  Além disso, há outros utensílios indígenas, como colheres, por exemplo.

SERVIÇO:
Exposição: Traduções da Natureza: Bancos Ameríndios e Desenhos Naturalistas
Onde: Pinacoteca do Estado de São Paulo – Praça da Luz, s/nº – Luz
Quando: até 30/08/2015 de terça a domingo, das 10h às 17h30 (com permanência até às 18h); as quintas até às 22h.
Quanto: R$ 6,00; R$ 3,00 (estudantes e professores da rede privada); entrada gratuita para alunos e professores da rede pública (em excursão escolar); pessoas menores de 10 e maiores de 60 anos, a entrada é gratuita e para o público em geral, o acesso é gratuito aos sábados e a partir das 17h nas quintas. O ingresso também dá direito à visitação à Estação Pinacoteca

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s