Exposição aborda a história do lambe-lambe em São Paulo no MIS

Retratos que fotógrafos que trabalhavam com "lambe-lambe" em São Paulo. Créditos: divulgação
Retratos que fotógrafos que trabalhavam com “lambe-lambe” em São Paulo. Créditos: divulgação

O Museu da Imagem e do Som (MIS) realiza até o próximo domingo, 14 de junho, a exposição “Lambe-lambe: os Fotógrafos de Rua na São Paulo dos Anos 70”, que reúne uma seleção de cerca de 100 imagens do acervo do museu e aborda os fotógrafos de rua em atividade na década de 1970.

Conhecidos como “lambe-lambes”, os fotógrafos que exerciam a profissão com uma máquina com o laboratório acoplado surgiram no início do século XX. A “engenhoca” propiciava revelar as fotografias de maneira instantânea. A presença desses profissionais ao longo de boa parte do século passado era em praças e parques da cidade. O auge desses profissionais aconteceu entre 1920 e 1950, mas as consequências das transformações urbanas e o maior acesso do público às fotografias fizeram que os lambe-lambes fossem considerados raros (e folclóricos) a partir dos anos 1970.

E como o MIS surgiu justamente nessa época, nos anos 1970, seu objetivo era atuar como centro de documentação e preservação da memória visual e oral da cidade. Assim, os estudantes Marcio Mazza e José Teixeira se propuseram a documentar o cotidiano desses fotógrafos durante um ano e, graças a isso, que hoje, passados mais de 40 anos, graças a coleção da dupla, que uma parte da memória viva da cidade, embora esquecida por muitos, foi resgatada e recuperada o caráter documental a memória de São Paulo.

Além das imagens dos fotógrafos, a exposição traz também folhas de contato doadas ao acervo do MIS, a reprodução de fotografias de lambe-lambe do acervo de Marcio Mazza, slides, áudios, cartazes e recortes.

Mas o principal destaque da mostra é uma câmera lambe-lambe Bernardi, modelo centenário, de 1922.

SERVIÇO:
Exposição: Lambe-lambe: os Fotógrafos de Rua na São Paulo dos Anos 70
Onde: Museu da Imagem e do Som (MIS) – Avenida Europa, 158 – Jardim Europa
Quando: até 14/06/2015; de terça a sábado, das 12h às 20h; domingos e feriados, das 11h às 19h
Quanto: R$ 6,00; R$ 3,00 (meia-entrada); entrada gratuita às terças

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s