Sevilla: campeão da UEFA Europa League pela quarta vez

O capitão Fernando Navarro ergue a UEFA Europa League para o Sevilla. Foto: Odd Andersen / AFP
O capitão Fernando Navarro ergue a UEFA Europa League para o Sevilla. Foto: Odd Andersen / AFP

O Sevilla sagrou-se campeão da UEFA Europa League 2014/2015 ao bater os ucranianos do Dnipro por 3 a 2 no Estádio Nacional, em Varsóvia, na Polônia, nesta quarta-feira (27). Com dois gols de Bacca e outro de Krychowiak para a equipe de Andaluzia, enquanto Kalinic e Rotan descontaram para o time de Dnipropetrovsk. Dessa forma, o Sevilla conquista pela quarta vez a segunda competição interclubes mais importante da Europa, o que faz dele, o maior vencedor do certame.

Como já era esperado, o Sevilla foi para cima, mas o Dnipro soube se comportar e chegou ao gol logo cedo. Aos 6 minutos, Kalinic ganhou no alto da zaga, Matheus pegou a sobra, cruzou da direita para a cabeçada do camisa 9.

Após o tento, a equipe ucraniana dificultou as ações dos rojiblancos, que conseguiu chegar com perigo aos 19 com Reyes. O camisa 10 caiu pela direita, cortou para o meio e bateu perto do canto esquerdo de Boyko, que trabalhou novamente aos 24 minutos ao defender uma cabeçada de Krychowiak após cobrança de escanteio feita por Banega.

Aos 27, após confusão na área, o 4 tirou da marcação e conseguiu finalizar e empatar o jogo. Três minutos depois, recebeu ótimo passe em profundidade, Bacca driblou o goleiro e virou o jogo para o Sevilla.

Na sequência da virada relâmpago dos palanganas, o Dnipro demorou um pouco para se recuperar do baque, mas não conseguiu se recuperar ainda na etapa inicial e ameaçou seriamente o gol de Sergio Rico. Aos 37, após cobrança de falta, Konoplyanla bateu no ângulo e o arqueiro do time de Andaluzia fez uma bela ponte.

No lance seguinte, foi a vez do Sevilla contragolpear, Aleix Vidal recebeu de Reyes e bateu por cima do gol.

E, antes do intervalo, aos 43, Rotan empatou o jogo em uma bela cobrança de falta.

No segundo tempo, o jogo caiu de produção, pois foi mais brigado e tenso. Embora tenha apresentado o domínio da posse de bola, prevaleceu o equilíbrio nas ações de ataque.

Aos 27, a defesa do Dnipro bateu cabeça na intermediária, Vitolo serviu Bacca, que não desperdiçou e fez o seu segundo gol na partida. Seis minutos depois, cruzou, Bacca cabeceou e Boybo, no melhor estilo goleiro de handball, desviou a finalização para escanteio. Na sequência, após a cobrança do córner, Bacca – de cabeça novamente – levou perigo ao mandar a bola à esquerda do poste.

À medida em que a decisão se dirigia aos momentos finais, o Sevilla administrou a vantagem, enquanto o Dnipro, na valentia, buscava o empate. Mas a situação da equipe ucraniana se complicou aos 41 minutos, quando o brasileiro Matheus caiu em campo e foi retirado na maca e, como havia feito as três substituições, o Dnipro seguiu o restante da partida com um jogador a menos. Apesar do esforço, o time de Myron Markevych não conseguiu buscar o empate e, dessa forma, Sevilla conquistou a UEFA Europa League pela quarta vez em sua história.

O Sevilla chegou à decisão como o grande favorito, enquanto o Dnipro veio na condição de “azarão”. E, como já era de se esperar, o time ucraniano valorizou muito a marcação e os espanhóis tentaram fazer prevalecer a posse de bola. Mesmo assim, foi o Dnipro que abriu o placar logo aos 6 minutos. O gol poderia ter sido um balde de água fria para as pretensões dos rojiblancos, mas com paciência, o Sevilla não se abateu e foi buscar o empate, que aconteceu aos 28. O Dnipro sentiu o baque e, quando tentava se reestabelecer, foi surpreendido por um rápido contra-ataque e, em três minutos, o Sevilla virou o jogo. E, antes do intervalo, os comandados de Myron Markevych buscaram o empate. Contudo, no segundo tempo, apesar da queda de rendimento dos dois times, o Sevilla chegou ao terceiro gol graças pela boa jornada de seu artilheiro, o colombiano Bacca que fez o tento do título (o seu segundo na partida). E, para complicar de vez a situação do Dnipro, o brasileiro Matheus, o responsável em puxar os contragolpes, passou mal e precisou ser retirado de maca. Apesar da derrota, o Dnipro “caiu de pé”, pois lutou até o fim. Foi valente, mas parou em uma equipe acostumada com essa competição.

A seguir, o resumo da campanha do campeão e a ficha técnica da final da competição.

Fase de Grupos (Grupo G):
18/09/2014 – Sevilla (ESP) 2×0 Feyenoord (HOL)
02/10/2014 – Rijeka (CRO) 2×2 Sevilla (ESP)
23/10/2014 – Standard Liège (BEL) 0x0 Sevilla (ESP)
06/11/2014 – Sevilla (ESP) 3×1 Standard Liège (BEL)
27/11/2014 – Feyenoord (HOL) 2×0 Sevilla (ESP)
11/12/2014 – Sevilla (ESP) 1×0 Rijeka (CRO)
Segunda Fase:
19/02/2015 – Sevilla (ESP) 1×0 Borussia Mönchengladbach (ALE)
26/02/2015 – Borussia Mönchengladbach (ALE) 2×3 Sevilla (ESP)
Oitavas-de-final:
12/03/2015 – Villarreal (ESP) 1×3 Sevilla (ESP)
19/03/2015 – Sevilla (ESP) 2×1 Villarreal (ESP)
Quartas-de-final:
16/04/2015 – Sevilla (ESP) 2×1 Zenit (RUS)
23/04/2015 – Zenit (RUS) 2×2 Sevilla (ESP)
Semifinais:
07/05/2015 – Sevilla (ESP) 3×0 Fiorentina (ITA)
14/05/2015 – Fiorentina (ITA) 0x2 Sevilla (ESP)
Final:
27/05/2015 – Dnipro (UCR) 2×3 Sevilla (ESP)

FICHA TÉCNICA: DNIPRO (UCR) 2×3 SEVILLA (ESP)
Competição/fase: UEFA Europa League 2014/2015 – final (jogo único)
Local: Estádio Nacional, em Varsóvia, Polônia
Árbitro: Martin Atkinson (Inglaterra)
Assistentes: Michael Mullarkey e Stephen Child, ambos da Inglaterra
Cartões Amarelos: Kankava, Kalinic, Bezus e Rotan (Dnipro); Krychowiak, Carriço e Bacca (Sevilla)
Gols: Kalinic, aos 6 min do 1º tempo; Krychowiak, aos 28 min do 1º tempo; Bacca, aos 31 min do 1º tempo e aos 27 min do 2º tempo; e Rotan, aos 43 min do 1º tempo
DNIPRO (UCR): 71.Boyko; 44.Fedetskyi, 23.Douglas, 14.Cheberyachko e 12.Léo Matos; 7.Kankava, 25.Fedorchuck (19.Bezus), 99.Matheus, 29.Rotan (28.Shakhov), 10.Konoplyanka; 9.Kalinic (11.Seleznyov). Técnico: Myron Markevych
SEVILLA (ESP): 29.Sergio Rico; 22.Aleix Vidal, 6.Daniel Carriço, 15.Kolodziejczak e 2.Tréumolinas; 4.Krychowiak, 25.Mbia, 10.Reyes (23.Coke), 19.Banega (12.Iborra) e 20.Vitolo; 9.Bacca (7.Gameiro). Técnico: Unai Emery

Parabéns ao Sevilla Fútbol Club pela conquista

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s