Flamengo, campeão da Copa do Brasil 2013

Jogadores do Flamengo posam para a foto antes da partida que rendeu o título da Copa do Brasil. Foto:  Foto: Flaimagem/Flamengo/Divulgação
Jogadores do Flamengo posam para a foto antes da partida que rendeu o título da Copa do Brasil. Foto: Foto: Flaimagem/Flamengo/Divulgação

O Clube de Regatas Flamengo conquistou pela terceira vez em sua história a Copa do Brasil ao bater o Atlético Paranaense por 2 a 0 na segunda partida da final da competição nacional disputada na noite desta quarta-feira (27) no Estádio do Maracanã. Com gols de Elias e Hernane, o rubronegro carioca sacramentou o título após empate em 1 a 1 entre as duas equipes na primeira partida da decisão.

Campeão nas edições de 1990 e 2006, a terceira Copa do Brasil conquistada pelo Flamengo foi o primeiro título do clube no novo Estádio do Maracanã. Por outro lado, pela terceira vez consecutiva, o futebol paranaense ficou com o vice-campeonato. Nas duas últimas edições, o arquirrival do Furacão, o Coritiba, perdeu as decisões para Vasco e Palmeiras.

O Flamengo já começou a decisão “com o título” por conta do resultado conquistado no jogo de Curitiba. E, com o Maraca tomado pelos rubronegros, as duas equipes fizeram um primeiro tempo equilibrado, mas com os anfitriões finalizando mais a gol, principalmente nos tiros de fora da área. Logo aos seis minutos, Luiz Antônio arriscou da intermediária, a bola foi em direção ao canto direito, mas Weverton se esticou e espalmou. Depois disso, as duas equipes abusaram dos erros de passe e se alternavam no meio-campo. Aos 41, o Mengão quase abriu o placar em mais uma finalização de Luiz Antônio. O camisa 15 cobrou falta, a esférica fez uma curva e acertou a junção da trave com o travessão.

Na etapa complementar, o panorama não mudou muito. O Atlético, de forma tímida, tentou superar a defesa flamenguista, mas não com eficiência. Enquanto isso, o time de Jayme de Almeida partiu para o contra-ataque e desperdiçou algumas oportunidades. Aos 19, Hernane recebeu belo passe, bateu de primeira, mas o goleiro paranaense fez boa defesa. Dois minutos depois, o Brocador perdeu outra oportunidade ao cabecear para fora um cruzamento feito por Luiz Antônio após bela jogada. Aos 38, Paulinho alçou a bola na área, Hernane pegou de voleio, mas Weverton fez mais uma excelente defesa.

E como esperava o Atlético em seu campo, o Flamengo aproveitou os contra-ataques, e foi assim que aos 42 saiu o primeiro gol. Elias puxou o contragolpe, tocou para Paulinho, que avançou e lançou Hernane. O Brocador finalizou, Weverton defendeu, no rebote, o camisa 9 rubronegro lançou para Paulinho, que levou para o fundo e tocou para Elias, desmarcado, para finalizar no contra-pé do goleiro atleticano. Após o tento flamenguista, André Santos e Ciro se desentenderam e ambos foram expulsos. E, para sacramentar de vez a conquista do Mengo, aos 49, Luiz Antônio fez grande jogada pela direita e cruzou para Hernane, que dominou e acertou um “meio voleio” para fazer o segundo gol da final e o seu 17º tento em 17 partidas disputadas no novo Maracanã. Flamengo tricampeão.

A decisão entre os rubronegros começou com o Atlético não se intimidando com a pressão da torcida adversária e postou-se bem na defesa. Em virtude disso, o Flamengo não conseguiu infiltrar-se na área do Furacão e, então, suas finalizações no primeiro tempo foram apenas de fora da área. Apesar de exercer uma boa marcação, o Atlético Paranaense não fez variações de jogadas ao longo da etapa inicial, pois resolveu apostar nos passes longos em direção do velocista Marcelo Cirino e, consequentemente, não ameaçou o goleiro Felipe nos 45 minutos iniciais. Pelo contrário, as melhores oportunidades foram criadas pelos anfitriões. No segundo tempo, o Atlético não conseguiu atacar de forma aguda o Flamengo, ficou exposto aos contragolpes e sofreu os dois gols. E o Furacão só não saiu com um placar mais elástico porque o Flamengo perdeu muitos gols.

Com o título, o Flamengo está classificado para Copa Libertadores da América 2014. Enquanto para o Atlético Paranaense resta agora manter-se no G4 do Campeonato Brasileiro para carimbar a sua vaga para a principal competição interclubes das Américas do ano que vem.

A seguir, o resumo da campanha do campeão e a ficha técnica da final.

Primeira fase:
03/04/2013 – Remo (PA) 0x1 Flamengo (RJ) – Belém (PA)
17/04/2013 – Flamengo (RJ) 4×0 Remo (PA) – Volta Redonda (RJ)
Segunda fase:
1º/05/2013 – Campinense (PB) 1×2 Flamengo (RJ) – Campina Grande (PB)
15/05/2013 – Flamengo (RJ) 2×1 Campinense (PB) – Juiz de Fora (MG)
Terceira fase:
10/07/2013 – ASA (AL) 0x2 Flamengo (RJ) – Arapiraca (AL)
17/07/2013 – Flamengo (RJ) 2×1 ASA (AL) – Volta Redonda (RJ)
Oitavas-de-final:
21/08/2013 – Cruzeiro (MG) 2×1 Flamengo (RJ) – Belo Horizonte (MG)
28/08/2013 – Flamengo (RJ) 1×0 Cruzeiro (MG) – Rio de Janeiro (RJ)
Quartas-de-final:
25/09/2013 – Botafogo (RJ) 1×1 Flamengo (RJ) – Rio de Janeiro (RJ)
23/10/2013 – Flamengo (RJ) 4×0 Botafogo (RJ) – Rio de Janeiro (RJ)
Semifinais:
30/10/2013 – Goiás (GO) 1×2 Flamengo (RJ) – Goiânia (GO)
08/11/2031 – Flamengo (RJ) 2×1 Goiás (GO) – Rio de Janeiro (RJ)
Finais:
20/11/2013 – Atlético (PR) 1×1 Flamengo (RJ) – Curitiba (PR)
27/11/2013 – Flamengo (RJ) 2×0 Atlético (PR) – Rio de Janeiro (RJ)

FICHA TÉCNICA: FLAMENGO (RJ) 2X0 ATLÉTICO (PR)
Competição/fase: segunda partida da final da Copa do Brasil 2013
Data: 27/11/2013 (quarta-feira), 21h50 (horário de Brasília)
Local: Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Público total: 68.857 pessoas
Renda: R$ 9.733.785,00
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Cartões Amarelos: Samir (Flamengo) e Dellatorre (Atlético)
Cartões Vermelhos: André Santos (Flamengo) e Ciro (Atlético)
Gols: Elias, aos 42, e Hernane, aos 49 minutos do segundo tempo
FLAMENGO (RJ): 1.Felipe; 2.Léo Moura (4.González), 14.Wallace, 33.Samir e 27.André Santos; 15.Luiz Antônio, 40.Amaral, 8.Elias (16.João Paulo) e 20.Carlos Eduardo (35.Diego Silva); 9.Hernane e 26.Paulinho. Técnico: Jayme de Almeida
ATLÉTICO (PR): 12.Weverton; 28.Juninho (4.Cleberson), 3.Manoel, 35.Luiz Alberto e 6.Pedro Botelho; 5.Deivid, 31.Zezinho, 11.Felipe (49.Dellatorre) e 30.Paulo Baier; 7.Marcelo Cirino e 77.Éderson (9.Ciro). Técnico: Vagner Mancini

Parabéns ao Clube de Regatas Flamengo.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s