The Police: 35 anos de “Outlandos d’Amour”

"Outlandos d'Amour": 'debut' do The Police e que teve o título sugerido pelo irmão do baterista Stewart Copeland
“Outlandos d’Amour”: ‘debut’ do The Police e que teve o título sugerido pelo irmão do baterista Stewart Copeland

No último dia 2 de novembro, o ‘debut’ da banda The Police, o álbum “Outlandos d’Amour” completou 35 anos de seu lançamento. Gravado entre janeiro e junho do mesmo ano no Surrey Sound Studios, em Londres, Inglaterra, o disco, timidamente, chegou ao top 10 britânico e no 30º lugar das paradas norte-americanas. E, para sua gravação, eles tinham um orçamento de apenas £ 1.500, que foi emprestado por Miles Copeland III, irmão de Steve Copeland.

Após o lançamento de seu trabalho de estreia, a banda iniciou uma turnê britânica. Contudo, as vendagens do primeiro LP foi um fracasso por conta da baixa exposição e uma reação desfavorável por parte da BBC devido aos dois primeiros singles lançados por Sting e cia. – “Can’t Stand Losing You” e “Roxanne” – que abordavam temas como suicídio e prostituição, respectivamente.

Em contrapartida, a turnê de divulgação do álbum na América permitiu que a banda ganhasse notoriedade na terra do Tio Sam, principalmente por causa de “Roxanne”, música que fala sobre uma prostituta, e que foi escrita por Sting após ele ter ido visitar um bairro de prostituição em Paris. Aliás, a canção teve o seu reconhecimento nas rádios norte-americanas e britânicas em meados de abril de 1979.

O álbum abre com “Next To You”, um tema punk com direito a um solo de slide guitar. Na sequência, surge “So Lonely”, com uma batida reggae que fala sobre solidão. Aqui no Brasil, ela ganhou uma versão em português de Léo Jaime intitulada “Solange”. A terceira faixa é a já citada “Roxanne”, que traz em seus primeiros segundos um curioso acorde de piano logo aos quatro segundos. Isso foi apenas o fato de que Sting, ao relaxar sobre um piano que estava próximo, não notou que a tampa estava aberta e tocou o acorde com a própria bunda. Isso explica a risada do vocalista dois segundo depois. E o tema solidão segue no disco com “Hole In My Life”. Já “Peanuts”, composta por Sting e Stewart Copeland, traz uma forte influência punk.

Enquanto isso, “Can’t Stand Losing You” e “Thuth Hits Everybody”, que abrem o lado B do LP, abordam o amor fracassado. Posteriormente, em “Born In The 50’s” relata as experiências da geração de Sting e Copeland (sendo que Andy Summers nasceu em 1942). A penúltima faixa de “Outlandos d’Amour” é “Be My Girl – Sally”, que mescla uma canção inacabada por Sting e um poema de Summers sobre uma boneca inflável (?!) e tem como principal característica os vocais de Andy. E, para finalizar, a semi-instrumental “Masoko Tanga”.

O irmão de Stewart queria que o nome do disco fosse “Police Brutality”. Mas, depois de ouvir “Roxanne” e prevenindo uma associação “mais romântica” para o grupo, sugeriu o título “Outlandos d’Amour”, com sonoridade francesa.

Apesar das dificuldades que acercaram o trabalho, “Outlandos d’Amour” foi primordial para o The Police deslanchar nos álbuns seguintes.

A seguir, a ficha técnica do play.

Álbum: Outlandos d’Amour
Intérprete: The Police
Lançamento: 2 de novembro de 1978
Gravadora: A&M
Produtor: The Police

Sting: baixo, voz, backing vocal, gaita em “So Lonely
Andy Summers: guitarra, fala e piano em “Be My Girl – Sally
Stewart Copeland: bateria, percussão e backing vocal

Joe Sinclair: piano em “Hole In My Life” e “Masoko Tanga
Robert Fripp: guitarra solo em “Be My Girl – Sally

1. Next To You (Sting)
2. So Lonely (Sting)
3. Roxanne (Sting)
4. Hole In My Life (Sting)
5. Peanuts (Sting / Copeland)
6. Can’t Stand Losing You (Sting)
7. Truth Hits Everybody (Sting)
8. Born In The 50’s (Sting)
9. Be My Girl – Sally (Summers / Sting)
10. Masoko Tanga (Sting)

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s