Os 30 anos de “Iron Fist”, do Motörhead

Iron Fist: trabalho marca a despedida de Eddie Clarke da banda

Depois dos bem-sucedidos “Ace Of Spades” e do ‘live’ “No Sleep ‘til Hammersmith”, além da gravação do EP “St. Valentine’s Day Massacre” em conjunto com as Girlschool, o Motörhead gravou nos Ramport Studios e Morgan Studios entre 26 de janeiro e março de 1982 o seu quinto álbum de estúdio, “Iron Fist”, lançado em 17 de abril de 1982. Este é o último trabalho registrado com a sua formação clássica – Lemmy Kilmister, Eddie Clarke e Phil “Animal” Taylor.

Diferentemente do trabalho anterior, que teve a produção de Vic Maile, “Iron Fist” foi produzido por Eddie Clarke, que deixou o som mais polido e acessível, tirando um pouco do peso característico do Motörhead, o que talvez tenha culminado para o desentendimento entre o guitarrista e Lemmy. Apesar de fugir um pouco dos padrões Motörhead, o disco é bom, o que pode ser comprovado nas canções.

Considerado como o “carro-chefe” do álbum, a faixa-título tem seu início semelhante à música de abertura do trabalho anterior, ou seja, a intro do baixo logo de cara, seguido de um refrão “grudento”, enfim, um “arrasa-quarteirão”; seguida da rápida “Heart Of Stone”, e Lemmy com o seu vozeirão rouco detona na irônica “I’m The Doctor”, depois vem o petardo “Go To Hell”, a ‘blasfêmica’ “Loser” (o interlocutor se diz perdedor, mas que está na cama com as mulheres de seus rivais, por exemplo). Daí, o álbum prossegue com ”Sex & Outrange”, “America”, “Shut It Down”, “Speedfreak”, “(Don’t Let ‘em) Grind Ya Down”, “(Don’t Need) Religion” e “Bang To Rights”.

Para a promoção do disco, foi feito um filme promocional em que a banda aparece vestida com armadura de couro batido e empunhando espadas, que, segundo Lemmy, “vestidos como cowboys idiotas”.

O disco foi relançado com cinco faixas bônus, com versões alternativas de algumas canções. Também foi lançado com CD bônus que trazia um show gravado no Maple Leaf Gardens, em Toronto, Ontario (Canadá), em 12 de maio de 1982.

Apesar das críticas recebidas na época de seu lançamento, em relação à qualidade do som, “Iron Fist” é um trabalho altamente recomendado da “banda mais barulhenta do mundo”.

A seguir, a ficha técnica e o tracklist* de “Iron Fist

Álbum: Iron Fist
Intérprete: Motörhead
Lançamento: 17 de abril de 1982
Gravadora: Bronze (edição mundial) / Mercury (América do Norte)
Produtor: Eddie Clarke

Lemmy Kilmister: baixo e voz
Eddie Clarke: guitarra
Phil Taylor: bateria

1. Iron Fist (Kilmister / Clarke / Taylor)
2. Heart Of Stone (Kilmister / Clarke / Taylor)
3. I’m The Doctor (Kilmister / Clarke / Taylor)
4. Go To Hell (Kilmister / Clarke / Taylor)
5. Loser (Kilmister / Clarke / Taylor)
6. Sex & Outrange (Kilmister / Clarke / Taylor)
7. America (Kilmister / Clarke / Taylor)
8. Shut It Down (Kilmister / Clarke / Taylor)
9. Speedfreak (Kilmister / Clarke / Taylor)
10. (Don’t Let ‘Em) Grind You Down (Kilmister / Clarke / Taylor)
11. (Don’t Need) Religion (Kilmister / Clarke / Taylor)
12. Bang To Rights (Kilmister / Clarke / Taylor)

* O tracklist refere-se às faixas que foram lançadas originalmente no LP de 1982.

Por Jorge Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s